Acompanhe nas redes sociais:

19 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 806 / 2015

27/01/2015 - 09:50:00

Lifan triplica as vendas em 2014, marca que mais cresceu

AUTOINFORMES

Embora com um volume ainda pequeno no total – 5.355 unidades – a Lifan foi a marca que mais cresceu em vendas em 2014, com um aumento de 136.5% sobre 2013, quando foram comercializadas 2.264 unidades. O desempenho é resultado da nova gestão da empresa no Brasil, assumida pela matriz chinesa a partir de outubro de 2012. Em pouco mais de dois anos a Lifan lançou três modelos: o utilitário esportivo X60, o chinês mais vendido no Brasil, o sedã 530 e o mini truckFoison, e conseguiu reverter a má imagem da marca estabelecida pelos antigos importadores.

Entre as marcas com grande volume de vendas, a Hyundai foi a que teve o melhor desempenho em 2014, com aumento de 11,4% sobre o volume vendido no ano anterior. A coreana, que colocou o HB20 hatch na quinta posição e o HB20 sedã em 15º lugar (veja ranking por modelo em 2014), vendeu 237.157 carros, contra 212.916 no ano anterior. Outra marca de grande volume com bom desempenho foi a Renault, que vendeu 237.223 unidades em 2014, com alta de 0,4% em relação a 2013.Toyota, com 195.434 unidades vendidas e crescimento de 11% e Mitsubishi (59.288 e 1,9%) foram as outras duas marcas de grande volume (classificadas entre as dez mais) que tiveram aumento de vendas este ano.

Todas as outras perderam participação.A Honda (137.913 unidades vendidas) teve queda de 1%, desempenho que lhe garantiu aumento de participação, uma vez que o mercado teve queda maior: - 6,9%.Mas as quatro marcas tradicionais – Fiat, GM, Volkswagen e Ford – perderam participação, pois apresentaram queda de vendas maior do que a média do mercado. A que mais perdeu foi a Volkswagen, vendeu 13,5% a menos que no ano anterior: foram 576.639 unidades, contra 666.755 em 2013. A que menos perdeu foi a Ford, que vendeu 308.099 unidades, 8% a menos que em 2013.

A Fiat (698.255 unidades) teve queda de 8,5% e a  GM (578.797 unidades) vendeu 10,9%  amenos.Luxo por cimaSe para o setor como um todo o ano foi ruim, o segmento de luxo teve em 2014 um dos seus melhores desempenhos dos últimos anos. Com exceção da Land Rover (-11,8%) e da Porsche (-26,2%), todas as demais marcas de luxo apresentaram crescimento em 2014, muitas delas aumentos expressivos de vendas.A Audi quase dobrou o volume de vendas, tornando-se a segunda marca que mais cresceu na lista das quarenta. A Audi vendeu 12.487 unidades no ano passado, contra 6.692 no ano anterior, registrando um aumento de 86,6%.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia