Acompanhe nas redes sociais:

21 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 802 / 2014

29/12/2014 - 09:37:00

Auxílio-moradia para juízes supera Bolsa Família e FPM de municípios

José Martins Especial para o EXTRA

Destinados a pessoas de classes sociais distintas, dois benefícios que saem do erário público são vistos com polêmica pelos brasileiros. De um lado está o Bolsa Família que, em Alagoas, atende 439.655 beneficiários com um valor médio de R$ 172,46 por mês. Em 2014, o programa, que chegou à pré-adolescência, completou 11 anos de muito debate e divergências. Já do outro lado está o recém-nascido Auxílio-Moradia para juízes de todo o Brasil. O valor de R$ 4.377,73 mensais teria como justificativa à progressão de carreira do magistrado que pode exigir deslocamentos e mudanças residenciais.

Conforme o Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ-AL), atualmente, 124 juízes recebem o auxílio. Desses, 54 também prestam serviços ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AL). O número de contemplados aumenta se considerados os 50 juízes do Tribunal Regional do Trabalho (TRT-AL), mais os 22 da Justiça Federal do Estado (JF-AL). O valor do auxílio com o número de beneficiários soma a quantia de R$ 858.035,08 mensais, o que representa mais do que cidades como Água Branca, Boca da Mata e Joaquim Gomes recebem para o repasse do Bolsa Família.

O comparativo foi feito a partir da planilha de repasses referente a dezembro publicada pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). Cerca de 70% dos municípios alagoanos recebem menos que o valor total do auxílio-moradia para juízes que residem no estado. Para se ter uma ideia, o repasse para magistrados pagaria seis meses de Bolsa Família de Coqueiro Seco (R$ 140.362,00) ou cinco meses em Barra de São Miguel (R$ 170.601,00). As duas cidades possuem 1857 famílias beneficiadas. Dos 102 municípios do estado, 24 recebem acima dos R$ 858.035,08. 


FPM

O valor pago aos juízes pelo auxílio também supera o que algumas cidades alagoanas recebem do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). É o caso de Satuba e Maribondo, que em novembro receberam R$ 808.416,02 cada, e Carneiros, com R$ 485.049,60.O FPM é uma transferência constitucionalcomposta da arrecadação do Imposto de Renda (IR) e do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). A distribuição dos recursos às cidades é realizada de acordo com o número de habitantes.


MAIS NÚMEROS

O auxílio-moradia se estende também aos procuradores e promotores do Ministério Público Estadual. A assessoria de imprensa confirmou o recebimento por parte dos magistrados, porém não divulgou quantos fazem parte da folha de pagamento.No caso do Ministério Público Federal, dos catorze procuradores, três magistrados de Arapiraca recebem o Auxílio-Moradia de R$ 3.753,36. De acordo com a assessoria de imprensa da Procuradoria Geral da República (Ministério Público Federal), o benefício ainda não se estendeu aos outros servidores devido à previsão orçamentária de 2014 por ser uma quantia de grande impacto ao orçamento. 

Uma matéria publicada pelo EXTRA, na edição 796, de novembro deste ano, revelou que os sete conselheiros do Tribunal de Contas do Estado também resolveram se autobeneficiar com a implantação do auxílio-moradia. No entanto, a assessoria de imprensa informou que os conselheiros ainda não recebem o benefício. 

Já no Tribunal de Justiça, além dos juízes, 15 desembargadores fazem uso do auxílio-moradia desde 29 de julho. No fim de setembro, uma liminar do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux estendeu o benefício a todos os magistrados brasileiros. No dia 7 de outubro, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) regulamentou a concessão do benefício. No mesmo dia, também o Conselho Nacional do Ministério Público (Conamp) editou resolução assegurando o auxílio-moradia a todos os seus membros.


JUÍZES E POLÊMICAS

O juiz Celso Fernando Karsburg, do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região em Santa Cruz do Sul, foi manchete da imprensa em outubro ao renunciar ao auxílio-moradia no estado de Rio Grande do Sul. Karsburg concordou que o salário da categoria está defasado, porém disse que o benefício, estendido a toda a classe, é uma forma errônea de repor perdas salariais. Alvo de críticas dos colegas, ele recebeu elogios de vários setores da sociedade e chegou a receber e-mails sobre o gesto de dez estados do país.

A Associação dos Juízes Federais do Brasil publicou em seu site duas visões sobre o auxílio. Segundo o texto, o juiz federal e delegado da Associação dos Juízes Federais (Ajufe) no Ceará, Júlio R. Coelho Neto, declarou ser a favor do benefício já que a ajuda de custo para moradia é prevista no art. 65, II, da Lei Orgânica da Magistratura.Entretanto, Leandro Vasques, advogado criminal, mestre em Direito e professor da pós- graduação em Processo Penal da Universidade de Fortaleza, entende ser “incompreensível que tal benefício seja estendido a todos os magistrados, mesmo que trabalhem na cidade de sua residência ou em local onde possuam imóvel próprio”. 

 

Estado Município Total Bolsa Família
Famílias Valor Total (R$) Valor Médio (R$)
AL AGUA BRANCA 3.003            751.754,00          250,33
AL ANADIA 2.765            424.170,00          153,41
 AL ARAPIRACA 24.559          3.766.216,00          153,35
AL ATALAIA 7.782          1.384.786,00          177,95
AL BARRA DE SANTO ANTONIO 2.701            477.954,00          176,95
AL BARRA DE SAO MIGUEL 977            170.601,00          174,62
AL BATALHA 2.887            623.573,00          215,99
AL BELEM 741            134.591,00          181,63
AL BELO MONTE 1.575            369.152,00          234,38
AL BOCA DA MATA 4.159            762.893,00          183,43
AL BRANQUINHA 1.760            280.813,00          159,55
AL CACIMBINHAS 2.170            447.208,00          206,09
AL CAJUEIRO 3.720            586.395,00          157,63
AL CAMPESTRE 1.147            208.195,00          181,51
AL CAMPO ALEGRE 7.013            936.006,00          133,47
AL CAMPO GRANDE 2.075            530.791,00          255,80
AL CANAPI 3.632            866.605,00          238,60
AL CAPELA 2.601            445.616,00          171,32
AL CARNEIROS 1.532            405.456,00          264,66
AL CHA PRETA 1.287            295.374,00          229,51
AL COITE DO NOIA 2.043            443.456,00          217,06
AL COLONIA LEOPOLDINA 3.502            640.998,00          183,04
AL COQUEIRO SECO 880            140.362,00          159,50
AL CORURIPE 7.054          1.044.520,00          148,07
AL CRAIBAS 4.598          1.075.990,00          234,01
AL DELMIRO GOUVEIA 5.739          1.008.124,00          175,66
AL DOIS RIACHOS 2.349            343.621,00          146,28
AL ESTRELA DE ALAGOAS 2.901            610.500,00          210,44
AL FEIRA GRANDE 4.445            737.654,00          165,95
AL FELIZ DESERTO 837            123.749,00          147,85
AL FLEXEIRAS 2.326            391.156,00          168,17
AL GIRAU DO PONCIANO 5.936          1.156.144,00          194,77
AL IBATEGUARA 2.714            560.351,00          206,47
AL IGACI 5.007          1.173.699,00          234,41
AL IGREJA NOVA 3.747            538.054,00          143,60
AL INHAPI 3.376            764.110,00          226,34
AL JACARE DOS HOMENS 1.045            163.183,00          156,16
AL JACUIPE 1.239            182.596,00          147,37
AL JAPARATINGA 1.419            292.330,00          206,01
AL JARAMATAIA 1.056            190.551,00          180,45
AL JEQUIA DA PRAIA 2.108            392.875,00          186,37
AL JOAQUIM GOMES 4.225            842.273,00          199,35
AL JUNDIA 789            154.971,00          196,41
AL JUNQUEIRO 4.211            711.655,00          169,00
AL LAGOA DA CANOA 3.547            673.562,00          189,90
AL LIMOEIRO DE ANADIA 4.596            933.281,00          203,06
AL MACEIO 84.897       12.453.951,00          146,69
AL MAJOR ISIDORO 3.350            502.207,00          149,91
AL MAR VERMELHO 691            162.486,00          235,15
AL MARAGOGI 4.952            771.152,00          155,73
AL MARAVILHA 2.053            357.110,00          173,95
AL MARECHAL DEODORO 6.841          1.393.780,00          203,74
AL MARIBONDO 1.962            282.558,00          144,02
AL MATA GRANDE 3.918            738.684,00          188,54
AL MATRIZ DE CAMARAGIBE 4.077            660.743,00          162,07
AL MESSIAS 2.366            368.521,00          155,76
AL MINADOR DO NEGRAO 848            173.947,00          205,13
AL MONTEIROPOLIS 1.381            252.371,00          182,75
AL MURICI 4.433            805.499,00          181,71
AL NOVO LINO 2.251            387.447,00          172,12
AL OLHO D’AGUA DAS FLORES 2.846            416.947,00          146,50
AL OLHO D’AGUA DO CASADO 1.456            288.104,00          197,87
AL OLHO D’AGUA GRANDE 1.104            286.657,00          259,65
AL OLIVENCA 1.964            477.912,00          243,34
AL OURO BRANCO 2.193            441.784,00          201,45
AL PALESTINA 1.026            183.568,00          178,92
AL PALMEIRA DOS INDIOS 10.876          1.634.968,00          150,33
AL PAO DE ACUCAR 4.108            619.114,00          150,71
AL PARICONHA 1.567            340.029,00          216,99
AL PARIPUEIRA 1.653            290.129,00          175,52
AL PASSO DE CAMARAGIBE 2.645            482.225,00          182,32
AL PAULO JACINTO 1.462            227.004,00          155,27
AL PENEDO 9.748          1.543.832,00          158,37
AL PIACABUCU 3.403            606.989,00          178,37
AL PILAR 5.458            787.458,00          144,28
AL PINDOBA 379              73.362,00          193,57
AL PIRANHAS 4.208            879.191,00          208,93
AL POCO DAS TRINCHEIRAS 2.364            542.225,00          229,37
AL PORTO CALVO 4.400            651.142,00          147,99
AL PORTO DE PEDRAS 1.668            254.751,00          152,73
AL PORTO REAL DO COLEGIO 3.624            744.529,00          205,44
AL QUEBRANGULO 2.261            479.234,00          211,96
AL RIO LARGO 9.504          1.474.589,00          155,15
AL ROTEIRO 1.306            251.533,00          192,60
AL SANTA LUZIA DO NORTE 1.066            180.203,00          169,05
AL SANTANA DO IPANEMA 8.165          1.637.568,00          200,56
AL SANTANA DO MUNDAU 1.686            264.532,00          156,90
AL SAO BRAS 1.316            226.842,00          172,37
AL SAO JOSE DA LAJE 3.755            601.106,00          160,08
AL SAO JOSE DA TAPERA 5.601          1.231.302,00          219,84
AL SAO LUIS DO QUITUNDE 5.498            884.932,00          160,96
AL SAO MIGUEL DOS CAMPOS 7.161          1.048.727,00          146,45
AL SAO MIGUEL DOS MILAGRES 1.280            184.160,00          143,88
AL SAO SEBASTIAO 6.349          1.236.322,00          194,73
AL SATUBA 1.642            294.460,00          179,33
AL SENADOR RUI PALMEIRA 2.177            568.826,00          261,29
AL TANQUE D’ARCA 1.197            226.567,00          189,28
AL TAQUARANA 2.529            365.890,00          144,68
AL TEOTONIO VILELA 6.334          1.180.774,00          186,42
AL TRAIPU 4.936          1.134.662,00          229,87
AL UNIAO DOS PALMARES 9.809          1.459.748,00          148,82
AL VICOSA 4.136            651.883,00          157,61

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia