Acompanhe nas redes sociais:

17 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 802 / 2014

28/12/2014 - 09:38:00

S.O.S ALAGOAS

Cunha Pinto

Tempo de posse
“O Brasil não é mais para amadores”.Frase do senador Aécio Neves (PMDB) na campanha está atual. É direcionada a candidatos eleitos que vão assumir mandatos em janeiro e lembra que na vida pública o crime também não compensa. Operação Lava Jato avaliza a opinião dele.

Vai funcionar?

A lei que proíbe uso do cigarro em áreas fechadas, públicas, comerciais e outros ambientes movimentados põe dúvida sobre a sua eficácia. Razão do descrédito tem a ver no hábito do brasileiro em achar que tudo pode e espelha essa desconfiança o comportamento nas ruas.
Outro atropeloRenan Filho (PMDB) terá dentre questões que vai se deparar nos Martírios, concurso da Polícia Militar antigo, mas com os candidatos aprovados e até hoje ainda na lista de espera para jurar bandeira. É conversa aberta haver alta carência de pessoal nos quadros da corporação.

Convivência difícil

Maílson da Nóbrega, ex-ministro da Fazenda, em tempos tucanos no Palácio do Alvorada, não esconde que se vier a ocupar cargo no segundo mandato de Dilma Rousseff poderá haver uma  convivência conflituosa com grupos petistas mais radicais. Opinião foi em artigo assinado por ele próprio.


Cadê os trilhos

0 VLT, trecho Estação Central/Jaraguá deve ter  uma definição sobre se vai implantado ou não como transporte urbano para o maceioense. O que não deve é deixar o cidadão na dúvida e aparecerem oportunistas em época de eleições com promessas habituais de campanha.


Desperdício

A mídia, por mais que divulgue a necessidade de o cidadão evitar desperdício de água, maiores os flagrantes da desatenção. Donas de casas, principalmente, são habituais no desperdício e algumas justificam o desperdício na conta que pagam. Mas não respondem se de onde tiram água tem hidrômetro.

Tucanos

De Antônio Carlos Mendes Thame, secretário geral do PSDB nacional: “Não haverá partido que se firme sem lançar candidatos próprios”. Observaçãoé entendida como proposta para que que os tucanos lancem nos Estados candidatos próprios ao governo. Em Alagoas tem nomes?


Apoio válido

“Quem melhor que o próprio morador para historiar problemas dos bairros?” A frase motiva atenção para as sessões especiais na Câmara Municipal de Maceió nas sextas-feiras; na maioria solicitação de vereadores ligados às entidades sindicais e culturais são proveitosas.


Dedo duro 

Nomes investigados na Operação Lava Jato não provocaram impacto na sociedade. Razão entendida é os suspeitos nas investigações estarem agora sendo indiciados. Mas suspense mesmo é saber quem no Estado vai estar envolvido. De políticos, no geral, estão listados mais de 70 nomes. 


Quem aposta?

É da tradição do Natal lojistas manterem o movimento do comércio no dia 24 até perto da meia-noite. Uns definem a opção como tradição e não encontram razão para desistência. Da opinião de alguns: “Tem empresa que libera o 13º dos funcionários no fim da tarde do dia 24 e nós ficamos na espera para atender”.


Sacos plásticos

Sacos plásticos jogados nas ruas figuram hoje entre os maiores predadores do meio ambiente no mundo, por isso os Estados Unidos aprovaram lei que proíbe supermercados e lojas de usarem esse tipo de saco como embalagem. A lei vigora em 2015. Já pensou se é implantada no Brasil? 

Essa é boa

“Sem terra invade terra, sem teto invade casa e quem está sem nada invade o quê?... Banco né?” A frase foi do falecido humorista Chico Anísio em programa reprisado pelo Canal da TV Viva, ainda no sábado do carnaval, mas que se perpetua no dia a dia do brasileiro. Aliás é denúncia cada mais rotineira nas cidades.


Violência

No Brasil estatísticas divulgadas constatam que a cada dois minutos há em média registro de cinco mulheres espancadas. Em Alagoas, se há levantamento sobre agressão à mulher poucos conhecem. Mas é comum denúncias delas agredidas pelos parceiros. 


O que motiva?

Moradores se preocupam com o silêncio do prefeito Rui Palmeira na reivindicação para a instalação de semáforo no cruzamento das ruas Jangadeiros Alagoanos/Domingos Lordsleen na Pajuçara. Este mês teve registro de três acidentes, um deles com morte.


Boa cotação

A rede hoteleira de Alagoas está entre as com diárias mais acessíveis do Brasil na temporada do turismo. Matéria da IstoÉ, edição da semana, cita diárias de hotéis cinco estrelas em quartos duplos: Radison, R$ 455,00; Jatiúca Resort, suítes por R$ 680,00 e o San Marino Suite Hotel, 4 estrelas, R$ 505,00.  

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia