Acompanhe nas redes sociais:

17 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 802 / 2014

28/12/2014 - 09:11:00

SURURU

Calmaria no TC

DA REDAÇÃO

A aclamação do conselheiro

Otávio Lessa para a presidência do Tribunal de Contas do Estado de Alagoas, em sessão especial do dia 12 último, abriu caminho para uma era de conciliação naquela Corte, superando a fase de disputas e de mal-entendidos internos. A conselheira Rosa Albuquerque será a vice-presidente, Luiz Eustáquio Toledo, corregedor, e Anselmo Brito, presidente da Escola de Contas Públicas.O que deveria ter sido uma disputa acirrada pela presidência do TC, com quatro candidaturas fortes, envolvendo os conselheiros Cícero Amélio, atual presidente, Luiz Eustáquio Toledo, Maria Cleide Bezerra, e Otávio Lessa, terminou pela indicação de um nome de consenso, após a renúncia dos três primeiros pretendentes.

Ficha limpa

O TSE liberou o registro de candidatura do deputado federal Paulo Maluf (PP-SP), que recebeu mais de 250 mil votos. Os ministros entenderam que Maluf está liberado para ser diplomado, porque ele não se enquadra na Lei da Ficha Limpa. De acordo com o tribunal, não houve dolo na condenação por improbidade.  

EUA X Cuba  

A reaproximação entre EUA e Cuba ocorre após a ilha do Caribe  registrar o pior crescimento do PIB na gestão de Raúl Castro. A economia cubana deve crescer apenas 1,3% em 2014, abaixo da média de 2,7% dos últimos anos. 

País da fome

Dados do IBGE revelam que mais de 7 milhões de pessoas ainda passam fome no Brasil.As famílias nessa situação têm acesso menor aos serviços públicos básicos, como saneamento e água, segundo a PNAD. 


Já vai tarde!

O ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, deixará o governo depois de 12 anos para assumir a presidência do Conselho Nacional do Sesi, a partir de fevereiro de 2015, após oito anos como chefe de gabinete do ex-presidente Lula e quatro anos no comando da Secretaria-Geral.


Presente vitalício

Após governar o  Maranhão por quatro mandatos, Roseana Sarney (PMDB)  ganhou do atual governador uma aposentadoria vitalícia de R$ 16 mil.

 Barraco no TC

Os deputados Antônio Albuquerque e Maurício Tavares por pouco não foram às vias de fato, durante a eleição do novo presidente do TC. Irritado com provocações de Albuquerque, Tavares partiu para cima de AA, que escapou ileso graças a intervenção do conselheiro Cícero Amélio e de outros colegas da Corte.

Barraco 2 

O barraco armado por Antônio Albuquerque durou pelo menos 20 minutos e foi consequência de mágoas que ficaram da última eleição. Albuquerque está inconformado com a derrota do filho Nivaldo para deputado federal e joga a culpa em Maurício Tavares e em outros deputados que negaram apoio ao filho.Pelo jeito, o “coronel” de Limoeiro  perdeu o poder, mas mantém a pose.  

Direitos LGBT 1

Marcada para este domingo (21), a 2ª Marcha pelos Direitos LGBT de Maceió  tem como tema este ano “Estado Laico: sua religião não é nossa lei”. A marcha tem concentração às 15h  em frente ao Hotel Enseada, na orla da Pajuçara, e segue em direção à Praia de Sete Coqueiros. 


Direitos LGBT 2

A comunidade de gays, lésbicas, bissexuais e transgêneros quer levar à reflexão o atual cenário de fundamentalismo religioso existente no Congresso Nacional. Para grupos de apoio aos direitos da população LGBT, o fundamentalismo oprime homossexuais, pois estabelece que homens e mulheres têm seus papéis previamente determinados.


Pastor encrencado 1

Eleito deputado estadual no dia 5 de outubro, o vereador e pastor João Luiz (DEM) pode não assumir o novo cargo em janeiro. A Procuradoria Regional Eleitoral de Alagoas protocolou ontem uma ação de investigação judicial eleitoral (AIJE) contra o pastor sobre indícios de cometimento de “abuso de poder religioso”. 


Pastor encrencado 2 

De acordo com a ação protocolada pela Procuradoria, esta modalidade de abuso de poder tem relação com a utilização de eventos, cultos e celebrações religiosas para a conquista de votos. Caso venha a acontecer a cassação do pastor, quem assume é o 1º suplente Francisco Holanda (PP), pai do atual presidente do Legislativo, Chico Filho (PP) e ex-presidente da Câmara de Maceió. 

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia