Acompanhe nas redes sociais:

21 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 800 / 2014

10/12/2014 - 07:46:00

S.O.S ALAGOAS

Cunha Pinto

Esperar para ver
O VLT, linha Praça do Centenário/Aeroporto, deve ter as obras iniciadas em 2015. Informação é de Roberto Fernandes (SMCCU), segundo o qual o projeto foi ampliado muito além da proposta original.


Ainda VLTOs trilhos do VLT, trecho Estação Central/Jaraguá estão no itinerário, mas o VLT não os usa por estarem imprestáveis. Outra conversa fiada: o trecho anunciado até Mangabeiras. 

Só imaginação?

Constatações sobre o resultado das eleições presidenciais de outubro, com Dilma reeleita, eram esperadas. Mas suspeitar das urnas eletrônicas, usadas há anos é o quê? Pergunta é de petistas.


Insistência

Conversa que cria tensão na expectativa sobre se aparecerão políticos alagoanos envolvidos com o doleiro Alberto Youssef. Motivo, a maioria (ou todas?) construtoras denunciadas operaram durante anos no Estado.


Secretariado

Renan Filho (PMDB) deve dentro ainda desta quinzena, ou no mais tardar até antes do Natal, divulgar o secretariado para o seu governo. A expectativa é saber até onde chegará a proclamada renovação pregada na campanha. Quais as chances?Eleições unificadas no Brasil é pauta trancada  desde 2013, mas pode ser posta na mesa em 2015 com chances de vigorar em 2016, nas eleições municipais. No País tudo é possível. Na política principalmente.


Haja saco!

A Casal demorou mas concluiu conserto de um vazamento de água na Rua Santa Sofia, na Ponta da Terra. Agora, dizem moradores, fica faltando tirar os entulhos do serviço. A obra foi próximo ao cruzamento com a Domingos Lordsleen.

“Impossível”

Maílson da Nóbrega não debita a reeleição de Dilma no voto de eleitores do Bolsa Família, estimados em 27 milhões. Para ele Dilma precisaria do dobro para vencer só com apoio deles. Comentário foi em entrevista à Veja, edição desta semana.

Quem avisa...

Colisão, sábado, no cruzamento da Jangadeiros Alagoanos com a Domingos Lordleen matou uma senhora. Um local para o qual a coluna na sexta-feira passada emitiu um SOS pró instalação de um semáforo.


17ª Vara Do deputado Antônio Albuquerque, terça-feira na Assembleia Legislativa, defendendo o aprofundamento dos debates para criação da 17ª Vara Criminal no Estado: “Ela deve ser forte, com  autonomia e não pode nascer de forma errada”.


Dor no bolso?

O emaranhado de problemas que o Brasil enfrenta não motiva o cidadão acreditar que 2015 será um ano fácil. Estão na lista da dor no bolso reajustes de água, energia e até os impostos.

 
Arrumação

É cedo na opinião de uns e outros, cabeças mandantes de partidos atrelados ao PMDB,  principalmente, prepararem fatura para Renan Filho. Questão tem a ver com indicações a cargos no governo, questão habitual, selada nas alianças partidárias. 

Desaforo

Na Avenida Duque de Caxias apareceram duas faixas para travessia de pedestre. Uma na frente da Capitania dos Portos e outra uns três metros à frente, na porta da Secretaria de Saúde. A sinalização é extensiva até o trecho do Sobral, mas as demais, longe dos olhos dos turistas, não merecem a mesma atenção?


Taxa de esgotos

“Teotonio Vilela sai do governo deixando a taxa de esgotos em valor exagerado”,  diz Temístocles Soares, queixoso ainda pelo custo da iluminação pública, taxa de débito em até 10%. 


Recesso

Os Legislativos federal, estaduais e municipais devem entrar em recesso dia 15 próximo, estendido até fevereiro. Mas no período deve ter sessões extras para zerar pauta e aprovar processos com tramitação ainda parada no plenário.


Violência

A segurança pública é só mote de discurso em época de eleições. No Brasil quais os índices da violência? E em Alagoas até que ponto o cidadão se acha seguro nas ruas ou mesmo em casa?

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia