Acompanhe nas redes sociais:

16 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 799 / 2014

03/12/2014 - 08:58:00

S.O.S ALAGOAS

Cunha Pinto

Quem larga o osso
Em Alagoas é rotina entusiastas já nesta época propondo candidaturas para às eleições das prefeituras, mesmo distantes - são em 2016 . São sobrenomes habituais em cargos públicos, famílias se revezando nos poderes em municípios de progresso ausente há uma eternidade.  

Briga de grandes

Janeiro, primeiro mês de renovação nos Poderes, tanto Executivo como Legislativo, e nas ruas conversas sobre o futuro não se voltam para otimismo. Um comportamento natural não só entre alagoanos, mas pelo Brasil afora.

Relembrando

Políticos e personalidades intocáveis sentem que vinga hoje no Brasil frase “cantada” em dezembro pelo controlador-geral de São Paulo, Mário Vinicius Spinelli e divulgada recentemente na Istoé: “No Brasil começa a ser rotina corrupto trancafiado em penitenciária”.

Procurados

Em que pé anda caça aos brasileiros procurados mundo afora pela Interpol? Dados oferecem indícios de foragidos com crescimento em torno de 20% ao ano. Listas divulgadas têm nomes conhecidos na vida pública. Mas nenhum ainda de Alagoas.

Sete chaves

É cedo, segundo lideranças partidárias, aparecer“espalha brasa” inventando estórias para encantar eleitores de olhos voltados para 2016, época de eleições municipais. Mas já tem pré-candidato, marinheiro de primeira viagem, “aceso” num dito popular: “Quem cedo madruga Deus ajuda”.

Sem destino?

No PSDB expectativa é sobre o que fará o governador Teotonio Vilela a partir de janeiro de 2015. Segue presidente do diretório estadual do PSDB e se candidata ao Senado? O vice-governador Thomas Nonô também fica sem destino?

Lista avançando

Desfecho da Operação Lava Jato oferecerá muitas surpresas e dentre as mais recentes, divulgada pela Revista Veja, edição do dia 19, é que um juiz do STF comenta sobre uma lista com mais de70 nomes envolvidos. Curiosidade por aqui é se inclui alagoanos.


Para lembrar

A polícia alagoana, com dificuldades para combater bandidos, fez lembrar numa roda de conversas a época do coronel Amaral na Segurança Pública, época que famílias deixavam portas e janelas abertas e ninguém incomodava. Questão foi levantada pelos sinais de avanços da violência em Alagoas.

Congresso

Dilma Rousseff, no seu segundo mandato, não terá problema no Senado para aprovar emendas constitucionais.Tem ainda entre os 81 senadores apoio suficiente para cobrir os 2/3 exigidos nas votações para aprovar essas emendas.Caso de atençãoO consumidor deve dar atenção na compra por reembolso postal, produto em valor exageradamente menor que os do comércio. Advertência tem a ver com queixas de pessoas em programas de televisão,início da tarde, envolvendo até marcas tradicionais.


SOS SMTT

1 – Esquina da Rua Jangadeiros Alagoanos com a Domingos Lordsleen precisa de semáforo. Movimento de veículos põe o pedestre sob risco de acidente pela falta de faixas de travessia e ausência de sinalização. Só para se ter uma ideia: no trecho da Praça do Rex até a Ponta Verde travessia de pedestre, dos dois lados das ruas, é aventura.


2 –Outro apelo envolvendo também a SMCCU, é para reposição da grade de esgoto no cruzamento da Jangadeiros Alagoanos com a Domingos Lordsleen, meio-fio da calçada da Farmácia Ana Paula. É risco de acidente grave, pois o esgoto aberto é em local de parada de ônibus.

Do outro lado

Mais comércio: previsão nacional não favorece lucros na proporção de 2013, mas na contrapartida sinaliza para um favorecimento de minimização das perdas de janeiro até este mês. Expectativa é pró crescimento médio de3% sobre o ano passado.


Pique de vendas

Movimento de vendas no comércio libera sorrisos em setores lojistas, mesmo identificando no paralelo uma aparente falta de fôlego para alcançar pique de anos anteriores. Em Maceió tem shopping liberando estacionamento a quem, nas compras,fica para almoço.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia