Acompanhe nas redes sociais:

15 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 798 / 2014

25/11/2014 - 13:14:00

A herança que estão deixando...

José Arnaldo Lisboa - [email protected]

Eu acho que mesmo sendo de outro Pais, que não seja o Brasil, os estrangeiros concordam que os brasileiros sejam pessoas alegres, extrovertidas, comunicativas e de bom astral. Acho que ninguém duvida que sejamos inteligentes, trabalhadores e corajosos. Também, de que não somos preguiçosos.

Eu acredito que eles ainda pensam que nós sejamos honestos. Eu, particularmente, respondo pelos sertanejos de Alagoas e, principalmente, de Mata Grande, onde convivi com o pessoal da minha infância e quando o meu pai mostrou-me como é ser honesto e porque devemos ser. Foi vendo e sentindo o seu comportamento que eu fui disciplinado para ser “homem com H maiúsculo”, sem ambições e me conformando, só com o que Deus nos deu, nas oportunidades que se apresentaram para mim, durante a vida.

Hoje, eu durmo tranquilo, sem medo de ser preso e de ver minha esposa e filhos, tendo que me trazer marmitas para a prisão. Por causa dos bons exemplos que já tive, a minha “prisão domiciliar” só aconteceria, quando eu tivesse que trazer trabalhos para fazer em casa ou quando a gripe me deixasse na cama.

Ora, isso já não acontece com alguns amigos e conhecidos que já tive e ainda tenho, pois, não dormem bem e ficam com pesadelos, esperando a Polícia Federal chegar, para trancafiá-los nos camburões. Agora mesmo, tem gente que não teve tempo para vestir uma cueca ou uma calcinha, pois, a Polícia foi buscá-los em casa ou no trabalho. Não sei como foi o dia de muitos dos nossos diretores da Petrobras, de muitos dos nossos políticos e de muitos dos nossos “felizes” ganhadores de propinas grossas, porém, de uma coisa eu sei, que mesmo diante da impunidade, o dia deles foi muito pior do que o meu.   

Estamos diante dos piores dias para o Brasil, diante do mundo. Em termos de falta de vergonha, estamos com a nossa democracia sendo jogada nas sarjetas. Estamos vendo as mentiras terem mais valor do que o caráter de um homem.

O Brasil passou a ser questionado moralmente, enquanto estão sendo sabatinados as principais figuras dos Governos do Sr. Lula e da Srª. Dilma. Já estamos sem saber, quem roubou mais, se foram os que não se conformaram com os milhões ou os que preferiram os bilhões. Estamos sem saber se o sabido Lula sabia de tudo, ou se a Srª. Dilma preferiu ficar caladinha, para não prejudicar seus amigos do PT.

Estamos sem saber se a presidenta da Petrobrás é incompetente ou se preferiu ganhar também os seus milhões, com tanto dinheiro que foi distribuído para as propinas aos Senadores, Deputados e Executivos.

Já não sabemos quem assinava os cheques, se era a presidenta da Petrobrás ou os diretores das bilionárias empreiteiras.   Só nos resta lamentar, que estejam deixando para os nossos filhos e netos, um Brasil de Corruptos!                                      

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia