Acompanhe nas redes sociais:

23 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 797 / 2014

19/11/2014 - 00:00:00

MEIO AMBIENTE

Jardineto e Herbário MAC
Estudantes do 1º e 3º ano do ensino fundamental da Escola Municipal Luis Pedro visitaram no último dia 06, a sede do Instituto do Meio Ambiente (IMA), no bairro do Mutange, em Maceió. Os alunos conheceram o jardineto botânico e o Herbário MAC. As crianças ficaram encantadas com as árvores e os bichos que encontraram por lá. O lugar reúne espécies da Mata Atlântica e da Caatinga, principais biomas presentes no estado de Alagoas.

Água viva

Uma água viva da espécie Celenterado ou Cnidário foi encontrada no Canal do Itajuru, um dos pontos turísticos mais frequentados de Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro. O registro foi feito no último dia 7, por volta das 7h, quando a maré estava baixa. O que chamou a atenção dos turistas foi o tamanho dela. Cerca de 50 cm de uma extremidade à outra, aproximadamente quatro palmos a mais do que uma de tamanho normal. O biólogo Eduardo Pimenta disse que, além da espécie se destacar por ser muito maior que a média de outros exemplares, é considerada rara na região.

Carcaça de baleia

Um australiano de 26 anos pediu desculpas publicamente por subir em uma carcaça de baleia que boiava no mar, atraindo a atenção de tubarões. O episódio ocorreu perto de Perth, no oeste da Austrália. O jovem, identificado apenas como Harrison à emissora Channel 7, disse que passeava de barco com amigos quando surgiu a ideia - que ele mesmo chamou de “estúpida” - de nadar até a baleia. 

Reatores nucleares

O prefeito do município japonês de Kagoshima, sul do país, autorizou no último dia 7, a reativação dos reatores nucleares Sendai 1 e 2, os primeiros dentro das normas mais rígidas impostas após o acidente da central Fukushima Daiichi em 2011.

21 leões 

Autoridades do Peru e organização de proteção animal Animal Defenders International (ADI)  realizaram na semana passada uma operação em que resgataram 21 leões de circos ambulantes no país. Manter animais selvagens em circo é proibido no país. Os animais recolhidos, junto com outros leões da Colômbia e Argentina, serão enviados a um santuário de animais selvagens em Denver, nos EUA.

Produtividade 

Os criadores de gado da Amazônia estão aumentando a produtividade dos rebanhos e, ao mesmo tempo, recuperando as matas nativas. Criado em 2011, em Paragominas, no Pará, o projeto Pecuária Verde está se transformando em modelo para a Amazônia. O projeto combina pecuária moderna e preservação da Floresta Amazônica. Com orientação de cientistas renomados, ele consegue aumentar a produtividade de fazendas de gado e, ao mesmo tempo, proteger ou até recuperar áreas de floresta.

Órgãos genitais

Quando os animais invertebrados evoluíram do mar para a terra, foram necessárias algumas mudanças drásticas, já que seus ancestrais marinhos não tinham necessidade de órgãos sexuais externos. Agora, um novo estudo revela as mudanças genéticas que permitiram que animais terrestres desenvolvessem órgãos sexuais. 

M|ineração e usinas

Artigo publicado no dia 6 na revista “Science” traz a análise feita por pesquisadores brasileiros e estrangeiros sobre os danos que o novo Código de Mineração, em análise no Congresso, e as obras de megaprojetos, como as hidrelétricas, podem causar em áreas de proteção ambiental integrais do país.


Engolido vivo 

Um documentário que será exibido em dezembro promete mostrar um homem sendo engolido por uma sucuri. Produzido pelo canal Discovery, ‘Eaten Alive’ (Comido Vivo) já foi gravado e, ao que tudo indica, o naturalista americano Paul Rosolie, que é quem teria passado pela experiência, ainda está vivo e bem, pois segue postando em redes sociais. De acordo com um trailer, Rosolie usou um traje especial para ser engolido. As imagens do momento em que a cobra o abocanhou, no entanto, não foram divulgadas.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia