Acompanhe nas redes sociais:

14 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 796 / 2014

12/11/2014 - 21:04:00

POR DENTRO DO ESPORTE

João de deus [email protected]

É vencer ou vencer

O otimismo do Macaé é natural. Mesmo com o jogo no Trapichão sábado, às 16 horas, vai ser difícil o CRB superar a vantagem de gols. Em miúdos fazer um placar de 5x0 e não levar gol.Mas como quem morre de véspera é peru e o CRB é Galo, vão ser  90 minutos de nervos à flor da pele. No campo e nas arquibancadas.

Torcida confiante

Outro otimismo no Galo e Olavo Quirino dizé que o time não tem nada a perder e já mostrou antes ser capaz de superar adversidade. Preocupação de Olavo é na defesa para não bobear como no Rio. Acha que o Macaé vai jogar retrancado, mas é eficiente no contra-ataque.  ComplicadoA imprensa do Rio comentou o baixo rendimento do CRB na derrota para o Macaé e que terá dificuldade para superar jogando em Maceió.  Ademir Fonseca, técnico do CRB, não engoliu a derrota. Marcos Barbosa, presidente do clube também não ficou nada satisfeito.


De Júlio Cesar

“A gente é forte, mostrou isso no decorrer da competição, e não vai jogar a toalha neste jogo de Maceió. Hoje eles fizeram gracinhas aqui, mas futebol castiga”. Outros jogadores do Galo acham difícil, mas acreditam que o time tem condições de reverter o placar.


Outro otimista

“Do mesmo modo que fizeram quatro gols, temos condições de fazer quatro neles em Maceió. Vai ser difícil, mas não tem nada perdido e o nosso time tem qualidade”. Esse comentário foi de Éder depois do jogo. Ademir Fonseca não ficou nada satisfeito com o rendimento do time em campo.

Aqui também

Provocações no futebol alagoano são antigas, contudo habituais ainda hoje. Ocorrências que no transcorrer do jogo o torcedor na maioria das vezes nem percebe, mas no vestiário aparece sempre um “contador de histórias” (com h mesmo). No CRB, décadas de 1960/70 Miro e Pinga não deixavam passar nada.

Acalmar leõezinhos

CRB x Santos na Pajuçara, amistoso nos anos 60 e no primeiro tempo Pelé e companheiros tocavam bola estilo exibição. Já no segundo tempo e 0x0, uma pegada dura de Aguiar em Coutinho mudou o clima. Pelé, irritado, disse:“Vamos acalmar esses leõezinhos” e 10 minutos depois o placar estava Santos 6 x 0 CRB. Dirceu, goleiro do Galo, pediu aposentadoria no vestiário.

Decidido1 - Vica, não é mais novidade. Segue no comando técnico do ASA com contrato até 2016, decisão que era esperada e começa a trabalhar logo que Bruno Euclides assuma presidência do clube, dia 1º de dezembro.Torcedor arapiraquense manda que os adversários se cuidem, recado direto aos rivais no futebol alagoano. 


2 – De Bruno Euclides: “Vica vai tocar o projeto junto conosco. Aceitou a proposta e  agora vamos começar a montagem da comissão técnica e do elenco.Torcedores do ASA, com rara exceção, aprovaram a escolha e estão confiantes na recuperação do clube . 

Despedida

Alex, meio-campo do Coritiba,38 anos, fala em parar de jogar no fim do ano. É decisão que a mídia paranaense comentou na terça-feira (4) e quem acompanha jogos do clube sente o esforço dele para suportar os 90 minutos. Contra o Corinthians, 32ª rodada, saiu na metade do 2º tempo.


Fidelidade “Peru é que morre de véspera”. Frase lembrada no sábado passado, teve a ver com a excelente presença da torcida do Corinthians no jogo com o Coritiba, placar final de 2x2 e renda acima de R$ 1 milhão. Isso mesmo o time entrando em campo em 7º na classificação.

Livre do peso.

“Hoje já posso tirar o saco de cimento que carregava nas costas. Levo agora um de açúcar”. A frase de Vanderlei Luxemburgo teve a ver com o novo momento do Flamengo distanciado da zona do rebaixamento.Concluiu dizendo que agora dará mais atenção a outras competições, dentre elas a Copa do Brasil. Luxa não teve êxito, ganhou do Atlético MG, no Rio por 2 x 0, mas, perdeu em Minas por 4 x 1 e foi desclassificado. A final da Copa do Brasil será entre mineiros; Atlético e Cruzeiro  que empatou com o Santos por 3 x 3 e ganhou a classificação.

Questão levantada

No futebol brasileiro o que treinador pode fazer com um plantel montado sem planejamento? Questão foi levantada em programa da TV Record com torcidas participando e entre os temas constaram denúncias sobre empresários forçando barra para jogador estar na vitrine, mas com interesses no futebol da Europa.

Negativo

O Grêmio, até a 32ª rodada, esteve a dois pontos do G-4, Série A. Mas como no momento tem o menor saldo de gols na Serie A, corre o risco de não se classificar para a Libertadores, jogos de 2015. Uma ideia da situação: Coelho é o vice-artilheiro do time com dois gols marcados.


Contando história

A TV Premiére exibe um programa com Raul Plasmann, Ricardo Rocha, Túlio Maravilha e Joel Santana lembrando situações hilárias de jogadores, ocorridas sem que o torcedor percebesse nas arquibancada. Personagens são de épocas passadas, mas as bobeiras que deram não entraram no noticiário de então. Os quatro também estavam no campo.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia