Acompanhe nas redes sociais:

13 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 794 / 2014

02/11/2014 - 09:06:00

Renan e Téo se debruçam nas campanhas de Dilma e Aécio

Alagoas também está dividida na votação para presidente e nos apoios do atual e futuro governador

João Mousinho [email protected]

O governador Teotonio Vilela Filho (PSDB) foi figura ausente no primeiro turno das eleições de 2014. Apenas na reta final o chefe do Executivo apareceu de forma tímida ao lado do candidato tucano ao governo Júlio César.

Vilela parece ter acordado ao lado da militância do PSDB colocando o bloco na rua para apoiar o presidenciável Aécio Neves (PSDB). Vale lembrar que Aécio teve um desempenho abaixo do esperado em Alagoas, onde um tucano governa. O candidato a presidente teve 22,11 % dos números válidos no Estado; foram 311.576 votos, ficando apenas na terceira colocação.

A segunda colocada foi Marina Silva (PSB) com 25,31% dos votos, o que  representa  356.632  eleitores. Vilela nas últimas semanas intensificou os adesivaço, panfletagens e a bandeiraços na parte baixa de Maceió. O governador ainda esteve realizando carreatas com os militantes e simpatizantes de Aécio. Em recente postagem em sua rede social Vilela colocou: “Estou agradecido aos 54 prefeitos alagoanos que me comunicaram que estão apoiando #Aécio45.

Aqui em Maceió, continuamos nas ruas, unindo mais adesões, mais eleitores, mais força, mais fé na vitória.” O governador ainda fez questão de explicitar outras ações: “Panfletei pela manhã durante horas no Mercado da Produção”. A polarização da disputa à presidente da República em Alagoas tem o outro lado com o apoio do governador Renan Filho (PMDB).

Os peemedebistas contam com o candidato a vice-presidente Michel Temer. Em Alagoas, assim como a região Nordeste, a candidata à reeleição Dilma Rousseff venceu. A petista teve 49,94 %  dos votos válidos, o que representa 703.674 eleitores. Na última terça-feira Renan Filho usou sua rede social para fazer a seguinte análise: “Melhoria em todos os cenários, em todas as regiões (menos no Sul, que ficou estável), crescimento consistente em São Paulo, queda acentuada na rejeição, avanço substancial e virada na nova classe média.

Nordeste segue com melhor desempenho e também aumentando a diferença. Dilma mostra consistência e vai continuar crescendo até o dia 26”.Quando o assunto é a capital, no primeiro turno Marina Silva venceu em Maceió com  137.369 votos; o que representa 34,38 % do eleitorado da capital.

Já Dilma ficou na segunda colocação com 31,54 % votos; 126.024 eleitores. Aécio assim como em todo Estado permaneceu na terceira posição: 29,17% votos válidos, um total de 116.580 eleitores em Maceió. Tanto Renan quanto Vilela tentam captar os mais de 350 mil votos de Marina Silva em Alagoas, além de ampliar seu eleitorado na capital onde a ex-ministra do Meio Ambiente obteve vitória sem contestação; mesmo sem grande militância e estrutura de campanha em comparação com seus adversários.  Neste domingo (26), os brasileiros irão decidir o futuro presidente da República e os governadores de 13 estados e do Distrito Federal em segundo turno. 

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia