Acompanhe nas redes sociais:

14 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 794 / 2014

02/11/2014 - 08:54:00

Coordenação do Bolsa Família em Paulo Jacinto se diz surpresa com convocação de beneficiários

Equipe garante que matéria é mentirosa e que não sabe de onde surgiu o boato

DA REDAÇÃO

Matéria publicada esta semana na imprensa local e até em sites como o da Folha de São Paulo de que os beneficiários do Bolsa Família do município de Paulo Jacinto deveriam comparecer ao órgão para recadastramento sob o risco do não atendimento ao chamado perder o benefício pegou população e coordenação do programa de surpresa. Para os responsáveis pelo Bolsa no município, a matéria é mentirosa e foi implantada nas redes sociais sem qualquer fundamento.

Segundo um funcionário do órgão em Paulo Jacinto que não quis se identificar, nenhuma pessoas daquele município foi convocada para qualquer tipo de recadastramento e que todos foram pegos de surpresa com  o boato. “Estamos à disposição da Justiça para qualquer averiguação sobre esse caso. Não sabemos quem implantou essa notícia e podem ficar à vontade para perguntar a qualquer pessoa se houve esse chamado”, desafiou.Segundo comentários, este seria um ato eleitoreiro já que a abstenção de voto no segundo turno tem preocupado a presidente Dilma Rousseff.  

E assim, para pressionar os beneficiados os aliados da presidenta teriam convocado a reunião e coagido eleitores sob ameaça de perder o benefício.

NOTA_ Embora  não seja comprovado que houve qualquer manifestação a respeito de recadastramento do Bolsa Família ou ameaça de perda do benefício, no início desta semana  o Ministério Público Eleitoral em Alagoas recebeu informes de que em pelo menos dois municípios do Estado – Paulo Jacinto e Campo Alegre – estaria havendo, supostamente, convocação irregular de beneficiários do programa social “bolsa família”.

Para coibir qualquer abuso de programas sociais neste período,  a Justiça Eleitoral emitiu nota proibindo em todo o estado qualquer convocação dos beneficiários do Bolsa Família até o próximo domingo, dia 26 de outubro, quando ocorre o 2º turno das eleições 2014.

Confira a nota do TRE na íntegra:

A Presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas, no uso das atribuições legais e regimentais;CONSIDERANDO a necessidade de manutenção da ordem pública e a garantia da tranquilidade para o exercício do voto, COMUNICA que:I - Fica proibido qualquer tipo de convocação dos beneficiários do Programa Bolsa Família nos municípios alagoanos, até o dia 26 de outubro, data em que se realizará o 2º turno das Eleições 2014;II – O desrespeito a esta proibição sujeitará o agente às sanções legais específicas.

Maceió, 20 de outubro de 2014.

Des a. ELISABETH CARVALHO NASCIMENTOPresidente do TRE/AL

Campo Alegre emite nota

A Prefeitura Municipal de Campo Alegre, através da Coordenação do Cadastro Único e do Programa Bolsa Família no Município, emitiu nota esclarecendo que Campo Alegre sempre realizou de forma responsável o cumprimento das exigências do Programa Bolsa Família no intuito que o programa social beneficie o máximo de famílias no Município dentre dos parâmetros exigidos.

E mais: “Não há qualquer convocação extraordinária de beneficiários do programa no Município de Campo Alegre ou suspensão de benefícios, mas única e exclusivamente o cumprimento das exigências do programa quanto ao recadastramento, iguais para todos os Municípios do país...Em nenhum momento o programa foi utilizado no Município de forma eleitoreira ou com qualquer outro objetivo que não seja aqueles pré-determinados em Lei.”

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia