Acompanhe nas redes sociais:

20 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 794 / 2014

02/11/2014 - 08:09:00

Para os indecisos

JORGE MORAIS Jornalista

Estamos a três dias das eleições presidenciais em seu segundo turno.  Como os números divulgados até agora pelas pesquisas sugerem um empate técnico, e isso quer dizer que pode ganhar qualquer um dos dois candidatos, começo a entender que se o Brasil está dividido é porque as propostas parecem ser iguais.

Conscientemente, entendo que todos são iguais perante o eleitor, como entendo também que as promessas de mais educação, mais saúde, mais segurança, mais emprego, e de que o País voltará a crescer economicamente, são importantes e necessárias.Entendo, também, que a divisão pode ser assim: de um lado o grupo que não quer sair do poder (PT); do outro lado o grupo que quer voltar ao poder (PSDB).

Há doze anos, o Partido dos Trabalhadores brigou e conseguiu arrancar da cadeira presidencial um grupo ligado mais a direita, inclusive com promessas de crescimento e de uma realidade diferente para a Nação.Não podemos negar que nos dois governos do presidente Luiz Inácio da Silva, o Brasil cresceu. Os números mostram isso, como, também, mostram que os diversos programas criados no passado anterior a Lula foram fundidos num só: “Bolsa Família”.  

Não podemos negar que um número grande de programas e projetos foi colocado em prática, fruto das aberturas que o presidente anterior construiu em suas inúmeras viagens ao exterior, chegando a superar alguns pilotos de carreira.Claro que essas aberturas econômicas justificam tantas viagens do Lula, um presidente que começou a estudar muito tarde, sem diplomas de nível superior, mas que soube aparecer muito bem no cenário internacional. Como se diz: um estadista, reconhecido como o “cara” pelo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, sabendo, inclusive, enfrentar uma crise iniciada no próprio país norte-americano e depois se estendeu a Europa e outros continentes.

Concordo com a Marina Silva, que pregava o fim da reeleição. O que foi o governo Dilma Roussefff esses quatro anos? O Brasil parou de crescer economicamente, continuou o mesmo em relação a desvios de verbas em Ministérios e obras financiadas com o dinheiro público, incluindo a Petrobras - pior do que na época do Lula que nunca soube de nada e nunca viu nada -, a inflação reapareceu, e o desemprego que cresceu, entre outras mazelas.Independente do resultado que venha aparecer das urnas, o que o povo brasileiro cobra, exige até, é mais oportunidades para todos e melhores dias para a Nação, que é dela de onde ele tira seu sustento. É nessa hora que o eleitor brasileiro precisa analisar bem o que ele vai fazer no domingo, dia 26.

É muito importante que ele pense em pontos importantes, que foram discutidos nos debates e programas durante todos esses dias de campanha no rádio e na televisão.

Como exemplos: Educação; saúde; segurança; emprego; fortalecimento de programas sociais, e não assistencialismos como é feito hoje, onde os chamados pobres não querem mais trabalhar, porque ganham dinheiro fácil; transparência; uso correto do dinheiro público; sem apadrinhamentos; menos política e mais gestão; etc. etc. e etc.

Um modelo de governo diferente e que deve ser construído para todos, com propostas justas e igualitárias do ponto de vista de oportunidades e de sobrevivência.

Portanto, meu amigo, você que está indeciso e pensa num novo modelo de gestão para o Brasil e para todos, que pretende cobrar e exigir os seus direitos amanhã, mas acha que isso é possível acontecer com quem está no poder há doze anos (Lula 8 e Dilma 4), que é o desejo da metade da Nação  apontado pelas pesquisas, então vote nela.

Mas, se você está cansado de tudo que aconteceu nesses anos todos e acredita que pode, verdadeiramente, contribuir com as mudanças que a outra metade quer, vote em Aécio Neves.Definitivamente, por tudo o que vi acontecer até agora, só acredito no Brasil se a gente mudar. Por isso, voto em Aécio...

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia