Acompanhe nas redes sociais:

23 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 794 / 2014

29/10/2014 - 20:30:00

SURURU

Lei sob medida

DA REDAÇÃO

O Estado tem uma dívida de R$ 1.343.310,97 com a MedRadius por serviços médicos prestados aos servidores públicos através de convênio com o Ipaseal. Agora o governo alega que está sem caixa e quer trocar a dívida pelo imóvel público onde funciona a Secretaria da Pesca. Projeto de lei nesse sentido foi enviado à Assembleia Legislativa para apreciação.  No texto dessa lei sob medida, dois fatos chamam a atenção: o valor do imóvel, avaliado pelo Serveal, é igual ao da dívida, o que – se fosse real – seria uma baita coincidência. O outro fato é a exigência imposta à clínica, “que fica obrigada a instalar no local, dentro do prazo de 12 meses, uma unidade de radioterapia”. Como se sabe, a MediRadius – que já  adquiriu praticamente todo o quarteirão – precisa do imóvel em questão para ampliar suas instalações. 

No país das Alagoas

Só em Alagoas acontecem coisas do arco da velha, que ninguém consegue explicar. Por isso, perguntar não ofende:    nComo uma empresa do porte da Portobello - com ações em bolsas de valores - consegue um financiamento oficial para se instalar em área sob litígio? no que levou o BNB a aprovar um financiamento superior a R$ 200 milhões sem que a indústria ceramista apresentasse sequer o alvará de licença de localização? nPor que envolveram até o prefeito Cristiano Matheus, de Marechal Deodoro - sede do pólo - que não tem nada ver com o imbróglio? nPor que a justiça alagoana ainda não julgou essa ação judicial que se arrasta há mais de 12 anos?  nQue interesses escusos estão por trás desse impasse, que nem o governador Téo Vilela consegue resolver?nSerá que Vilela vai deixar o abacaxi para o próximo governo? Ou vai enquadrar os verdadeiros responsáveis pela maracatuia? nSerá que o ex-super-scecretário tucano, dono da LOG, pode explicar o que está acontecendo? 

Aécio eleito  

1 O analista político professor Marcelo Bastos aposta na vitória do candidato Aécio Neves no segundo turno. “O Data Folha e o Ibope, os dois principais institutos de pesquisas do Brasil, erraram de uma forma grosseira nas pesquisas do primeiro turno”, diz Bastos. Vale lembrar que o analista acertou o nome dos eleitos em Alagoas: governador, senador, deputados estaduais e federais. 


2 Professor Marcelo Bastos toma como base estudos de outros institutos, análises percentuais de regiões e capitais com grande eleitorado para cravar a vitória de Aécio. “Não tenho nenhuma dúvida que no dia 26 de outubro o candidato Aécio Neves vai ganhar as eleições para presidente do Brasil”. O analista ainda destacou que Aécio vai vencer Dilma com uma margem de 7% a 8%. Agora é aguardar!

Brasil do PT

Banco do Brasil aprovou empréstimo de R$ 2,7 milhões sem garantias reais para a amante do presidente do banco, que não pagou empréstimo anterior.  


Brasil do PT 2 

O sindicalista Vacari Neto, tesoureiro do PT, ganha R$ 22 mil por mês como conselheiro da hidrelétrica de Itaipu e nem precisa ir ao trabalho. É o mesmo que opera a roubalheira do PT na Petrobras. 


Brasil do PT 3 Governo Dilma pagou R$ 11 milhões ao Ibope para fazer pesquisas, sem licitação (Coluna de Cláudio Humberto).  

Convite formal 

1 O conselheiro do Tribunal de Constas do Estado, Anselmo Roberto de Almeida Brito, convidou a população alagoana para comparecer à inauguração do jardim da Corte, ocorrida ontem. Vale ressaltar que R$ 200 mil foram gastos só com personagens abstratos para enfeitar o local. A ironia do conselheiro deve esquentar o clima entre seus pares. 


2 No mesmo convite feito à sociedade, Anselmo destaca: “A população alagoana não se preocupe com os comes e bebes; nossa Corte de Contas tem um contrato de buffet, também da ordem de R$ 271.000,00, que deverá ser pago com os tais recursos públicos. Então, tenho a mais pia convicção de que todos serão extremamente bem servidos!”.

Atraso de pagamento 

Os problemas na Prefeitura de de Anadia continuam. Desta vez os moradores da cidade reclamam que devido aos atrasos no pagamento dos salários dos garis, a cidade está infestada de lixo e que os garis não têm prazo para voltar a trabalhar. Lembrando que esta não é a primeira vez que isso acontece no município. Ano passado os garis também pararam seus trabalhos por conta de atrasos no pagamento. 

Mais um golpe...

O Sindifisco pediu ajuda ao Ministério Público para anular um acordo ilegal em que o Estado beneficia as empresas de Nivaldo Jatobá ao perdoar um débito de R$ 55 milhões. Como se sabe, esse usineiro é usiero e vezeiro em sonegação fiscal e virou milionário graças a golpes contra o erário.


PP rachado 1

O Partido Progressista tem como seu principal mandatário em Alagoas Benedito de Lira. O senador confirmou que irá votar em Dilma no segundo turno e pediu para que os prefeitos do partido e correligionários também façam o mesmo, mas o recado não foi de bom tom para alguns.


PP rachado 2

O prefeito de Paripueira Abrahão Moura e a prefeita de Flexeiras Silvana Cavalcante, ambos do PP, votam em Aécio. Parece que Biu vai perdendo espaço e força dentro da sua própria sigla. Um vereador do PP confidenciou à coluna: “Nem o PP anda votando no PP. É traição em cima de traição”. 


Comunicação

Nos bastidores da política, prosseguem as apostas sobre a equipe de secretários do gover-nador eleito Renan Filho. O foco agora está no nome de quem deve assumir a Secretaria de Comunicação. Dois nomes ganham força: o de Ênio Lins, chargista da Gazeta de Alagoas e visto no meio jornalístico local como um profissional ético e que valorizaria a classe, e o de Joaldo Cavalcante, que respondeu pela Secom no governo Ronaldo Lessa e que seria indicação de Fernando Collor. 

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia