Acompanhe nas redes sociais:

23 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 793 / 2014

21/10/2014 - 14:09:00

Um momento histórico

Célio Pezza Colunista, escritor e autor de diversos livros

Estamos vivendo um momento histórico. Nesse 2º turno das eleições presidenciais temos, de um lado, o projeto petista de se perpetuar no poder e, de outro, a chance de mudar o cenário de profunda corrupção, mentiras e tirar a lama que suja nosso país. Depois de tudo o que vimos com respeito ao Mensalão do PT, aos desmandos e roubos dentro da Petrobrás, as denúncias que não param de aparecer contra essa quadrilha que se apropriou dessa empresa que era o orgulho nacional, não consigo imaginar continuarmos com todas essas pessoas no comando, como se nada tivesse acontecido.Temos uma chance e ela é agora! Talvez não tenhamos outra, pois o projeto do PT é de nunca mais sair do poder. Para esse projeto, o partido se vale de tudo, desde criar mentiras e difamar seus adversários até exortar os companheiros a manter a cabeça erguida diante da corrupção, como disse o ex-presidente Lula durante discurso na plenária do PT.Chegamos à reta final e Aécio teve a adesão de todos os partidos sérios, numa interpretação clara de que ninguém mais quer continuar como está. E foi em São Paulo, berço do PT, que começou a reação democrática. Depois do 1º turno o PT está acuado e agora parte para o ataque às mídias e qualquer um que critique o partido. Querem incutir na cabeça do eleitor que todo aquele que é contra o atual governo é contra os pobres, é racista, elitista e quer destruir os heróis do povo. É o desespero de quem está vendo desmoronar o castelo de areia e parte para a agressão como última cartada.Está caindo o mundinho dos que alardeiam que o SUS é exemplo para o mundo, dos que mentem dizendo que temos ótima saúde, educação e que a corrupção é severamente punida neste governo. Nesta hora vale tudo, até o absurdo do presidente do MST prometer uma guerra caso o candidato Aécio ganhe a eleição. Espero mesmo uma guerra contra todos os corruptos, baderneiros e destruidores do patrimônio alheio. Só o doleiro Alberto Youssef já declarou que lavou mais de R$ 1 bilhão de corrupção da Refinaria Abreu e Lima.Estamos vivenciando o maior saque de recursos públicos da História desse país. E os responsáveis não sabem de nada, como sempre. Pior ainda, a própria presidenta Dilma considerou que essas denúncias não deveriam ser feitas neste momento, antes do 2º turno da eleição. Nesse cenário, teremos uma das mais difíceis eleições da nossa História, tendo de um lado o partido destruidor de reputações com a máquina a seu favor, e de outro, uma mudança e a esperança de não entregarmos o Brasil a um grupo com um projeto de poder que poderá destruir a nossa democracia.Chega de corrupção! Que esses corruptos sejam presos, de cabeça erguida ou não. Chega de dizer que não sabiam de nada! Chega de discursos vazios e populismo. Chega de mentiras! Chega de dizer ao povo que a inflação está controlada e, ao mesmo tempo, você vê os preços subindo nos mercados mês a mês. Chega de discursos mostrando nosso excelente sistema de saúde, enquanto os doentes morrem aguardando alguém que os atenda. Chega dessa erva daninha que se infiltrou nas nossas instituições! Neste momento histórico, vamos mudar para melhor os rumos deste Brasil.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia