Acompanhe nas redes sociais:

16 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 791 / 2014

08/10/2014 - 10:47:00

Este domingo será de alegrias e de tristezas...!!!

José Arnaldo Lisboa - [email protected]

Desde que o ex-presidente Lula assumiu o Governo, à partir do início dos seus 8 anos de mandato, a CNI-Confederação Nacional Indústria, vem fazendo pesquisas eleitorais, todas elas com percentuais muito estranhos, todos muito favoráveis ao sr. Lula. Com a senhora Dilma está acontecendo a mesma coisa.

O interesse desse órgão, em dar resultados graciosos em prol do Lula e da presidenta, são muito graciosos, já que existem Institutos especializados para pesquisas. Essa empresa deveria se preocupar com as indústrias e não com o processo eleitoral brasileiro. A minha micro-empresa, faz Pesquisas Eleitorais, de Mercado, Sociais e de Opinião, há 18 anos e, já fiz até hoje, 1.204 pesquisas eleitorais em quase todos municípios de Alagoas, além das realizadas em Sergipe e Pernambuco.

De quatro em quatro anos, acontecem pesquisas para a Presidência da República, para senador, deputado federal e deputado estadual, bem como, para prefeito e vereador, daqui a dois anos. Durante esta semana que se passou, foram divulgadas pesquisas eleitorais quase que diariamente, por vários Institutos, com muitos resultados diferentes uns dos outros. Isto acontece porque existem maneiras de enganar o povo, com uns tais de “erros com diferenças de 2 %, para mais ou para menos”.

Ora, se os erros são constantes e sempre com uma mesma percentagem, para que divulgá-los? Além disso, não houve nenhum motivo, para que, em apenas, 4 dias, a presidenta Dilma ultrapassasse o Aécio e a Marina, em 14 % e em 12 %, respectivamente. Por que? O que houve, que o povo resolveu votar em Dilma, tão buscamente?  Afinal de contas, 14 % para mais, em prol da srª. Dilma, corresponde a uma votação espetacular, já que o eleitorado brasileiro é composto de 142 milhões de eleitores.

Ora, esses erros cometidos propositalmente, é um grande crime, pois, vai confundir o eleitorado, já que ninguém gosta de votar em candidatos, que serão, possivelmente, derrotados. De nada vai adiantar mentir nas pesquisas, para proteger este ou esta candidata, pois, a mentira tem pernas curtas. Foram vergonhosos os resultados que foram divulgados, ultimamente. Seus diretores deveriam ser metralhados com a mesma metralhadora que a srª, Dilma usou, quando lutando pelas ruas do Brasil.

Os 14 % que deram a mais para a sra. Dilma, contra Aécio e Marina, foram mudanças bruscas, como aquelas dos  ioiôs, subindo e descendo. Que mentiras!  Faltando 2 dias para as eleições de domingo, eu só quero saber com que cara lisa vão ficar os institutos picaretas, como já aconteceu em outras eleições. Por sinal, de nada adiantam os registros de pesquisas eleitorais, com as amostras, os valores pagos pelos contratantes, com o dia ou dias da pesquisa e com os resultados divulgados pelo TRE ou TSE.

Ninguém fiscaliza os tais institutos! Apenas, são registrados seus resultados e, só. Se um determinado partido desconfiar dos resultados, nada mais poderá ser feito por ele, pois, ninguém vai saber se a dona Maria votou mesmo na srª. Dilma, se o Zé Arigó votou mesmo em Aécio ou se o Tiririca votou mesmo na Marina. Além de tudo, o voto não deve ser secreto! Vocês sabem que, existem institutos que fazem “pesquisas por telefone”, para não gastarem com passagens de avião e que dizem que entrevistaram 2 mil pessoas, em 270 municípios, em 2 dias. Existem muitas mentiras e muitos resultados fabricados em escritórios, embora divulgados na TV, jornais e rádios. 


Em tempo – Eu tenho o coronel Ivan Marinho como meu leitor, excelente amigo e policial dos mais preparados e competentes da nossa Polícia Militar de Alegoas. Que bom !

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia