Acompanhe nas redes sociais:

14 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 791 / 2014

08/10/2014 - 10:28:00

REPÓRTER ECONÔMICO

JAIR PIMENTEL - [email protected]

As dicas vão continuar!
Independente de quem vá assumir a presidência da República daqui a três meses, a política econômica de juros altos, vai continuar, exatamente para evitar o descontrole da inflação e sempre para cima. O que o próximo mandatário precisa mesmo é adotar uma ampla reforma tributária, reduzindo os impostos, para aumentar a produção e a geração de empregos, obviamente que fazendo a sua parte: reduzindo os gastos públicos. Ao continumidor, as dicas continuam as de sempre: pesquisar preços, mudar hábitos de consumo, evitar juros e jamais se endividar, ultrapassando o limite de seu poder de compra. Em janeiro, deve se fazer um orçamento doméstico, ir anotando tudo que entra e sai de seu bolso, pagar as contas em dia, e sobreviver de acordo com o que ganha, esquecendo as facilidades do crédito e os apelos dos lojistas, com promoções constantes e pagamento em prazo “a perder de vista”. Cumprir esse orçamento à risca, fechando o balancete mensal e constatando que ainda sobrou dinheiro para a ca-derneta de poupança. 


Sua lista

Geralmente o consumidor faz suas compras de cereais, material de limpeza e higiene, uma vez por mês. Portanto leve uma lista ao supermercado e siga mesmo o que anotou, jamais sendo induzido pela  promoção de algum produto que não se encontra listado. Guarde essa prova de tudo que comprou, para comparar com a próxima conta. Obviamente que a maioria, terá um novo preço. Assim é a inflação. Saiba conviver com ela.


O cartão

Seu cartão de crédito tem o limite de compras e ainda o melhor dia para comprar. Preste sempre atenção nisso e compre com a certeza de que vai pagar o valor total da fatura no dia exato. Se amortizar (pagar o valor mínimo que é de 25% do total) vai se endividando e nunca mais conseguirá sair dessa enrascada. Os juros e multas, são elevadíssimos. Evite isso!MarcasMuitas vezes você compra determinado produto de uma marca, e de repente encontra no supermercado, uma similar com um valor mais baixo. Observe o peso, a qualidade, o prazo de validade e se tudo estiver de acordo com o concorrete, não conte conversa: coloque no carrinho e comprove que economizou mesmo. És um consumidor, consciente e disciplinado. 


Apelando

Outubro é o mês das crianças. Dia 12, meninos e meninas, esperam receber o tão sonhado presente. E os lojistas apelam, realizando promoções, com os produtos variando muito de preços, de um local para outro. Carrinhos e bonecas, estão em baixa. O que se quer mesmo é tecnologia de informações: tablet, celular, notebook, etc. Pais, tios, padrinhos, avós, devem atentar para os preços, pesquisando muito, antes de comprar. 

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia