Acompanhe nas redes sociais:

24 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 786 / 2014

03/09/2014 - 09:12:00

POR DENTRO DO ESPORTE

João de deus [email protected]

Avançando juntos

CRB e ASA mostram firmeza e no domingo passado provaram que têm condições para avançar no somatório de pontos nas próximas rodadas da Série C. As torcidas, confiantes, devem estar mais presentes nos jogos. CRB x Botafogo-PB neste fim de semana é em Maceió e  ASA o pega o Cuiabá no Mato Grosso. 

Classificação

Após a rodada da semana anterior, Série C,  e no grupo A os na linha de frente são o Fortaleza  (26 pontos); 2º -  Botafogo-PB (20); 3º Salgueiro ((19); 4º Cuiabá (18); 5º CRB (18) 6º ASA  (16). Mas é bom não haver descuido, em especial os dois alagoanos, pois se cochilarem dançam.        

Com otimismo 

João Batista, coordenador do Futebol Amador da FAD, qualifica o momento do setor como de ascensão, isso em Alagoas. O argumento tem respaldo nos clubes classificados para a Copa São Paulo no fim do ano. “Em outros tempos eram só CSA e CRB, mas  este ano tivemos o Arapiraca e o Real Deodorense”, diz.  


Comentário

Também de João Batista a sugestão de que os clubes abram os olhos se quiserem manter a antiga hegemonia nos títulos: “O equilíbrio se estende às categorias Sub-15 e Sub-17 como reflexo da organização dos clubes do interior contando também com investidores. (Com assessoria de imprensa da FAD).  

Calendário

O futebol brasileiro terá o calendário de 2015 mudado com destinação de 21 dias para a pré-temporada dos clubes, bem menos que os 30 solicitados pelos clubes. Os estaduais começam dia 1º de fevereiro, mas em alguns estados com menos duas datas que este ano (19 e não 21).


Copa do Nordeste

Na região a previsão é de ser ainda com tempo menor, com proposta para 12 datas. Motivo: a simultaneidade com o calendário do Copa do Nordeste,  proposta que poderá ser estendida aos Estados das regiões Centro-Oeste e Norte, mas com somente 15 datas. 


Copa América 

A Copa América, agendada para acon-tecer de 11 de junho a 4 de julho, no Chile, não deve mexer no calendário do futebol brasileiro, mesmo com craques cedidos pelos clubes para a seleção. Do acerto: clubes com jogadores na seleção ficam desfalcados 5 rodadas do Brasileiro. 

Bandeirinhas

Alagoanos acham certos impedimentos difíceis para bandeirinhas marcarem. Entendem que por mais atentos que estejam, alguns lances são muito rápidos para se acompanhar. Acham que a posição deles nas laterais do campo não permite a mesma visão das arquibancadas. Dúvida, maioria, só é tirada com replay da jogada pela televisão.

Exagero?  

No Santos o retorno recente de Robinho, 30 anos, começa a pautar conversa com análise a participação modesta dele nos jogos. Quem comenta lembra que pelo nome e salário deveria ter rendimento mais eficiente em campo. Outros, mas de menor projeção, entram na análise rigorosa de torcedores. 


Situação difícil 
No primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil, o clube alagoano Santa Rita foi goleado pelo Cruzeiro-MG, pelo placar de 5 x 0. O jogo de volta acontece na semana que vem em Maceió, mas a situação do time bocamatense é complicada demais. Pelo vista não tem como reverter. 


Cena comum

No Brasil jogador habitualmente levanta um dos braços pós jogada mais dura do adversário, “carrinho em especial, exigindo do árbitro cartão para o autor. Na Europa jogo duro é habitual e marcar falta é raro. Diferença é que lá não tem a “malandragem” observada por aqui.

É normal?

Nesta Série A do Brasileiro, na proporção que um dos clubes vão capengando e ficando para trás na classificação, começa a ser sentida a queda na média de público nos estádios em que os clubes têm o mando do campo. Já teve clássicos com público abaixo de 5 mil torcedores. 


Entusiasmo

O Cruzeiro abre uma folgada vantagem na liderança da Série A. Entra na nova rodada com 39 pontos, sete a mais que o vice-líder (São Paulo, 32) e 10 na frente do Internacio-nal em terceiro com 31 pontos. O Atlético Mineiro, agora sem Ronaldinho Gaúcho,  aparece em sétimo.


Basquete

Neste fim de semana acontece abertura do Campeonato Mundial de Basquete na categoria masculina. É uma jornada que o Brasil está familiarizado portando, inclusive, um excelente somatório de títulos. Motiva lembrança no torcedor os bons tempos de Oscar.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia