Acompanhe nas redes sociais:

13 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 786 / 2014

03/09/2014 - 08:46:00

SURURU

Quem ganhou o debate?

DA REDAÇÃO

O Radar Bites apurou as menções publicadas nas últimas 36 horas nas redes sociais (até às 12h da quarta-feira,  dia 27), sites de notícias, blogs e fóruns de discussão na Internet, que o debate  na TV Bandeirantes com os sete candidatos a presidente representou 6,8% de toda a produção desse universo no período (18,2 milhões de referências indexadas).


Twitter lidera

O Sistema BITES analisou os nomes dos presidenciáveis e três hashtags que conquistaram o Twitter: # #dilma13maisfuturo, #somosaecio45 e #soumarina40. No total foram 1,2 milhão de posts, comentários e notícias sobre o evento. A estrela da noite, sem dúvida, foi o Twitter, que atuou fortemente como segunda tela, e representou mais de 90% de tudo o que foi falado publicamente sobre a disputa entre os presidenciáveis.

Marina na cabeça

No Facebook houve grande movimentação dentro das páginas pessoais, mas os limites impostos por essa rede na coleta externa de dados de murais abertos criam bareiras de análise tão amplas quanto os outros serviços digitais. Entre as fan pages dos candidatos, Marina Silva (PSB) foi quem mais conquistou aliados nas últimas 36 horas. A socialista ganhou 47.934 novos fãs contra 12.963 do tucano Aécio Neves e 7.296 da candidata do PT, Dilma Roussef.


Dilma na rabeira

Na perspectiva de interações na fan page, a candidata do PSB havia conseguido até às 23h59 da terça-feira o volume de 540.127 interações. O tucano Aécio ficou no patamar de 170.568 e a presidenta em 128.360. Nos respectivos perfis no Twitter, Marina também manteve a liderança com 4.814 novos seguidores no período analisado contra 2.990 da presidenta Dilma e 1.836 de Aécio.


As ‘entrevistas’ do ‘Jornal Nacional’

“Não houve jornalismo. Não houve conversa, mas um combate. Não houve perguntas, mas ataques. Os “entrevistados” foram fustigados e provocados pelos “entrevistadores” como se estivessem em um duelo público”.Do jornalista e sociólogo Venício A. de Lima, em artigo para o Observatório da Imprensa.

Novo golpe

Conhecido parasita dos cofres públicos ligado ao setor açucareiro arma novo golpe contra o erário. Processo tramita em sigilo total e deve ser concluído no apagar das luzes do governo tucano.  A coisa é cabeluda.  

Resolve, Téo!

O governador Téo Vilela – que foi enganado por assessores de confiança – precisa resolver o imbróglio da área “B” do pólo de Marechal Deodoro, antes que a Portobello e outras indústrias se mudem para outro estado. Além do risco de perder as indústrias, Vilela ainda pode herdar alguns processos judiciais.  

Acidente fatal

O acidente que matou Eduardo Campos também atropelou as candidaturas de Dilma Rousseff e Aécio Neves. De quebra, ameaça devolver o PT à oposição, de onde não devia ter saído.   

Dívida impagável

Quem vencer o governo de Alagoas herdará uma dívida pública impagável de R$ 11 bilhões, que consome R$ 52 milhões por mês só de juros. Bem que o vice Thomaz Nonô avisou! 

Alô secretário!

O secretário Alexandre Lages, da Gestão Pública, deve aos servidores estaduais uma explicação sobre o imbróglio dos empréstimos consignados. Deve justificar porque trocou os serviços da Elógica por uma empresa sem nenhuma qualificação técnica para gerir esses empréstimos. Quem está ganhando o quê nessa história?   

Mais rico do Brasil

Jorge Paulo Lemann é novamente o homem mais rico do Brasil em 2014, se-gundo ranking da revista “Forbes Brasil”, divulgado nesta quarta-feira (27). Ele, que já esteve empatado com Eike Batista em 2012, liderou o ranking dos ricaços brasileiros também no ano passado.Principal acionista da Ambev, possui uma fortuna estimada de R$ 49,85 bilhões, de acordo com a revista.Sócios bilionários Seus sócios Marcel Telles e Beto Sicupira também estão bem posicionados, em 3° e 4° lugar, com fortunas de R$ 25,58 bilhões e R$ 22,30 bilhões, respectivamente.

Segundo mais rico

O segundo homem mais rico do Brasil é Joseph Safra, que possui um patrimônio de R$ 35,95 bilhões.A lista inclui 150 bilionários que possuem cerca de R$ 643,6 bilhões, cerca de 13% do PIB.

Família Marinho

Ranking tem família Marinho, Silvio Santos e Edir Macedo. A família Marinho aparece em destaque no ranking, já que os três filhos de Roberto Marinho possuem cerca de R$ 15,9 bilhões cada. Silvio Santos (com R$ 2,42 bilhões) e Edir Macedo (com R$ 2,91 bilhões).

Resolve?

Benedito de Lira anda dizendo que resolve tudo, mas o que sabemos é que ele controlou as secretarias de Educação e Assistência Social do Estado até o final de maio desse ano e não resolveu nada. O PSB, que é o partido de seu vice na chapa, controlou a Secretaria de Trabalho e Renda e nenhum aumento no número de empregos em Alagoas foi constatado. O que os dois conseguiram mesmo foi levar essas áreas para o ranking das piores pastas do governo Vilela.


Vigilância indiferente

E continua a peleja de frequentadores do Mercado Público de Pão de Açúcar e do vizinho Bar da Fumaça para que a Vigilância Sanitária Estadual acabe com a sujeira e fe-dentina de ambos os locais. Esgoto a céu aberto, sanitários imundos e dejetos por toda a parte infernizam a vida da população.


Vigilância indiferente 2

O problema é que a Vigilância Sanitária Estadual “chuta” o problema para a Vigilância Municipal, mesmo ciente de que a mesma não dispõe de qualquer estrutura para exercer suas atividades, relegada que é pela Prefeitura de Pão de Açúcar.

 
Telasa e o SUS

Quase duas décadas após ser extinta, a Telasa - Telecomunicações de Alagoas S/A ainda figura como inadimplente com o Sistema Único de Saúde (SUS). Valor do débito: R$ 1.617,38, segundo a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS)

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia