Acompanhe nas redes sociais:

25 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 784 / 2014

20/08/2014 - 02:32:00

Candidatura de Pinto de Luna é aprovada pelo TRE

Suplente de deputado federal, delegado da PF disputa agora uma vaga na Assembleia

Vera Alves [email protected]

Citado como um dos 13 concorrentes das eleições de outubro próximo que teriam tido as candidaturas impugnadas junto ao Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE-AL), o delegado da Polícia Federal José Pinto Luna enviou ao jornal EXTRA  pedido de direito de resposta, sob o argumento de que, contrariamente ao que foi publicado pelo semanário em sua edição de número 780,  nunca houve qualquer impedimento à sua candidatura.

Segundo Luna, que é suplente de deputado federal e advogado e disputa este ano uma vaga de deputado estadual pelo PT, o jornal foi induzido a erro por conta de “um equívoco no sistema informatizado do Tribunal Regional Eleitoral”, que  levou seu nome a aparecer na lista dos candidatos impugnados.

Confira, na íntegra, o pedido enviado Luna:

“Venho, por meio deste instrumento, informar a toda sociedade alagoana que sou candidato a deputado estadual pelo PT nas eleições de outubro próximo. Essa informação é necessária tendo em vista que, por um equívoco no sistema informatizado do Tribunal Regional Eleitoral, meu nome apareceu na lista de candidatos impugnados para concorrer ao pleito.Entretanto, esse erro já foi corrigido pelo próprio TRE na semana passada, o que me torna absolutamente apto e quite com a Justiça Eleitoral para disputar a eleição.Neste contexto, acredito que este combativo semanário tenha sido induzido a erro ao publicar notícia sobre meu impedimento. Ainda nesse plano, estranhei que minha foto tenha figurado na capa do jornal em meio a personagens que respondem por diversos crimes, já que eu sou ficha limpíssima.Diante do exposto e da grande repercussão negativa causada à minha imagem pela aludida matéria, solicito ao prezado editor esse amigável direito de resposta no mesmo espaço ocupado pelo texto que deu margem ao equívoco.Por fim, quero reiterar minha disposição de continuar na luta política, forma pela qual acredito contribuir para recuperar a desgastada credibilidade do parlamento junto à opinião pública numa sociedade carente por mudanças sociais urgentes”.


IMPUGNAÇÕES DIVULGADAS PELO TRE

A informação de que Luna teria tido a candidadura impugnada foi dada à imprensa pelo próprio TRE, através de sua assessoria de Imprensa, no dia 16 de julho último. A informação foi publicada em todos os sites locais de notícias no mesmo dia e publicada pela mídia impressa posteriormente.

Como todos os candidatos que concorrem ao pleito deste ano, o delegado também teve que ter os documentos obrigatórios para registro de candidatura analisados pelo tribunal, cuja aprovação se deu no dia 30 de julho último.  Os detalhes  da candidatura podem ser conferidos na internet no endereço http://divulgacand2014.tse.jus.br/divulga-cand-2014/eleicao/2014/idEleicao/143/cargo/7/UF/AL/candidato/20000000346.O ex-superintendente da Polícia Federal em Alagoas também destaca que, eleito para a Assembleia, os corruptos que se cuidem: “Eles vão ter que me engulir”.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia