Acompanhe nas redes sociais:

22 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 783 / 2014

13/08/2014 - 09:57:00

Gabriel Mousinho

Eleição de um tiro só

Sem um candidato de fôlego para disputar o governo do Estado, o PSDB contribuiu para que a eleição seja decidida logo no primeiro turno. A presença do vereador de Palmeira dos Índios, Júlio Cezar disputando o cargo que antes era ocupado pelo Procurador Eduardo Tavares, é apenas não deixar as águas rolarem.O vereador, por exemplo, já havia declarado apoio ao senador Biu de Lira e com certeza não fará grandes esforços para tocar uma campanha que não terá estrutura, seguidores e consequentemente apoio logístico e financeiro. Júlio Cezar ficará como a Rainha da Inglaterra, soberano, mas sem decisões de mudar as regras do jogo. No íntimo, porém, torce para que Biu seja o vencedor nesta contenda entre ele e Renan Filho.O PSDB termina esta eleição com a grande frustração de não ter construído uma candidatura que pudesse substituir Téo Vilela, mas terá ainda muito tempo, futuramente, para juntar os cacos e tentar novos vôos na política alagoana.

Apoio a Biu

O prefeito Rui Palmeira deve anunciar amanhã, sábado, seu apoio ao candidato ao governo, Biu de Lira. Alguns assessores de Palmeira dizem que este seria o destino natural do prefeito, pelo apoio que sempre recebeu do senador do PP. Anunciando o apoio, Biu terá reforçadas suas bases na capital.


Sinal amarelo

As caminhadas de Renan Filho na grande Maceió têm trazido problemas internos para o Chapão.  Menos conhecido do que o ex-prefeito Cícero Almeida e o senador Fernando Collor, muitos eleitores desconhecem até a presença do candidato ao governo. Esta situação tem gerado pequenos conflitos e a assessoria política do candidato tenta encontrar soluções para resolver o problema. Aliás, um problema e tanto.


Brincadeira

O presidente do PSDB em exercício, Claudionor Araújo, justificou a candidatura de Júlio Cezar ao governo como uma coisa nova na política e que entra para ganhar a eleição. Claudionor, boa praça, tem hora que sai com cada brincadeira! 


Mesa Diretora

Pode até parecer coisa do outro mundo, mas alguns deputados que acham que serão reeleitos sem problemas, já tratam de fazer projeções e negociações para a eleição da futura Mesa Diretora da Assembleia Legislativa. As conversas giram somente naqueles que realmente têm condições de manter um assento na Casa de Tavares Bastos.


Célia em Arapiraca

Bem que o candidato Renan Filho e o senador Fernando Collor gostariam, mas a administração de Célia Rocha, em Arapiraca, tem sido sofrível. Que o diga o funcionalismo público, que tem tido sérias dificuldades para receber salários.


Campanha fria

Quem tem andado pelo anterior não nota muita movimentação política com vistas às eleições de outubro. Ou os candidatos estão se resguardando para dar a botada no final da campanha, ou o eleitorado está descrente dos nomes que estão aparecendo por aí.


Almeida x Rui

Uma briga interessante vai ser travada em Maceió a partir de agora. Nas urnas, Cícero Almeida e Rui Palmeira vão disputar, nas urnas, quem dará mais votos aos seus candidatos, no caso Renan Filho e Biu de Lira.


Projeção

O ex-prefeito Cícero Almeida, candidato a deputado federal, acha que sai de Maceió com mais de 100 mil votos pelo trabalho que realizou na capital durante oito anos de mandato. Vai testar o seu prestígio nas urnas, disputando votos com outros candidatos que também têm serviços prestados ao município, a exemplo de Ronaldo Lessa.


Em Brasília

Deputados e senadores esqueceram um pouco a campanha na capital e no interior e viajaram para Brasília para sessões marcadas para a Câmara e Senado. Eles voltaram nesta quinta e recomeçaram as andanças pelo Estado. Sessões em Brasília no Congresso Nacional só no dia 2 de setembro.


Rejeição

Conta-se a dedo qual o prefeito com mandato em Alagoas que anda bem nas pesquisas. Alguns chegam até a ter 80% de rejeição. Pior: andam mal das pernas com os próprios servidores públicos, que penam para receber os salários.


Escândalo

Está para estourar uma grave denúncia de figura muito conhecida na política alagoana e que pode contaminar a candidatura de outras pessoas. O assunto até agora está sendo mantido em sigilo, mas vai demorar pouco para a população tomar conhecimento.


Compra de voto

Dizem que as ofertas aumentaram muito nos últimos dias. As malas pretas estão circulando de norte a sul do Estado, mas tem liderança política que tem reclamado de compromissos que não estão sendo honrados.


Fiscalização

O Tribunal Regional Eleitoral, através da Polícia Federal, começa a apertar o cerco contra maus políticos que ainda teimam em ganhar eleições comprando votos. 


Pras cucuias

E a infidelidade partidária? Existe este animal na campanha para as eleições deste ano? Se o Tribunal Eleitoral for mesmo provocado para apurar os desvios de conduta políticos, não ficará pedra sobre pedra, ou seja, candidato sobre candidato.


Irreconhecível

Amigos de Téo Vilela continuam achando muito estranho o comportamento do governador com relação às eleições majoritárias em Alagoas. ´´Esse não é o Téo que conheço há muitos anos´´, disse um fiel escudeiro.


Vantagem

O governador Téo Vilela ficou acuado com a indicação de Júlio Cezar escalado no lugar de Eduardo Tavares para disputar o governo. Mas dizem por aí que ele foi pressionado por muita gente, inclusive por alguém que vai levar vantagem nisso tudo.


Alerta para o Júlio

Se o vereador Júlio Cezar não exercer direito o seu papel de candidato, vai terminar tendo sua candidatura obstaculada pelo Ministério Público Eleitoral. E fica ameaçado até de, futuramente, perder a chance de se candidatar a prefeito de Palmeira dos Índios, seu maior desejo.


Reação de Tavares

O Propcurador Eduardo Tavbares que desistiu de sua candidatura ao governo, deve acionar a Justiça para reparar danos que sofreu de certa figura política. Homem sério, decente, Tavares tem demonstrado que não gostou nem um pouco da experiência política nesses últimos meses. Além do mais,  foi vítima de inverdades sobre seu comportamento ético. 

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia