Acompanhe nas redes sociais:

24 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 778 / 2014

10/07/2014 - 12:04:00

‘Alagoas não pode voltar ao tempo do feudalismo’, alerta Tavares

Candidato tucano lembra avanços registrados em sua passagem pela Secretaria de Defesa Social

Da Assessoria

Oficialmente indicado como candidato ao governo do Estado pelo PSDB, o procurador de Justiça e ex-secretário de Defesa Social Eduardo Tavares viajou  ao município de Matriz do Camaragibe, no Litoral Norte de Alagoas, onde concedeu entrevista ao programa Reclama Matriz, da rádio Camaragibe FM, e almoçou com amigos e correligionários em uma churrascaria da cidade. 

Aos ouvintes da rádio, Tavares lembrou ter atuado como promotor de Justiça de Matriz há quase 20 anos e falou sobre o desafio de disputar o governo de Alagoas e de suas propostas para os setores essenciais da administração estadual. “Com a nossa candidatura, queremos mostrar ao alagoano que existe uma terceira via. A via da honestidade, da transparência, da honestidade. Alagoas não pode voltar ao tempo do feudalismo, ao tempo em que o poder passava de pai para filho. Em que o fazendeiro tinha que concordar com tudo por medo. Estamos em um Estado Democrático de Direito e não temos que concordar com o que está errado. Nossa arma é o voto”, ressaltou Tavares.

 “Venho de uma escola, o Ministério Público, que olha para as pessoas. Não adianta ter estradas novas, se não tivermos um grande hospital em cada região do Estado. Não adianta ter pontes novas, se tivermos escolas de qualidade, com professores satisfeitos e uma educação integral. Penso em fazer em Alagoas o governo do desenvolvimento humano”, disse o candidato. Durante a entrevista, o secretário de Comunicação do município, Tota Reis, ligou para a rádio e, ao vivo, lembrou de uma história ocorrida em 2006, quando sofreu um acidente quando passava pela cidade da Barra de Santo Antônio em direção a Maceió. Segundo o secretário, a primeira pessoa a parar seu carro para prestar socorro foi o então procurador Eduardo Tavares. “Isso mostra uma marca sua que é a solidariedade. Nunca vou poder agradecer a ajuda que o senhor me prestou naquele momento. Muito obrigado. O senhor é um homem de muito caráter e muita personalidade e está preparado para assumir qualquer cargo”, disse Reis, emocionado.

“O maior valor que uma pesos pode carregar é a solidariedade. Fico muito feliz em saber como você está, Tota. Pode contar em qualquer momento, dentro ou fora da política, com este seu amigo que não mudou e não vai mudar jamais”, respondeu Tavares, ainda surpreso com as palavras do secretário.No almoço realizado no restaurante Bom Jesus, Tavares conversou com aliados e recebeu elogios de empresários, amigos e da gente simples que ouviu com atenção as propostas do tucano. O candidato ressaltou algumas de suas ações durante os dois meses e meio em que ocupou a Secretaria de Estado da Defesa Social.

“Construí e recuperei 26 bases da Polícia Militar em Maceió. Levei a Companhia da Caatinga para a região do Sertão. Recuperei a Cavalaria da PM e levei esse batalhão para Arapiraca e fizemos o realinhamento salarial dos militares. Como resultado, diminuímos a criminalidade em Alagoas. Tivemos uma redução de 30% em março”, destacou Tavares.“Confio não só nas palavras como nas atitudes de Eduardo Tavares. Por tudo o que ele fez em sua passagem na Procuradoria-Geral de Justiça, sabemos que é um homem de palavra, que fala a verdade, que fala com o coração. E não é um político profissional, o que nos dá a certeza de que tem respeito pela sociedade e vai atender aos anseios da população”, afirmou o líder do PSDB em Matriz, Daniel Lôbo. 

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia