Acompanhe nas redes sociais:

25 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 778 / 2014

08/07/2014 - 08:42:00

SURURU

Maldades tucanas

DA REDAÇÃO

“Conheço Euclydes Mello há 37 anos, ele é meu querido amigo. Na verdade, não merecia tal traição, agiu de boa fé. O que acontece é que os espertalhões da política pensam que ficam impunes. A isso juntou-se a ira e a mesquinharia de uma vingança sórdida, deste que está entrando para a história como o pior governador que o Estado já teve. De agora em diante fica-se sabendo que Téo Vilela é capaz de tudo, escondendo-se num manto negro de impunidade. Mas, não há nada melhor do que um dia após o outro. O povo alagoano saberá dar a resposta nas urnas. Eu mesmo fui vítima de várias perversidades deste governador e de pessoas ligadas a ele. Diante disso, sei que nos meses que lhe restam no palácio ele fará muitas maldades”. (Maurício Moreira)

Deputado multado 

O desembargador eleitoral auxiliar Otávio Leão Praxedes, em decisão publicada no Diário Eletrônico da Justiça Eleitoral da última quarta-feira (02), condenou o deputado José Cavalcante dos Santos – Jota Cavalcante (PDT) – ao pagamento de multa mínima de R$5 mil por sua participação em eventos religiosos ao ar livre promovidos pela igreja Assembleia de Deus, caracterizando propaganda eleitoral antecipada.


Fala ET

“Com a nossa candidatura, queremos mostrar ao alagoano que existe uma terceira via. A via da honestidade, da transparência, da honestidade. Alagoas não pode voltar ao tempo do feudalismo, ao tempo em que o poder passava de pai para filho”.


Isolado 

Ao que parece a terceira força da eleição em Alagoas, Eduardo Tavares, o ET, Vai servir apenas para levar a eleição para o segundo turno entre Renan e Biu. Sem alianças expressivas o paladino da justiça tem sua eleição comprometida. 


Reforço 

A candidata Heloísa Helena teve um reforço expressivo para disputa ao Senado, o advogado eleitoral Adriano Soares, que assume o comando da assessoria jurídica do seu grupo.  O ex-secretário de Viela promete ficar de olho em ataques de supostos laranjas. 

Deus e o Diabo

O DEM de Thomaz Nonô está com Deus e o diabo, ele vai coordenar a campanha do presidenciável Aécio Neves do PSDB em Alagoas, mas o líder democrata já abandonou os tucanos e caiu no ninho de Biu de Lira do PP. O que ninguém consegue entender é como nacionamente ele está com o PSDB e aqui com o PP. 


Buraqueira
Trafegar entre Viçosa, Paulo Jacinto  e Quebrangulo exige paciência e muita coragem por parte dos moto-ristas. Há trechos em que o asfalto praticamente sumiu dando lugar a enormes crateras. Sem contar que é comum encontrar animais passeando na pista.


Herança maldita 1
Fernando Collor escolheu dois ex-prefeitos como suplentes para disputar uma vaga para o Senado pela Frente de Oposição. A médica e ex-prefeita de Santana do Ipanema, Renilde Bulhões, ficou com a primeira suplência enquanto Severino Barboza Leão ficou com a segunda suplência.


Herança maldita 2
A indicação de Leão foi feita pelo ex-prefeito Luciano Barbosa, em agradecimento por ter sido secretário de Educação quando Severino governou o município e em seguida o recomendou para ocupar a Secretaria de Transportes no governo de Divaldo Suruagy.


Herança maldita 3
Collor, no entanto, não foi avisado sobre o passado do segundo suplente da sua chapa. É que Severino deixou a herança maldita de sete meses de salários atrasados dos servidores. Até hoje ele carrega a pecha de ter sido o pior prefeito da terra do fumo em corda.

Quase desistiu 

Faltou muito pouco  para Eduardo Tavares abandonar a candidatura. A demora do governador Teotonio Vilela Filho em tomar certas decisões promoveu debandadas  dos aliados do PSDB. O ET ficou na solidão por causa da lentidão do Téo. 


Pífia

Por falar em tucanos, a convenção do partido foi no mínimo melancólica, o candidato ET por pouco não abandonou a chapa. Ele foi para o evento sem vice e sem senador e saiu de lá da mesma forma que entrou. 


PT na solidão 

Depois de tirar o PT da chapa majoritária de Renan Filho do PMDB, agora a estratégia do Chapão é abandonar o Partido dos Trabalhadores à própria sorte. O PT tenta reeleger Paulão para deputado federal, missão praticamente impossível. 


É campeão
Os dados são da Secretaria de Estado da Defesa Social: nos cinco primeiros meses de 2014 foram mortas, vítimas de violência, 1.016 pessoas em Alagoas, o que representa uma média diária de 6,73 assassinatos por dia – maior que a média diária anual registrada em 2013, que foi de 6,19. Fazendo um comparativo, a média é maior que a do mesmo período dos últimos dois anos.


Em campanha
Deu no portal Congresso em Foco: a Câmara dos Depu-tados vai ter apenas quatro dias de votação nos meses de agosto e setembro. Apesar do ritmo reduzido, os deputados vão continuar recebendo salário de R$ 26,7 mi e a cota para atividade parlamentar. É que eles vão se dedicar a campanha pelo Brasil afora.


Bate boca
Trabalhadores em educação do município de Paulo Jacinto decidiram decretar greve geral a partir da terça-feira, 8. Nada demais se a discurssão não tivesse tomado outro rumo nas redes sociais e a reivindicação não fosse levada para segundo plano dando lugar a bate boca. 


Lembrar é preciso...
Termina amanhã, 5 de julho, o prazo para que o Tribunal de Contas de Alagoas entregue à Justiça Eleitoral a lista de condenados pela Corte. São os fichas-sujas, inelegíveis ao pleito de outubro.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia