Acompanhe nas redes sociais:

20 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 776 / 2014

25/06/2014 - 10:48:00

Oposição oficializa Renan Filho, Collor e candidatos a deputado

Coordernada pelo ex-governador Ronaldo Lessa, a Frente de Oposição é a que reúne o maior número de partidos políticos para as eleições de outubro próximo em Alagoas

DA REDAÇÃO

Fortalecidos pela unidade com que definiram as candidaturas majoritárias e pela posição de liderança nas últimas pesquisas de intenção de voto, os partidos que integram a Frente de Oposição, realizam convenção nesta quinta-feira, dia 19, para homologar suas candidaturas majoritárias e proporcionais.

Para o governo do Estado já estão definidos os nomes de Renan Filho (para governador) e Luciano Barbosa (vice-governador), ambos do PMDB. Para o Senado, a chapa fechou com a pré-candidatura do senador Fernando Collor (PTB). A última pesquisa do Ibobe, realizada no final de maio, confirmou a liderança de Renan Filho e Collor nas intenções de votos da capital e do interior, como já vinha sendo apontado em outras pesquisas.

Na convenção desta quinta-feira, além da homologação dos candidatos majoritários, serão apresentados e oficializados, também, os nomes dos candidatos a deputado federal e estadual.A Frente, coordenada pelo ex-governador Ronaldo Lessa (PDT), é a que reúne o maior número de partidos. A perspectiva é de que a coligação agregue entre 12 e 15 siglas partidárias entre elas o PT, da presidenta Dilma Rousseff.  

Segundo Lessa, devido ao clima de Copa do Mundo, a convenção do próximo dia 19 será apenas cartorial, devendo acontecer, em data a ser definida, o lançamento festivo das candidaturas.Bastante elogiado em todos os eventos da Frente, pela maneira equilibrada com que conduziu o processo de definições políticas, Ronaldo Lessa diz que, na verdade, todos pensaram na construção do consenso.

“Estamos trabalhando nisso desde o início, com a integração de todos os partidos, e tudo indica que chegaremos inteiros, na convenção. Com essa unidade, foi possível definir, com antecedência e sem traumas, as pré-candidaturas majoritárias, antes mesmo da convenção”, disse ele.“Todas as nossas decisões têm sido tomadas por consenso, respeitando todas as agremiações.

E isso se deu, graças à condução equilibrada do ex-governador Ronaldo Lessa”, disse o senador Fernando Collor, lembrando que, além disso, a Frente conseguiu agregar todos partidos que fazem oposição ao governo de Alagoas e que atuam na base de sustentação do governo federal e que estarão unidos em torno da reeleição da presidente Dilma Rousseff.

“É muito importante esse alinhamento com o governo federal, porque é por esse caminho que passam as soluções para os problemas que afligem o nosso povo. É preciso continuar trazendo recursos e garantindo novos projetos para avançar mais na construção do desenvolvimento.

E é fundamental, também promover a mudança na gestão estadual, elegendo um governador que também tenha afinidade com o governo federal. Alagoas é um Estado carente e não pode se isolar de Brasília. Senão, como garantir serviços decentes de saúde e educação de qualidade, sem o apoio do governo federal?”, concluiu Fernando Collor.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia