Acompanhe nas redes sociais:

26 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 775 / 2014

17/06/2014 - 08:46:00

Padrão FIFA

JORGE MORAIS Jornalista

No artigo da semana passada, destacamos parte da matéria publicada na revista FRANCE FOOTBALL sobre a Copa do Mundo, no Brasil. Para a revista nada presta por aqui. Não acho que eles estejam totalmente errados e o momento não ajuda para um pensamento diferente do que a revista publicou.

Prometi que, esta semana, traria o restante do texto da matéria publicada na última edição.Eles fazem criticas a Pelé, que pediu aos brasileiros para esquecerem os problemas e curtirem a copa. Criticam a cidade de São Paulo no aspecto do turismo, como a 68 no número das mais visitadas no mundo. Na área de telecomunicações, afirmam que o sinal é péssimo, um dos piores já vistos e com o minuto mais caro em relação às grandes cidades.

Segundo a matéria, no Brasil há mais assassinatos que na Palestina, no Afeganistão, Síria e no Iraque juntos. No Brasil há mais assassinatos que em toda a América do Norte + Europa + Japão + Oceania. Que a guerra do Vietnã matou 50.000 pessoas em 7 anos. No Brasil se mata a mesma quantidade em um ano.

Ano passado, foram 50.177 segundo o governo, e segundo as ONGs superaram 63.000 mortes.Todo brasileiro conhece alguém que foi assassinado. 1% dos casos resulta em prisão. Este 1% não chega a cumprir 1/6 da pena, e é beneficiado por vantagens que se dão aos criminosos. As prisões parecem masmorras e não recuperam. Rebeliões com dezenas de mortos, pessoas decapitadas, esquartejadas são comuns. Recomenda-se levar uma pequena quantidade de dinheiro para caso de assaltos.

É comum assassinarem as pessoas que nada tem para o assalto.Não leve o cartão consigo, você pode ser vítima de uma espécie de sequestro que só tem no Brasil: “sequestro relâmpago”. Não use relógios, máquinas fotográficas, celulares, pulseiras, brincos, colares, anéis, bolsas caras, bonés caros, óculos caros, tênis caros. Ande da forma mais simples possível. Se for assaltado, não reaja. Não ande pelas ruas após as 22h.

Caixas eletrônicos não funcionam após as 22h30, devido aos assaltos.Os políticos, no lugar de aumentar a segurança, tiveram a brilhante idéia de proibir o cidadão de bem de tirar dinheiro do caixa. Só faça câmbio em bancos ou casas autorizadas. Existe uma grande quantidade de moeda falsa. Policiais são monoglotas.

Aprenda frases como: “Eu fui assaltado”; “Preciso de ajuda”, “Estou ferido”, “Sou francês, leve-me ao consulado, por favor” Há falsas blitz para assaltar pessoas.A matéria é concluída afirmando que o que falta no Brasil é educação. Os números são assustadores, mesmo quando comparados com seus vizinhos sul-americanos. O Brasil tem uma porcentagem de universitários menor que o Paraguai. Apenas 3% dos Brasileiros são bilingues.

Que a Argentina tem 5 prêmios Nobel; a Colômbia 3; o Chile 3; a Venezuela 1; e o Brasil, Zero. Destaca que entre as 300 melhores Universidades do mundo, não tem nenhuma Universidade Brasileira. No Brasil há 33.000.000 de analfabetos funcionais, e que só no ano passado surgiram 300.000 novos analfabetos.

No ranking da ONU de 2012 o Brasil, que já estava mal colocado, caiu mais 3 posições, e hoje é o número 88 no mundo. O Brasil fica atrás de Belize, Ilhas Fiji, Tchad, Azerbaijão, Ilhas Maurícios, Uzbequistão, Mongólia, Paraguai, Trinidad e Tobago, Belarus, Tijiquistão, Botswana, São Tomé e Príncipe, Namíbia, Santa Lúcia, Moldavia… Até atrás da Palestina em guerra, o Brasil conseguiu ficar.

A revista francesa FRANCE FOOTBALL afirma que, nos corredores da FIFA, já se admite que foi o maior erro da história da Instituição eleger o Brasil como sede. O que se fala é que os dirigentes deveriam ter ouvido o grande Estadista Francês Charles de Gaulle, quando disse: “O Brasil não é um país sério”. Apesar de tudo isso, o governo brasileiro diz que essa será a Copa das Copas, e que tudo foi feito dentro do “Padrão FIFA”.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia