Acompanhe nas redes sociais:

12 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 775 / 2014

17/06/2014 - 08:40:00

POR DENTRO DO ESPORTE

João de deus [email protected]

Pra frente Brasil

Agora o tempo é de bola rolando pelos gramados Brasil afora. A hora da Copa do Mundo chegou e com ela a torcida pelo hexa da Seleção Brasileira se torna ainda mais instigante para os brasileiros que confiam no título em casa. Pelo calendário os confrontos se estendem até 13 de julho. Na chave do Brasil tem Croácia, México e Camarões. 

Para lembrar

Não que adversários não mereçam respeito, mas é de convir que o Brasil, além de manter posição privilegiada no ranking do futebol mundial, joga em casa, é o atual campeão da Copa das Confederações e se mantém invicto desde que Felipão reassumiu o comando do time.   

Para não esquecer

O brasileiro, anfitrião da Copa, deve mostrar a boa educação do Brasil e ser atencioso com os estrangeiros que estarão no país.  Dentro de campo ou fora dele o respeito e a harmonia devem permanecer para que tenhamos uma festa linda. Temos que ter também o equilíbrio emocional para sermos exemplo para o mundo. Se o hexa tiver que ficar por aqui que seja bem-vindo. Mas é saudável observar que no futebol, comemoração também tem o seu limite. 


Novidades

Um apito criado pelo paraibano  Alcedo de Araújo, batizado “Apito da Copa”  teve destaque editorial da Abril em revista de edição especial recente. Produzido em dois modelos, o mais simples custa em média R$ 15,00 e  o outro, com cordão e caixa de presente,  R$ 24,90.


Da expectativa

A rede hoteleira de Maceió e áreas litorâneas do Estado estão acima da média em relação à procura por hospedagem. Tanto pela época ser temporada de férias como também pela  influência da Copa do Mundo. A cidade é vizinha de Recife (PE) e perto de Salvador (BA), sedes de jogos. 

Do suspense

Dentre as seleções que aportaram regiões do Brasil afora, várias anunciaram desfalques para a primeira rodada de jogos. A Croácia mesmo, primeira a enfrentar o Brasil, anunciou Strinic, Ivo Ilicevic e Niko Kranjcar como sem condições de estarem no jogo. Já Scolari não teve problemas e escalou o time  titular.  


Para agendar 

A Copa do Mundo será até 13 de julho, data da decisão do título. A segunda fase terá uma emoção diferenciada da primeira, pois serão partidas no estilo mata-mata. Jogos iniciais vão ocupar 12 cidades-sedes com 32 países participando. É o maior evento de futebol do planeta. No Brasil a última Copa foi há 64 anos (1950). 

Bicorada eficiente

O CRB, com o treinador Ademir Fonseca, se acertou em campo, a ponto de haver alcançado o G-4 da Série C. Contra o ASA,  jogo antes da parada da Copa,  o placar foi positivo, com vitória de 1 a 0.  O Clube de Regatas agora com 8 pontos, um acima do time arapiraquense, que tem sete, joga a segunda fase mais tranquilo e confiante.

 
Parada obrigatória

ASA e CRB, com a suspensão de jogos da Série C por praticamente 30 dias, só voltam a jogar na segunda quinzena de julho, provavelmente no dia 20.  O Galo pega o Águia de Marabá fora de Alagoas. Já em Arapiraca terá ASA x Botafogo-PB. As partidas devem começar às 16 horas.


Futebol europeu

No futebol, somar ponto exige uma mescla de paciência e qualidade técnica do plantel. Dicas são de ex-jogadores para que os clubes brasileiros cumpram a jornada nacional da temporada fazendo o dever de casa. Como dica para aprendizado em organização citam o futebol europeu.


Diferenciar

Pelo momento de Copa do Mundo e o Brasil como sede, torcedores falam que para ser profissional no futebol vontade não basta. A base, segundo eles, passa pelo aprendizado e o entender de um jogo como espetáculo para o público. Observação tem a ver com o momento do Brasil no ranking da FIFA.

ASA se mexe

O alvinegro de Arapiraca, com jogo pela Série C agendado para a segunda quinzena de julho, provavelmente dia 20, deve suspender descanso e retornar aos treinos dia 24 próximo. Com 7 pontos  e a um degrau abaixo do G-4 terá como adversário o Botafogo-PB, outro vizinho dos que lideram  a Série A. 


Entra e sai

O CRB  abriu tempo para descanso e  reformular o plantel. Do projeto, independente da fase de recuperação apresentada nos jogos mais recentes, fortalece também o objetivo das mudanças que é o retorno para a Série B em 2015. A torcida, confiante nesta volta por cima, apoia a diretoria. 


Bola pra frente

Bem, o que devia ter sido feito está pronto. Tempo agora é de bola rolando e nos jogos que “vençam os melhores”. Lembrando mais: futebol no Brasil é “Alegria do Povo” e assim deve ser apresentado aos visitantes no gramado, arquibancada  e nas ruas. É, afinal, País do samba, do carnaval e, óbvio que do futebol também.   

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia