Acompanhe nas redes sociais:

19 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 771 / 2014

21/05/2014 - 21:51:00

POR DENTRO DO ESPORTE

joão de deus [email protected]

Bem vindos à Copa

O mundial de futebol está na expectativa da chegada das 32 seleções ao  Brasil. A antecipação dos desembarques é motivado pela necessidade de adaptação ao clima do país. Várias chegam com amistosos agendados. Dos brasileiros, as boas-vindas.

Mais preocupante

Chegadas as delegações, caberá aos moradores das cidades receberem bem os visitantes. É trabalho de relações públicas importante para a melhoria da imagem do País lá fora. E não esquecer: Maceió vai hospedar seleção.


Ponto de vista

De Pelé: “Neymar cresceu nesse primeiro ano e oito meses de Europa. Ele  poderá ser um dos grandes jogadores do mundial. Cristiano Ronal-do e Messi estão bem, mas Messi já mostrou que não é o mesmo do Barcelona jogando pela Argentina”.


Titular certo

Júlio César, goleiro do Brasil, é titular desde que Felipe Scolari é o técnico nesta temporada de Copa do Mundo. Tem 34 anos e foi titular dos 78 jogos para os quais foi convocado, 90% na era Felipão. O nome dele saiu no grupo seleto, com convocação divulgada antecipadamente.


Volta por cima

Paulinho começa a ter o que contar no futebol. Profissionalizado no Audax SP, teve uma bela passagem pelo Corinthians, onde chamou a atenção dos ingleses  do Tottenham. Diz ele que  “o futebol é bom por isso, as coisas podem mudar rapidamente e a qualquer momento”.

Palpite para a final

Daniel Alves comentou um Brasil X Argentina como final interessante nesta  Copa do Mundo. Lateral direito do Barcelona, ele é um nome habitual na lista de Felipão e vaga de titular no jogo da estreia contra a Croácia, dia 12 de junho. 


Acertos e erros

O ASA começou a Série C empatando com o Treze. O técnico Beto Almeida elogiou o time pelos acertos, mas na análise do jogo não poupou críticas para as falhas cometidas. Já os torcedores, confiantes, apostam no bom momento de Didira.


Fala o técnico

De Beto Almeida, técnico do ASA: “As equipes tiveram postura de quem queria ganhar. O ASA, contudo, esteve melhor, com mais domínio de bola e chances de gol. Só acho que a ansiedade ajudou o Treze no placar. Mas no todo foi um bom resultado”.


Desabafo

No CRB o que irrita torcedor é a tensão dos jogadores motivando passes errados, correria desnecessária e chute a gol de qualquer jeito. De Otávio Lins: “São falhas repetitivas e nós não engolimos ainda a perda do tri-alagoano”. 

Não foi diferente

Valdívia, depois da vitória do Palmeiras no sábado (10): “Foi a necessidade de ganhar. Precisávamos desta vitória em casa”. Achou que o placar não teve nada a ver com  a demissão do Gilson Kleina. “No plantel ninguém  viu motivo para a saída dele”

Automobilismo

A ausência de brasileiro no pódio da Fórmula-1 deixou de motivar a paixão verde-amarela pelo automobilismo, a exemplo dos tempos de Airton Sena e Nelson Piquet. A fera é Lewis Hamilton, vencedor da prova do domingo (4) e Felipe Massa foi 13º.


Lembrança

No Grêmio, dói na torcida assistir Dida, ex-goleiro do time, jogando pelo  Internacional. Mas vale relembrar: ele iniciou a carreira no ASA. A torcida lembra os bons tempos dele no alvinegro, no Grêmio, na seleção brasileira e jogando na Europa.  

Novos tempos?

A diretoria do CRB liberou sete jogadores, alguns titulares. Mas em paralelo já fecha com reforços. Magrão, atacante, está acertado. O Galo neste fim de semana enfrenta o Botafogo na Paraíba. Já o ASA pega, neste domingo, às 19 horas, o Cuiabá  no Estádio Municipal em Arapiraca.  


Libertadores

A noite não era realmente do Cruzeiro na última quarta-feira. Eliminado nas quartas de final da Libertadores para o San Lorenzo com o empate em 1 a 1, o time teve um momento raro de azar. No último lance do primeiro tempo, quando perdia por 1 a 0, Marcelo Moreno teve a chance de empatar a partida e viu sua finalização bater nas duas traves e não entrar no gol do Mineirão.

O comentarista do Spor

TV Maurício Noriega brincou e lembrou do Papa Francisco, o mais ilustre torcedor da equipe argentina. - Essa quem tirou foi o Papa, torcedor do San Lorenzo, lá do Vaticano, invocando os santos e tudo mais .  

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia