Acompanhe nas redes sociais:

20 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 768 / 2014

29/04/2014 - 10:34:00

Aplicativo para chamar táxi ganha a adesão de clientes em Maceió

Táxi solicitado pode chegar em até 5 minutos e estar a menos de 500 metros de distância do cliente

Maria Salésia [email protected]

Pegar um táxi em qualquer grande centro muitas vezes pode ser um calvário, que começa pela dificuldade de encontrar um veículo disponível. Em Maceió não é diferente.

Mas, já se foi o tempo em que para garantir uma corrida o cidadão teria que ir à rua, esticar o braço em direção ao asfalto e torcer para que algum parasse e ainda teria que contar com a sorte de que o condutor seria um profissional correto.

Outra opção era pegar um telefone e recorrer a uma cooperativa que levava horas a atender ou até mesmo deixava na mão. Agora, na era dos smartphones, a via-crúcis dos usuários de taxi ficou para trás. A freguesia migrou para aplicativos para chamar táxi, que atraem passageiros em busca de um serviço seguro e eficiente e motoristas que buscam clientela e agilidade.

Esse tipo de dispositivo tem se espalhado em diversas metrópoles mundiais. A novidade ganhou força em Maceió, e vem se difundindo rapidamente, com modelos em operação que já reúnem um cadastro de vários motoristas. Para usá-los, basta ter um smartphone com acesso à internet e o sistema operacional Android ou iOS.

Após cadastro do usuário, o aplicativo é capaz de localizar, via GPS, o carro mais próximo. Em seguida, o cliente recebe informações como o nome, a foto e o telefone do condutor, além das características do veículo. Em seguida, ele pode acompanhar em um mapa o deslocamento em tempo real, com uma previsão de chegada.

Entre outras facilidades, é possível selecionar um carro adaptado para transportar deficientes físicos ou equipado com bagageiro.Vale ressaltar que o aplicativo Easy Taxi chegou a Maceió no ano passado e abalou o mercado das empresas e cooperativas de rádiotáxi no Estado.

Mesmo de forma tímida, o Easy Taxi já é usado por 25% da frota de taxistas da capital alagoana um total de cerca de três mil profissionais que atuam na capital, segundo o Sindicato dos Taxistas (Sintaxi). Em outras capitais do Nordeste, como Fortaleza, o aplicativo é usado por 50% da frota.Outro aplicativo que vem crescendo na cidade é o 99Taxis, app para taxis, que está investindo no atendimento da população.

A expectativa da 99taxis é alcançar 75% da frota nacional. “O grande diferencial do 99taxis é que o cadastro é gratuito tanto para taxistas como para passageiro”, diz Adilson Alves, da 99taxis.

Para os taxistas, a ferramenta tem a vantagem de colocar o motorista em contato direto com o cliente. É o caso de Roberto Alves que comemora o aumento de trabalho. “Usar o aplicativo é bem melhor. A gente trata diretamente com o cliente, sem atravessador. Ele localiza o carro que está mais próximo e entra em contato.

Não precisa mais se arriscar esperando por um taxi  e nem precisa negociar com uma central”, comparou o profissional ao acrescentar que o atendimento fica mais ágil e prático.

Quem é adepta do aplicativo é a empresária Jackeline Freitas que utiliza taxi quase que diariamente. Para ela, ficou mais fácil e cômodo conseguir um taxi depois dessa ferramenta. “Antes me estressava bastante com a espera de um taxista.

Às vezes, até desistia do compromisso devido à demora. Agora, posso monitorar quem está mais próximo ao local em que me encontro e em poucos minutos tenho o serviço disponível”, comemorou Jackeline.


OPERADORAS

A reportagem do jornal Extra manteve contato com algumas operadoras de Maceió, mas nenhuma das procuradas opera com o aplicativo. A Unitaxi e a Teletaxi operam apenas no sistema tradicional e não tem previsão de aderir ao aplicativo. Já a Pontual Taxi afirma que pretende começar a utilizar em breve o app, mas ficou de repassar detalhes e até o fechamento das edição não houve retorno.

Passo a passo para usar os aplicativos

Quais os principais aplicativos gratuitos existentes no mercado?São eles: Easy Táxi, 99 Táxi, Táxi Já e Autocab. Os serviços são gratuitos.

Qual o primeiro passo para começar a usar?

Antes de tudo, você precisa ter um smartphone. Se usar o Android, procure os aplicativos para baixar na Google Play. Se tiver um iPhone, deverá fazer o download na AppStore.

E depois? Qual o próximo passo?

Em seguida, basta clicar em ‘Instalar’ na loja virtual escolhida para instalar os aplicativos no seu celular.

Como funcionam?

É simples. Você precisa fazer um rápido cadastro, informando seus dados pessoais e e-mail. Depois disso, se você for passageiro, basta digitar o endereço e clicar em Pedir Táxi. Se for taxista, basta conectar pelo aplicativo e habilitar seu GPS.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia