Acompanhe nas redes sociais:

26 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 767 / 2014

23/04/2014 - 08:23:00

S.O.S Alagoas

Cunha Pinto

Fora de controle 

Não é observado motivo para desprezar dados de pesquisa recente feita por uma instituição interna-cional, situando Maceió como quinta cidade mais violenta do mundo. Trabalho foi feito com base no número de habitantes das cidades citadas, extraídos de registros oficiais

Do tempo

São Paulo sente na pele o drama da estiagem que habitualmente castiga o Nordeste. Adutora da Cantareira, principal fornecedora de água para os paulistas, tem só 12,2% da capacidade no   começo da semana e insistente tempo quente sem  nuvens no céu que prenunciassem chuvas.  

 
Insistência

Motorista dirige nas ruas de Maceió insistindo em estar fora da lei. Infração mais comum é ignorar placas e estacionar onde não deve, inclusive espremendo áreas de tráfego em ruas de mão dupla e vista grossa para faixa de travessia do pedestre que, diga-se,  a maioria de manutenção ignorada pela Prefeiitura.


Contestação

Claudio Jorge incluído na lista dos 413 servidores afastados de suas funções no Estado pelo governador Teotonio Vilela (PSDB) definiu o ato como “estranho” e recorreu à Justiça para retornar. Argumenta que tem escolaridade de nível superior e imunidade Sindical.  

 
Progresso 

1 - Arapiraca registra índices excelentes de crescimento sócio-econômico no Nordeste. O setor imobi-liário é um dos que reforçam o otimismo do arapiraquense e atrai empresários de outros Estados interessados também em investir no mercado que se expande pelo Agreste afora.   

2 – Outro rush de desenvolvimento, mas que começa a dar problemas é no trânsito devido o excesso de veículos, com índices de óbitos altos.  Falam  que a população da cidade cresceu bastante nos últimos anos e defendem, inclusive,  a importância de ser  feito um novo censo.

Ponto de vista 

Do deputado Inácio Loiola (foto), da bancada do Sertão e do Agreste na Assembleia Legislativa: “O governador Teotonio Vilela elege o sucessor. Ele, nas últimas décadas, foi decisivo no apoio ao agricultor priorizando, principalmente, as obras do Canal do Sertão.” 


No silêncio

Em Alagoas não prospera conversa sobre noticiário recente dando conta de uma decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que tira do Ministério Público poder para investigar crimes eleitorais. De conformidade com a decisão, iniciativa nesse sentido agora só depois de passar pelo crivo do Judiciário.


Desemprego

O Nordeste é a região do Brasil que hoje acumula as maiores taxas de desemprego, com média em torno dos 10%. Nas demais os percentuais foram: Norte 8%; Centro Oeste 6%;  Sudeste 7,2%  e o Sul 4,3%. Informações são relativas a 2013 e teve divulgação pelo IBGE.


Expectativa

“Eduardo Tavares, conforme quer o povo, é sangue novo na política”.  Comentário de Teotonio Vilela ao oficializar a candidatura dele ao Governo de Alagoas pelo partido tucano. Fala soltou eco positivo entre aliados e em setores da sociedade. A expectativa agora é saber quem será o vice da chapa.    

Mês de vendas

Lojistas começam arrumar vitrines e a reforçarem estoques de mercadorias confiantes no movimento de vendas do mês de maio. É  expectativa otimista, motivada na tradição do mês das noivas e lançamentos de novos produtos no mercado.  Em especial  eletroeletrônicos e móveis. 

Segundo capitulo

Habituais freqüentadores do Palácio dos Martírios puxam no suspense a definição do nome para o Senado. Entre quem tem por hábito arriscar palpite opinião e que não surpreenderá uma polarização entre Fernando Collor e Heloísa Helena. Mas acrescentam: não será surpresa também se o escolhido vir de Arapiraca.

 
E para entender

Eduardo Tavares foi confirmação dos tucanos de que não vai dividir palanque com partidos que não estejam engajados na campanha do mineiro Aécio Neves para presidente do Brasil. E não tem quem não desconfie ter sido esse o obstáculo que fechou às portas dos Martírios para Benedito de Lira (PP)


Educação

Consta das previsões para este ano que mais de 200 mil brasileiros devem estudar no exterior. O argumento é  que além da melhor qualidade do aprendizado, os custos lá foram estão em torno de 15% mais barato que do ano passado e a qualidade do aprendizado também soma favorável.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia