Acompanhe nas redes sociais:

14 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 767 / 2014

23/04/2014 - 07:44:00

Sururu

DA Redação

A Lista de Schindler

Frustrou-se quem esperava ver o nome da socialite Perla Gomes (foto) na lista dos 300 servidores do Poder Legislativo que serão cedidos ao Poder Executivo. Francisca Perla Gomes Silva – nome completo da madame - permanece na  Assembleia Legislativa faturando 6 R$ mil por mês, sem precisar bater ponto nem comparecer ao local de trabalho. 


Ponte aérea

Figurinha carimbada das colunas sociais, dona Perla Gomes é empresária da moda  feminina e assídua passageira da ponte aérea Rio-Paris, sem tempo para a enfadonha burocracia do serviço público.  Madame Silva – como se sabe – é esposa do ex-supersecretário tucano Luiz Otávio Gomes Silva, o poderoso LOG e, portanto, não vai perder seu precioso tempo com um empreguinho qualquer. 


Rei do gado 

Justiça seja feita; não é só dona Perla Gomes quem goza de privilégios na Assembleia Legislativa de Alagoas.  A servidora Margarete Gomes Barros também escapou da lista dos 300 servidores do Legislativo que vão dar duro na Secretaria de Ação Social. A madame é esposa do deputado Gilvan Barros -  o rei do gado -  e ganha  salário de quase R$ 10 mil por mês, sem trabalhar. 


O holocausto é aqui 

Diferente da lista de Oskar Schindler - empresário alemão que salvou do Holocausto mais de mil judeus ao empregá-los em sua fábrica - no caso da Assembleia Legislativa de Alagoas o “holocausto” é ter que trabalhar. Posto dessa maneira, escapar da lista dos deputados é privilégio de madames famosas e demais favorecidos. 

Indigestão no MP

Os membros do Ministério Público Estadual ainda não entenderam a indife-rença revelada pelo colega Eduardo Tavares na queda de braço entre o MP e os deputados estaduais. Tavares – dizem eles - não moveu uma palha em favor da instituição que outrora dirigiu por quatro anos, com trânsito livre no Poder Legislativo. Com tanto acesso aos deputados, Tavares – à época - aprovou todos os pleitos do Ministério Público. Por isso, ninguém aposta que ele esteja pavimentando o caminho da volta. 


Disputa interna

Pelo trabalho sério que realiza à frente do MP, tem-se como certa a reeleição do procurador-geral de Justiça, Sérgio Jucá, no pleito de 30 de novembro próximo. Nos bastidores, no entanto, é notória a mobilização dos ex-procuradores-gerais Dilmar Camerino e Lean Araújo visando retomar o comando do MP. A dupla hoje comanda a maioria dos sete integrantes do Conselho Superior do Ministério Público, que tem influência perante a classe.  

Na ‘jaula’

O ministro Joaquim Barbosa, em visita surpresa a Alagoas, se mostrou impressionado com a situação em que vivem os adolescentes detidos em unidades de internação em Maceió. Segundo Barbosa, eles vivem “em jaulas”, sem nenhuma condição de salubridade, o que em nada ajuda na ressocialização. 


Em campo 

O pré- candidato ao Governo do Estado pelo PSDB, Eduardo Tavares, já está em campo. Informações de alunos da Faculdade de Alagoas dão conta de que o ex-procurador- geral da Justiça esteve na instituição na semana passada falando de sua vida política e tentando angariar eleitores. 


Sem água 

Os moradores da cidade de Anadia, localizada na Zona da Mata de Alagoas, estão revoltados com o abastecimento da Casal no município. Em contato com o Jornal Extra, algumas pessoas relataram que ficaram mais de três semanas sem água. E pelo visto a Casal nada fez para melhorar o atendimento que esta semana continuava deficitário.


Esperto

 Em Boca da Mata, o prefeito do município, Gustavo Feijó, está deixando seus eleitores revoltados. Isso porque o ex-presidente da FAF estaria empregando aliados de seus adversários políticos, com total interesse de conseguir uma boa votação para seus deputados na eleição que se aproxima. 


Coincidências?

O concurso para titularidade de 199 cartórios em Alagoas foi confirmado pelo Pleno do Tribunal de Justiça de Alagoas em sessão extraordinária realizada na sexta-feira da semana passada, um dia após o presidente do Supremo Tribunal Federal  (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ),  Joaquim Barbosa, definir sua vinda ao estado. Na segunda, 14, Barbosa aterrisou em solo alagoano e na terça, 15, o edital foi divulgado. Meras coincidências?

 Rombo em Viçosa

Relatório do Ministério da Previdência sobre auditoria no Instituto de Previdência de Viçosa (IPASMV) mostrou um rombo de quase R$ 7 milhões com ausência do recolhimento do desconto previdenciário dos servidores municipais. Conforme o levantamento, a prefeitura estava sem fazer repasses desde 2009  até 2013. O valor chega a exatos  R$ 6.748.158,23.  Afinal, quem vai pagar  o rombo milionário?


Curso para prefeito

A Sefaz-AL vai promover cursos para  prefeitos e gestores municipais sobre Finanças Públicas e Educação Fiscal para Prefeituras. A formação acontece nos dias 28, 29 e 30 de abril no Centro de Convenções do Hotel Jatiúca, em Maceió. O ideal seria que a maioria dos atuais e futuros gestores alagoanos marcasse presença no evento.

De que lado?

O deputado federal Givaldo Carimbão anda mais preocupado com a sua reeleição do que com qualquer projeto de mudança para Alagoas. O parlamentar esteve no evento promovido pelo pré-candidato ao governo Bene-dito de Lira e, na última sexta-feira, esteve em Penedo no encontro da Frente de Oposição.  De que lado o federal está?


Errata

O Extra errou, em sua edição de nº 766, na reportagem sobre o Moinho Motrisa, quando falou que cada silo de concreto para armazenamento do trigo teria capacidade para 1.600 quilos. O correto é 1.600 toneladas. Fica aqui o pedido de desculpas da repórter Vera Alves.


Língua frouxa

No encontro de Penedo, o deputado federal Chico Tenório retrucou o também deputado federal Paulão quando este afirmou: “Dessa mesa deve sair o candidato ao governo de Alagoas”. Na mesa, Collor, Ronaldo Lessa, Renan (pai) e Renan (filho). Chico disse em alto e bom som:  “Desses dois deve ser eleito o governador do Estado”, apontando para os Renan (pai e filho). 


Guerra fria 

A Casa Mário Guimarães vive dias de tensão com a possível antecipação da eleição da Mesa Diretora para o biênio 2015/2016. Há quem diga que tem até senador metendo o bedelho nessa peleja.   

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia