Acompanhe nas redes sociais:

21 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 766 / 2014

15/04/2014 - 10:15:00

POR DENTRO DO ESPORTE

João de deus [email protected]

Rodada de emoções

A rodada do futebol alagoano neste fim da semana será sobrecarregada de emoções. É a última do turno para classificar os quatro que decidem o campeonato. Para o torcedor, em análise antecipada, não está fácil arriscar palpite sobre quem dentre os  concorrentes ficará com o título. O que se sabe é que todos os jogos serão verdadeiramente clássicos. 

Para ter ideia

CRB x CSA vai ser um grande clássico – e ninguém duvida - vai dar o que falar. Além da rivalidade é importante observar que pode ser que só um  alcançe a fase final desta etapa do estadual. O Azulão joga pelo título de campeão mais o Galo para tentar o tri-campeonato.

   
Brasil afora

Os campeonatos estaduais devem estar concluídos até o fim deste mês. A partir de maio a bola começa a rolar nos gramados pelo Brasileirão em suas várias séries. É uma temporada longa com intervalo para a Copa do Mundo no período de 12 de junho a 13 de julho. 


Como antigamente?

O Santos se habitua a estar frequentemente nas finais do paulistão. Começa esta temporada com um plantel bastante renovado, mas mantendo a qualidade técnica de épocas anteriores. Segredo da receita para se fortalecer: valorizar a garotada da base.

SOS reforços?

Clubes alagoanos devem manter caça a reforços se quiserem estar bem nas séries do brasileiro que vão disputar. Opinião é de torcedores que não escondem preocupação pelo rendimento  com altos e baixos de CSA e CRB no estadual. Já o ASA dá sinais de tomar fôlego na tabela e melhora o  nível técnico.  


Apoio oficial

ASA e CRB vão ser Alagoas na Série C do Brasileiro , por isso terão apoio financeiro do governo do Estado de R$ 310 mil. Anúncio foi divulgado na semana passada e completando a informação constou a inclusão de mais  R$ 170 mil para os represen-tantes  na Série D.


Classificação

1 - Classificação dos clubes alagoanos até a nona rodada: Grupo A -  CRB 18 pontos; ASA 16; CSE 15; Santa Rita 11; Comercial 7; Grupo B -  Coruripe 17, CSA 12; Murici 11; Penedense 9; e CEO 6.

2 - Os jogos desta, rodada que decidem os quatro finalistas da fase são : CRB x CSA; ASA x Coruripe; Santa Rita x Murici;  CSE x  Penedense; e Comercial x CEO.

Aposentadoria

Jogador de futebol entende quando é chegada a hora de parar.  A questão tem comentário diante do anúncio oficial de Rogério Ceni, de se aposentar no fim do ano, quando chegará aos   41 anos de idade. Relembrando, pois vale a pena, Juninho Pernambucano ao parar de jogar: “eu não iria ser um jogador competitivo como antes.”


Mais Juninho

Foi tímida, mas agradável  a presença de Juninho Pernambucano como contratado da Globo para comentar futebol. Fez estreia no primeiro clássico da decisão do campeonato carioca entre Flamengo x Vasco. Fez poucas intervenções, mas em todas esteve bem. Foi sempre preciso no seu ponto de vista. 


Mais decisões 

Das finais de campeonatos Brasil afora – e são várias – os de maior motivação para as torcidas em Alagoas, são o carioca e o paulista cujos clássicos vão ser domingo e decidem títulos no Rio e em São Paulo. No carioca o Flamengo joga com o Vasco pelo empate e em São Paulo a vantagem fica com o Ituano que venceu o Santos no primeiro jogo por 1 a 0.

Prestigio em alta

Francisco Carlos Nascimento, árbitro  alagoano, foi excelente domingo passado no comando do clássico Cruzeiro x Atlético, primeiro jogo da decisão do campeonato estadual de Minas Gerais. Nascimento, que integra os quadros da FIFA, foi “muito bem” na análise da imprensa mineira 

Como anda?

“Em Alagoas como anda o esporte amador?” Pergunta foi de desportistas da velha guarda e tem a ver com o saudosismo da época em que se dedicaram aos esportes. Um tempo em que competições arrastavam público para os ginásios, a maioria hoje se não fechou  é usado em outras atividades.


Só coincidência?

Setores da imprensa brasileira, que responde  pela cobertura do esporte, área internacional, falam de um pressentimento que Neymar é incômodo para Messi no Barcelona. Da observação no estilo análise feita por um dos canais da ESPN ficava a entender que o argentino dificilmente dá um passe de bola para o brasileiro. Em especial em lances para finalização a gol.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia