Acompanhe nas redes sociais:

25 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 766 / 2014

15/04/2014 - 09:59:00

Renovado, Línea quer apenas marcar presença

Autoinformes.com.br

A Fiat não tem muita pretensão com o seu sedã médio. Lançado em 2008, o Línea vendeu cerca de 60 mil unidades até hoje, ocupando um modesto sétimo lugar no ranking do segmento, com 3,1% de participação. Números desprezíveis se comparados aos seus campões de vendas, como a Strada e o Palio, que em março destronaram o Gol e garantiram o primeiro e o segundo lugar no ranking para a marca italiana.

Para completar, o Uno ficou em quinto lugar, garantindo para a Fiat três entre as cinco melhores posições na lista dos carros mais vendidos no País.O Línea 2015, lançado nesta quinta-feira em São Paulo, no entanto, passa a oferecer maior atrativo ao consumidor e com isso a empresa espera aumentar as vendas em duas mil unidades por ano, chegando a oito mil.

Para isso, a Fiat equipou melhor as duas versões do carro e o posicionou num patamar de preço que considera “muito competitivo’, a ponto de disputar o mercado também de sedãs pequenos, com o Pólo, o Fiesta, o Sonic e o City, uma vez que os preços desses carros são parecidos.

O LíneaEssence custa R$ 55.850,00, tem motor 1.8 de 16 válvulas e vem com volante de couro, sinalizador de frenagem de emergência, entre outros ítens.O Absolut, também com motor 1.8 de 16 válvulas, tem volante de couro, bancos com aplicações de couro, rodas aro 17, ar-condicionado digital e câmbio dualogic. Custa 66.450,00.

O Línea tem opção de até seis air bags.O visual também mudou, o carro tem novas grades frontais e nova tampa do porta-malas, novas rodas (aros 16 e 17 polegadas) e para-choques redesenhados.]O painel tem três opções de acabamento.

A versão Essence traz painel e acabamento das portas na cor preta e aplique nas portas e maçanetas internas na cor prata.A Absolut tem painel frontal e portas na cor bege, aplique na cor cobre e maçanetas na cor preta.

O motor tem 130 cv de potência com gasolina e 132 cv com álcool, com torque máximo de 18,4 kgfm (gasolina) e 18,9 kgfm (álcool).Destaques:Acionamento intermitente das luzes indicadoras de direção ao frear bruscamente.Regulagem elétrica dos farois.

Sensor de estacionamento com visualizador gráfico.Auxílio de visualização do veículo na troca de faixa.Travamento centralizado das portas.O Línea é feito em Betim. A fábrica está sendo ampliada para atingir uma capacidade de produção de 950 mil veículos por ano.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia