Acompanhe nas redes sociais:

15 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 765 / 2014

09/04/2014 - 09:51:00

Meio Ambiente

Capacitação em Teotônio Vilela

A segunda capacitação do Sistema do Cadastro Ambiental Rural (CAR) aconteceu na última sexta-feira (28), na cidade de Teotônio Vilela. Representantes de nove prefeituras da região sul do estado de Alagoas estiveram presentes no evento. Eles puderam conhecer melhor o portal por onde será realizado o cadastro, bem como esclarecer dúvidas sobre as informações que devem ser fornecidas.O CAR será obrigatório e deve ser realizado por todas as pessoas que tenham alguma propriedade rural. É um programa de registro eletrônico criado pelo governo federal para cadastrar imóveis rurais e georreferenciar as Áreas de Preservação Permanente (APP), Reserva Legal, florestas e remanescentes de vegetação nativa, Áreas de Uso Restrito e áreas consolidadas das propriedades e posses rurais do país.

Mudanças climáticas

Cientistas do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas, IPCC na sigla em inglês, divulgaram na noite do domingo (30) o segundo capítulo de um relatório sobre o clima e concluíram que são “altamente confiáveis” as previsões de que danos residuais ligados a eventos naturais extremos ocorram em diferentes partes do planeta na segunda metade deste século. E isso deve acontecer mesmo se houver corte substancial de emissões de gases de efeito estufa nos próximos anos.


Aquecimento global

Alimento mais consumido pelo brasileiro, à frente do arroz e do feijão, o popular cafézinho pode perder o lugar cativo nas mesas de todo o país devido às mudanças climáticas.Dados da segunda parte do quinto relatório do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas da ONU (IPCC, na sigla em inglês), divulgada no domingo (30), revelam que o aumento da temperatura média global pode reduzir as áreas destinadas ao cultivo do grão, especialmente o da variação arábica, que responde por 70% da demanda global.

Caça das baleias

O Japão deve interromper a caça das baleias no Oceano Antártico, ordenou na segunda-feira (31) a Corte Internacional de Justiça (CIJ), ao considerar que Tóquio realiza uma atividade comercial sob a fachada de uma ação científica.


Antártica e a Amazônia

É difícil imaginar que a Antártica, a maior massa de gelo do planeta, possa interferir no clima de um país tropical como o Brasil, mas a verdade é que o continente gelado influencia e é influenciado especialmente pelo que acontece na América do Sul, inclusive na Amazônia, causando secas na região e recebendo a poluição gerada ali. Pesquisadores trabalham na estação Comandante Ferraz. Aumento dos ventos no centro da Antártica afetaria clima na floresta.

Crença de ‘curar’ 

Uma exposição no Museu Nacional Marítimo da Austrália ilustra uma curiosa crença do final do século 19: de que entrar na carcaça em decomposição de uma baleia trazia alívio para aqueles que sofriam de reumatismo. Segundo reportagem do diário “Sydney Morning Herald”, acreditava-se que ficar dentro de uma baleia por cerca de 30 horas aliviava dores e sofrimentos por até 12 meses. Acredita-se que a prática nasceu na cidade de Eden, no sul da Austrália.


Água brasileira 

O Brasil detém pouco mais de um décimo das reservas de água potável do mundo, no entanto, o país já registra um conflito por água a cada quatro dias, segundo o mais recente relatório da Comissão Pastoral da Terra, órgão ligado à Igreja Católica, obtido com exclusividade pela BBC Brasil. Em 2013, foram registradas 93 disputas locais em 19 Estados, 17% a mais do que no ano anterior. Mas esses conflitos não estão se tornando apenas mais frequentes. Também vêm assumindo dimensões inéditas.

Filhotes de urso

A ursa Luna deu à luz três filhotes no Parque Nacional da Floresta da Bavária, em Grafenau, no sul da Alemanha. O sexo dos filhotes ainda não foi descoberto porque a mamãe urso não permite que ninguém chegue perto de sua prole. Grafenau é conhecida como a “terra dos ursos”. Um desenho do animal aparece no escudo símbolo da cidade, que explora o turismo com passeios pelo parque nacional para ver os ursos.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia