Acompanhe nas redes sociais:

15 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 763 / 2014

26/03/2014 - 10:35:00

Dia Mundial da Água sem muito o que comemorar em Alagoas

No Estado, rodízio de água acontece desde 2012

Maria Salésia com assessoria [email protected]

O dia mundial da água é comemorado neste sábado 22, mas em Alagoas não há muito  o que comemorar. Os números não apontam para um colapso, mas é motivo de preocupação.

Pelo menos 37 cidades, do total de 76 atendidas pela Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal), adotaram algum tipo de rodízio no abastecimento de água em virtude da falta de chuvas. Elas recebem água por meio de carros-pipa, principalmente para atender à zona rural.  

No Estado, esse rodízio ocorre desde 2012, já que a seca continua desde aquela época. Em Maceió nenhum bairro enfrenta rodízio de água, mas moradores de algumas localidades da capital reclamam da qualidade da água que sai das torneiras, imprópria para o consumo.

Segundo a assessoria de comunicação da Casal, dia 3 de janeiro deste ano, o governo do Estado publicou no Diário Oficial um decreto que prorroga a situação de emergência nesses municípios.

No entanto, a companhia de água garante apenas o abastecimento de 80 carros-pipa (ela não contrata nem fiscaliza esses veículos, apenas garante água tratada para abastecê-los).

Em Alagoas, 239 carros-pipa são contratados pelo Exército e 225 pelo Estado, por meio da Defesa Civil Estadual. Vale ressaltar que os reservatórios que operavam com mais dificuldade eram os que abasteciam Estrela de Alagoas e Minador do Negrão mas, com as últimas chuvas, a situação melhorou.

Outro fato importante é que, segundo a companhia de abastecimento, ainda “não podemos falar em colapso, tendo em vista que ele ainda não acontece.

” No entanto, “os carros-pipa estão em operação desde 2012, quando mais de 30 municípios do Estado decretaram situação de emergência por conta da seca. Mas esses carros atendem, principalmente, a zona rural – e muitos desses locais na zona rural não dispõem de rede de abastecimento”, esclareceu a Casal, através de sua assessoria. 

Os números apontam que em Alagoas há o que comemorar no Dia Internacional da Àgua.  Apesar de algumas deficiências, diz a assessoria, o Governo do Estado está executando obras que juntas somam R$ 290 milhões para reforçar o abastecimento de água para cerca de 1 milhão de alagoanos .

Por outro lado, há o Canal do Sertão, que já está garantindo água não só para consumo, mas também para produção, em dezenas de municípios e povoados do semiárido. E mais: além de diversas campanhas sobre uso racional da água, a Casal tem investido na ampliação da rede de abastecimento em diversos municípios, do litoral ao sertão. “Uma das maiores obras é a nova adutora do Agreste, realizada por meio de uma PPP.”


 OS NÙMEROS 

No sábado, 22 de março, comemoram-se o Dia Mundial da Água, criado há mais de 20 anos para celebrar e discutir a importância da água na vida do planeta. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 28 mil pessoas morrem por ano no Brasil de doenças provocadas por água contaminada.Segundo o Instituto Trata Brasil, 6 milhões de brasileiros não tem acesso à água tratada e apenas 37,5% de todo o esgoto no País é devidamente tratado.

Além disso, nos mais de dois mil municípios brasileiros com altas taxas de mortalidade infantil, 74% da população vivem sem água encanada e esgoto. Quem mais sofre com a água contaminada no Brasil são as crianças. A diarreia é a segunda causa de morte entre os menores de 5 anos em todo o mundo.

E, segundo o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), apenas 39% das crianças nos países em desenvolvimento recebem tratamento adequado. 10 dicas para reduzir desperdício de água: 

1.      Bebendo águaAo analisar os garrafões de água, o consumo médio por uma família de três pessoas é de, aproximadamente, 3 litros por dia. Em oito meses consome-se 38 galões de 20 Litros de água, o que corresponde a mais de R$ 260, 00 em água neste período, se tivermos como base o preço médio de R$ 7,00 por unidade. Se cada família utilizasse um purificador de água, o custo reduziria a, aproximadamente, R$ 290 ao ano. 

2.      Banho rápidoSe você demora no banho, você gasta de 95 a 180 litros de água limpa. Banhos rápidos (de no máximo 15 minutos) economizam água e energia.  

3.      Escovando os dentesSe a torneira ficar aberta enquanto você escova os dentes, você gasta até 25 litros de água. Então, o melhor é primeiro escovar e depois abrir a torneira.  

4.      Torneira fechadaTorneira aberta é igual a desperdício. Com a torneira aberta, você gasta de 12 a 20 litros de água por minuto. Se deixar pingando, são desperdiçados 46 litros por dia.

 5.      DescargaUma descarga chega a utilizar 20 litros de água em um único aperto. Aperte a descarga apenas o tempo necessário. 

6.      Lavando louçaAo lavar louças, não deixe a torneira aberta o tempo todo. Primeiro passe a esponja e ensaboe e depois enxágüe tudo de uma só vez. 

 7.      Lavando o carroLavar o carro com uma mangueira gasta até 560 litros de água em 30 minutos. Quando precisar lavar o carro, use um balde. 

8.      MangueiraAo lavar a calçada não utilize a mangueira como se fosse vassoura. Utilize uma vassoura de verdade e depois jogue um balde d’água (assim você economiza até 250 litros de água).  

9.      JardimRegando plantas você gasta cerca de 186 litros de água limpa em 30 minutos. Para economizar, guarde a água da chuva e regue sempre de manhã cedo, evitando que a água evapore com o calor do dia. 

10.  – PiscinaTratar a água de piscinas para não precisar trocar com freqüência. Outra dica é cobrir a piscina com lona, enquanto não ocorre o uso, para evitar a evaporação.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia