Acompanhe nas redes sociais:

19 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 763 / 2014

26/03/2014 - 10:01:00

Alguma coisa ruim poderá acontecer

José Arnaldo Lisboa Martins [email protected]

Há alguns anos, todos os jornais, televisões e rádios, fizeram um estardalhaço danado, para anunciar as licitações para todas as linhas urbanas de Maceió. Imediatamente, alguns dos nossos  “sabidões”,  começaram a pensar, como ganhar dinheiro facil, às custas dos Empresários de Ônibus. Encheram as ruas de propagandas, para impressionar os maceioenses, sendo tudo “conversar pra boi dormir”.

Depois, num artigo que eu escrevi, eu disse, que “tivessem muito cuidado com eles....”, me referindo sobre o blefe, mas, ninguém ligou para isso.  Alguns Senhores Juízes, chegaram a dar prazos para que as licitações acontecessem, mas, não sei o que houve que, elas sumiram das páginas dos nossos jornais e “diários oficiais”.

Eu estava sabendo de coisas que não deveriam acontecer ou ser ditas, ao povo. Até um Procurador de Estado, tentou interferir, para que as licitações  acontecessem, mas, ......... um grande “lenga-lenga” estava acontecendo por baixo dos panos e, as tentativas foram de águas à baixo.

Eu  estava tendo informações privilegiadas, sabendo o que estava acontecendo. Foi eleito um novo Prefeito de Maceió que, demonstrou interesse em resolver o problema, porém, eu sabendo que as coisas não andariam, disse num dos meus artigos que, “se as licitações acontecessem antes do mês de outubro passado, eu iria sair de mini-saia, de brincos e de tamanco pelo calçadão do Comércio”. Reeleiam o que eu disse e porque estava dizendo.

Agora, estamos no mês de março de 2014 e quinze meses já se passaram, da administração do Dr. Rui Palmeira. Nesta semana que se passou, o nosso querido “EXTRA” anunciou que a Presidenta Dilma estava deixando, R$ 399.300.000,00, portanto, quase 400 milhões, para que fossem feitas “pesquisas de origem-destino”, sobre as linhas urbanas e semi-urbanas de Maceió, além de outros gastos com os Transportes Urbanos de Maceío.

Quando eu pensei que as tais licitações, agora aconteceriam,  tomei conhecimento, dando conta de que, ainda vão saber o que toda Maceió já sabe. Acharam que estamos precisando, com urgência, de novas linhas, novos Ônibus e de preços justos, para uma população que ganha pouco e que não pode ficar dependendo da Justiça, com sua planilha improvisada.

Ora, com o dinheiro que foi distribuído pela Presidente, sem que tenha havido qualquer orçamento e sem nenhum critério, poderíamos conseguir  2.667 ônibus novos que daria uma fila de 32 quilômetros, ligando a Praça do Centenário à cidade de Messias.

 Eu soube que a pesquisa será feita em 90 dias, mas, não sei porque ainda não fizeram as licitações, pois, nós já sabemos que Maceió precisa, há mais de 20 anos. Precisamos  de mais e melhores  ônibus.

Com tanto dinheiro recebido pelo Prefeito, os Empresários agora poderiam renovar toda a frota de Maceió e adjacências. Eu já disse que alguma coisa está acontecendo que, as licitações ainda não foram feitas. Muito cuidado, pessoal. Cuidado, para que não gastem os 400 milhões em tão pouco tempo, principalmente, em ano de eleições. Cuidado !..... Muito cuidado ! Quatrocentos milhões, é muito dinheiro ! 

Em tempo - O Dr. Cordeiro Lima, é um dos excelentes Advogados de Alagoas que me lêem. Agradeço  a ele e ao amigo Afrânio Marinho de Araujo pelos  incentivos e pelos  aplausos. 

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia