Acompanhe nas redes sociais:

15 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 763 / 2014

26/03/2014 - 09:29:00

Sururu

Da Redação

Campanha eleitoral


Época de proximidade da campanha eleitoral nas ruas coincide com abertura dos comícios e da caça oficial ao voto . É tempo para lavagem de roupa suja com denúncias e provocações direcionadas contra aqueles que, em funções administrativas no setor público, mesmo com vida ilibada fica em risco de virar telhado de vidro. É “espinho do ofício”  que motiva opositores a lembrarem um  dito popular com registro habitual nesta época: “ se o inimigo não tem defeito nós botamos.” E convenhamos é rtempo apropriada para a produção de informações difamatórias e efeito explosivo imediato. É parte do jogo das urnas,  que estimula cabos eleitorais e até candidatos na manipulação do eleitor que vota por obrigação e não de livre e espontanea votade É daí o preço motivado num passado do País com versões diferenciadas da sua história, incluindo a proclamação da Independência às margens do Ypiranga.   

NOTA DE RETRATAÇÃO 

O jornal Extra vem a público pedir desculpas ao publicitário NILSON DE SANTANA RODRIGUES pelas inverdades publicadas nesta coluna por ocasião da  campanha eleitoral de 2008.Aqui foi divulgado que o publicitário, em parceria com a empresa Staff Áudio e Vídeo, participava de ações de espionagem para favorecer a então candidata a prefeita de Maceió, Solange Jurema. As notas aqui publicadas não condizem com a verdade e contrariam a linha editorial deste semanário, que  se retrata publicamente, e espera restabelecer a verdade dos fatos em favor da idoneidade do ofendido. A DIERETORIA 


Sob risco?
“O leite, segundo divulgou a Revista Planeja, edição 491,deste mês,“está sob novo bombardeio crítico.” Acrescentou: “enfrenta interesse do mercado e de consumidores para mostrar que as iguarias lactéas deveriam ser motivo de atenção dos médicos.” 


Novo reduto

O PSB começa a buscar ampliar a pré-campanha de Eduardo Campos à presidência da República para além fronteira de Pernsmbuco, Estado emn que ele é governador e que tem como cpmpanheira de chapa (vice) a anazonense Marina Silva.-  Trabalho tem olhos voltados para São Paulo onde é observada a maior concentração de migrantes nordestinos.


Entendimento

Na Câmara Municipal de Maceió agenda movimenta nesta sexta-feira a expecttiva de um resultado favorável na reunião que representantes do sindicato dos servidores vão ter com a mesa diretora. Pauta, busca de um acerto para o percentual da reposição salarial que entra no segundo ano de defasagem (sem aumento). Os servidores estão em estado de greve., A categoria  reivindica 17% como reposição das perdas, mas os vereadores acenam para só 12%. 

Ponto eletrônico

Sem o advogado Fábio Ferrario na Procuradoria Geral da Assembléia Legislativa, o clima dá sinais adversos de tempestade. Da observação não foge também a expectativa sobre quando vigora o ponto eletrônico. e o horário do expediente.


Pré candidatos

Conversas sobre encaminhamento de candidatos às eleições de outubro não identifica ainda, entre novas lideranças, nomes que atraiam simpatia popular para tentar uma campanha Majoritária no Estado. Entre partidos se observa sinais de mobilização conduzida em “banho Maria.”


Ficha suja

“No eleitor ansiedade neste período  é para identificar nomes com candidaturas pré-lançadas às eleições permitindo confiança.” Observação consta de uma conversa de empresários e direcionamento focando figurões da política domiciliados no interior do Estado.


É candidata?

Roseane ex-primeira dama do Brasil, está mesmo levando a sério a sua candidatura a Câmara Federal? Curiosidade tem a ver com o silêncio e ausência dela na mídia. Na conversa foi puxada como curiosidade saber qual a mensagem que vai transmitir ao eleitor    

Procurados 

Um levantamento da Interpol dá conta de bater em torno de 20% o crescimento ao ano de brasileiros procurados mundo afora. Na divulgação da entidade policial e na lista consta nomes de figurões, vários são identificados personagens com passagem importante na vida pública nacional.  Dentre os  localizados e presos a exemplo de Pizzolato, também de nacionalidade italaiana, a extradição fica mais complicada.

Novo encontro

Na Câmara Municipal de Maceió consta para esta sexta-feira uma reunião da mesa diretora com o sindicato dos servidores. Compõe a pauta definir o percentual da reposição salarial de 2013 e o percentual deste ano. Servidores pedem 17% mas a mesa diretora propõe só 12%, assim mesmo parcelado em duas vezes. 


Quem será?

Palácio Floriano Peixoto tudo bem, pois é nome oficial. Agora cidadãos não entendem a outra denominação: Martírios.  É questão que para a maioria merece um esclarecimento em levando em conta as mordomias desfrustradas por quem está  “inquilino”.


E agora?

A construção do Estaleiro Eisa em área litorânea de Coruripe vai desempenhar que papel na campanha na campanha eleitoral? Outra atenção do eleitor envolve a implantação do VLT no trecho da Fernandes Lima até o Aeroporto Zumbi dos Palmares. 


Atos públicos

No Brasil e Alagoas não foge à regra, está ficando chato o noticiário da mídia focando atos de rua. Esse tipo de protesto já caiu numa rotina que, ao contrário de chamar atenção como ato cívico, começa a ser visto com adversidade pela sociedade. É visto como esquema politiqueiro.  

Militar no Planalto?

Começa na área militar federal uma movimentação pró um ato público cívico nacional no dia 31 deste mês, data de aniversário da revolução de 1964.  Das conversas não foge haver uma proposta defendendo a candidatura de um militar à presidente do Brasil. Nome maisforte é o do general Heleno, hoje na reserva.


Candidatos

Na Câmara Municipal de Maceió consta na expectativa para outubro identificar dentre os 21 vereadores quais devem tentar uma eleição para Assembléia Legislativa. Alguns nomes já foram citados, mas até o momento ainda sem confirmação oficial. Ah!  Exceção é Heloísa Helena, com candidatura decidida para o Senado.


Pega bem

Canetinha, que apresenta o programa TNH1 Notícias,  tpelo canal 26 da Net, de segunda a sexta-feira, horário das 10 às 11;30 da manhã, conquista uma das maiores audências do jornalismo televisivo no Estado.      

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia