Acompanhe nas redes sociais:

19 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 761 / 2014

11/03/2014 - 17:56:00

Adutora vai melhorar qualidade de vida de 400 mil alagoanos

Mais de 80% da obra está concluída; além de Arapiraca, outros nove municípios serão beneficiados com o abastecimento de água

Da Redação

O governador Teotonio Vilela Filho, acompanhado do secretário de Estado da Infraestrutura, Marcos Vital, e do presidente da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal), Álvaro Menezes, visitaram nesta quinta-feira (20) as obras da Estação de Tratamento de Água (ETA) e a Estação de Captação do novo sistema adutor do Agreste. A nova adutora do Agreste já conta com 48,6 quilômetros de tubos implantados, o que equivale a 84% de sua obra.

Somada ao sistema adutor já existente, o sistema coletivo do Agreste proporcionará água em quantidade suficiente para atender à demanda de 10 municípios, beneficiando 400 mil pessoas. O governador Teotonio Vilela falou da importância da adutora para a população do Agreste. “Esse sistema levará água de qualidade para todos esses municípios e água é uma prioridade do nosso Governo, porque além de ser essencial ela possibilita o desenvolvimento econômico e social da região”, disse. 

Já o secretário da Infraestrutura, Marcos Vital, ressaltou a quantidade de pessoas beneficiadas com o novo sistema. “A nova adutora do Agreste levará água para dez municípios, beneficiando cerca de 400 mil pessoas. É um número bastante expressivo e indicativo das melhorias que o novo sistema coletivo de água irá proporcionar” destacou. 

Nova adutora do Agreste 

O novo sistema adutor terá 57 quilômetros de extensão, no trecho que vai da captação no rio São Francisco, no município de Traipu, até Arapiraca. A produção de água do sistema coletivo dobrará, passando dos atuais 1.500m³/h para 3.000m³/h, resolvendo o problema de falta de água na região. Além de Arapiraca, a adutora vai melhorar o abastecimento de água em mais nove municípios integrantes do sistema coletivo do Agreste: Craíbas, Igaci, Girau do Ponciano, Campo Grande, Coité do Nóia, São Brás, Lagoa da Canoa, Olho d’Água Grande e Feira Grande.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia