Acompanhe nas redes sociais:

18 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 761 / 2014

10/03/2014 - 21:24:00

Meio Ambiente

Piscinas naturais da Paripueira
O Instituto do Meio Ambiente (IMA) realizou na segunda-feira, dia 24, o curso Conduta Consciente em Ambientes Recifais com pessoas que utilizam comercialmente as piscinas naturais da Paripueira. A sensibilização foi realizada em três etapas, sendo que a primeira é a teórica com objetivo de incentivar a preservação do ambiente marinho. O curso foi voltado para marinheiros e ajudantes, instrutores de mergulho e pessoas que fotografam em baixo d’água. Entre as temáticas abordadas, estão cuidados como não alimentar os peixes, não retirar conchas e outros organismos marinhos como souvenir e não atracar embarcações sobre os recifes de corais. As duas outras etapas da formação serão práticas e deverão ser definidas pelo grupo, conforme a maré e melhor dia de trabalho.

Áreas de Proteção Ambiental

A Diretoria de Unidades de Conservação (Diruc) do Instituto do Meio Ambiente (IMA) realiza vistorias em duas Áreas de Proteção ambiental (APAs), inseridas na região metropolitana de Maceió. A primeira aconteceu no dia 18 nas proximidades do Riacho Broma, que fica dentro da APA de Santa Rita, na cidade de Marechal Deodoro.  O órgão recebeu denúncias sobre irregularidades em relação à captação de água para posterior distribuição aos moradores de povoados, localizados nos arredores do Riacho Broma. Ao chegar ao local, a equipe se deparou com canos, tubulações e uma caixa de água. O material serviria para transportar e armazenar o líquido oriundo de um reservatório construído para represar a água excedente das piscinas e bicas de um balneário local.

Mortos na Indonésia

Sete elefantes foram encontrados mortos em Sumatra (oeste da Indonésia) e acredita-se que tenham sido envenenados, como ocorreu em casos anteriores, afirmou na segunda-feira (24) uma autoridade local. Dezenas de elefantes morreram depois de serem envenenados nos últimos anos na Ilha de Sumatra, onde os elefantes são ameaçados pela rápida expansão das plantações de óleo de palma, fatais para seu habitat.

Cadastro Ambiental Rural

A equipe do setor de Gestão Florestal do Instituto do Meio Ambiente (IMA) realizou no dia 19, no Centro Cultural Miguel Arcanjo de Medeiros, na cidade de Piranhas, uma capacitação com representantes de seis prefeituras da região do alto sertão. O objetivo do curso é apresentar o portal por onde será realizado o Cadastro Ambiental Rural (CAR). A partir de março serão realizadas formações nas outras seis regiões do estado. Segundo a engenheira florestal do IMA, Luise Andrade Amaral, este momento inicial é fundamental para as prefeituras conhecerem o site. “Nosso objetivo é entrar em contato direto com as secretarias municipais. Nessas oficinas vamos esclarecer possíveis dúvidas a respeito dos dados que deverão ser cadastrados, bem como do funcionamento técnico do portal”, disse a engenheira. 


’Monstro aquático’

Após anunciarem que o axolote (Ambystoma mexicanum), um tipo de salamandra que só vive em lagos do México, podia ter desaparecido da natureza, cientistas anunciaram ter encontrado exemplares desta espécie durante uma segunda varredura realizada este mês.No ano passado, biólogos tentaram capturar axolotes com a ajuda de redes no lago Xochimilco, na Cidade do México, mas não encontraram nenhum espécime – o que aumentou a preocupação sobre o risco de que esses animais só sobreviveriam se fossem criados em cativeiro.

Média da temperatura

A temperatura média da Terra em janeiro foi a quarta maior desde 1880, ano em que as medições começaram a ser feitas. De acordo com o Centro Nacional de Informações Climáticas, da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica dos Estados Unidos (NOAA), o mês registrou uma média de 12,7ºC, temperatura 0,65ºC mais alta do que a média do século 20.

Região de petróleo

A cidade de Comodoro Rivadavia, também conhecida como a capital argentina do petróleo na região da Patagônia, é o cenário de uma série fotográfica desenvolvida pelo argentino Pablo Saborido, em exposição em São Paulo a partir do dia 22 de fevereiro.As imagens da exposição ‘Paisagens próximas do fim do mundo’ foram feitas em 2009, e mostram locais bucólicos que sofreram intervenções de anos da exploração de petróleo.

 
6- Amazônia

Pela primeira vez, em aproximadamente 20 anos, uma aeronave de pesquisa internacional foi autorizada pelo Governo Federal a entrar no espaço aéreo brasileiro. Segundo a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), a aeronave Gulfstream ARM 1 será utilizada para verificar o potencial de crescimento urbano em áreas ambientais, especialmente na Amazônia.De propriedade do Departamento de Energia dos Estados Unidos (DoE/EUA), o equipamento também servirá para analisar a interação da floresta amazônica com a atmosfera.

Região de Fukushima

O Japão vai suspender uma ordem de exclusão em uma região próxima à central nuclear acidentada de Fukushima, o que permitirá a alguns moradores retornar para suas casas.“A suspensão formal da ordem de retirada entrará em vigor em 1º de abril e envolverá 300 pessoas com casas em Tamura, uma cidade 20 km ao oeste da central”, anunciou o gabinete do primeiro-ministro Shinzo Abe.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia