Acompanhe nas redes sociais:

22 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 761 / 2014

10/03/2014 - 20:59:00

Tomara que o governador nos atenda!

José Arnaldo Lisboa Martins [email protected]

Eu era muito amigo do saudoso Ex-Deputado Federal, Albérico Cordeiro. Conhecemos-nos, quando ainda éramos estudantes secundários e quando eu fui um dos membros da Comissão, para selecionar os moradores da Casa do Estudante Secundário de Alagoas, na Rua do Comércio. Daí em diante, nos tornamos bons amigos, ele em Mata Grande e eu em Pilar, depois, ele como Deputado Federal e Prefeito de Palmeira dos Índios e eu como servidor do DER/AL.

 

Ele subiu para o Planalto e eu fiquei na Planície, mas, um acidente automobilístico parou sua vida e, consequentemente, sua subida, numa das suas andanças políticas. Albérico, quando vinha de Brasília para Maceió, sempre mandava que seu primo, Cerílo, me chamasse para acompanhá-lo em algumas das suas viagens ao Interior do Estado.

 

Numa das suas viagens para Penedo, de surpresa, ele disse aos pescadores de Penedo, que eu já estava elaborando uma sede para eles, às margens do Rio São Francisco. Pensei que fosse “enrolada” do ilustre amigo, porém, dias depois, ele mandou as passagens para que eu fosse à Brasília, para me apresentar a dois Ministros, “não sei de quê”, dentre tantos que ali existem, para não fazer “pôrr....nenhuma”, a não ser passear pelo Brasil, com gordas ajudas de custos.

 

Depois, fomos à Câmara dos Deputados e ao Senado, onde conheci o Senador Téo Vilela, hoje Governador de Alagoas. Lembro-me que o Senador mal me cumprimentou, devido um artigo que escrevi, sobre a falta de providências dos nossos políticos, diante das sêcas e dos sofrimentos dos sertanejos.

 

Hoje, por uma coincidência, quem está tocando a obra da construção do Canal do Sertão é ele o Governador, como se desculpando de nós sertanejos, por não ter dado valor aos nossos gritos de socorro. Agora, vou testar o nosso Governador, para saber se ele ainda está com “raiva” de mim, através de um pedido que vou lhe fazer: “Governador, Teotônio Vilela!!!.

 

Eu sou um simples articulista, sempre preocupado com o sofrimento dos meus irmãos sertanejos, pois, nunca passei fome e sêde, para saber o que é o sofrimento deles, com a falta de comida e de água. Se a “raiva” de Vossa Excelência não for tão grande assim, eu  gostaria muito, de lhe pedir um favor. É que, na qualidade de Aposentado do DER/AL, gostaríamos de lembrar que há 7 anos nós não temos tido nenhum aumento salarial.

 

Vale salientar, Governador, que esse nosso órgão nunca fez greve e nunca deixamos de atendê-lo nas suas ordens, para construirmos as rodovias, necessárias  ao progresso de Alagoas. Temos sido fiéis à Vossa Excelência, até nos votos que nós demos, para vossa eleição e reeleição. Antes, nós servidores do DER/AL, éramos nivelados com bons salários, superiores aos dos companheiros da CASAL, do DETRAN, da antiga CODEAL, e da CEAL (Eletrobrás) , etc. mas, hoje, eles estão ganhando mais de 300 %, acima do que ganhamos, Governador ! O DER/AL sempre foi um órgão destinado a promover progresso, através da Indústria, do Comércio, do Lazer, do Esporte e da Educação, contudo, estamos esperando de Vossa Excelência, uma justa equiparação.

 

Esqueça a raiva que fiz à Vossa Excelência e, vamos brincar o Carnaval, todos com muita alegria, bastando que tenhamos um justo aumento, que não tivemos. Bom Carnaval, Governador !”Em tempo - Agradeço ao Desembargador Fernando Cerqueira Norberto dos Santos, de Pernambuco, pelas palavras a mim dirigidas, como amigo do seu querido pai Judson. Obrigado, Desembargador ! 

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia