Acompanhe nas redes sociais:

16 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 755 / 2014

22/01/2014 - 09:38:00

Prefeito de Roteiro será investigado por gastar R$ 300 mil em festa para ricaços

Município tem um dos cinco piores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) do Estado

Carlos Victor Costa Repórter

Um fato revoltante vem estampando o nome do município de Roteiro, cidade a 58 km de Maceió, nos sites de notícias do Estado desde a última semana,. É que uma publicação no Diário Oficial trouxe um apoio financeiro no valor de R$ 300 mil assinado pelo prefeito Wladimir Brito, onde ele patrocina o evento Lopana Phoenix, realizado no dia 11de janeiro na praia do Gunga, no Litoral Sul de Alagoas.

Uma festa particular que reuniu ricos e famosos. Roteiro é um município marcado pela pobreza, onde em um levantamento feito em julho do ano passado, foi destacado como um dos 5 piores do país no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).

O IDH dos municípios vai de 0 a 1: quanto mais próximo de zero, pior o desenvolvimento humano; quanto mais próximo de um, melhor, e a marca de Roteiro foi de 0, 522 baixo. O índice considera indicadores de longevidade (saúde), renda e educação. 

Para explicar o baixo índice, o prefeito, na época do levantamento alegou para imprensa que o orçamento estava apertado e tinha  baixa receita. Wladimir disse também que devido a situação territorial é bastante difícil desenvolver a cidade que possui pouco mais de 6 mil habitantes.

Mas o que sabemos é que o município ainda continua em crise financeira, o que fica difícil de entender esse patrocínio para uma festa regada de ostentação. Segundo consta na publicação, o valor patrocinado foi feito por meio de um recurso previsto em lei que dispensa o órgão de fazer licitação, a inexigibilidade. A inexigibilidade de licitação deve ocorrer somente quando não há concorrentes à altura, a exemplo de artistas aclamados pelo público e pela crítica, centros de estudos e pesquisas de alto desempenho, entre outros. 

MP COBRA EXPLICAÇÕES 

A assessoria de comunicação do Ministério Público de Alagoas informou que  a promotora de São Miguel dos Campos, Rita de Cássia Aguirre Stecconi Silva, enviou um ofício ao prefeito de Roteiro, Wladimir Chaves de Brito, pedindo explicações a respeito do patrocínio de R$ 300 mil que foi dado ao evento “Lopana Phoenix Fest”. De acordo com a assessoria do Ministério Público Estadual de Alagoas (MPE/AL), ela estranhou o valor, especialmente, porque Roteiro é um município pobre. E que está aguardando a resposta do prefeito, para poder se pronunciar sobre o que será feito sobre a situação. 


HISTÓRICO NEGATIVO 

O histórico do prefeito não é o dos melhores, em seu primeiro mandato ele foi forçado a renunciar. Outro fato que envolve o nome de Wladimir é de que ele chegou a receber dois repasses da Assembleia Legislativa de Alagoas no que totalizava quase R$22 mil exatamente um mês antes da eleição de 2012, onde ele foi eleito. 

Wladimir teria recebido ao longo de 2012, 13 repasses que totalizaram R$ 159.443, 83. Mas estes passes não foram seguidos. Ele recebeu três em janeiro, continuou recebendo até junho e depois teve os repasses interrompidos, voltando a receber um mês antes da eleição, em setembro. O problema, é que pela lei eleitoral, o funcionário comissionado tem que ter sua exoneração publicada com antecedência mínima de três meses ao pleito eleitoral, para que não se enquadre na inelegibilidade descrita no artigo 1º , inciso II , alínea l da Lei Complementar n.º 64 /90


PREFEITO EMITE NOTA 

A reportagem do Jornal Extra entrou em contato com o prefeito do município, mas até o fechamento da matéria não obteve retorno. Sobre o fato a prefeitura de Roteiro emitiu nota de esclarecimento sobre o apoio ao Lopana Phoenix Fest. Confira a nota na íntegra:“O Lopana Phoenix Fest, que acontece neste sábado (11/01), na praia do Gunga, em Roteiro, é uma festa genuinamente turística, que, de acordo com a organização do evento, deve levar um público de mais de 10 mil pessoas para a região.

O apoio da prefeitura municipal de Roteiro teve como objetivo a expansão do turismo da cidade, fato que alavanca a economia local e gera diversos empregos temporários nos bares e restaurantes do Gunga.Além disso, a visibilidade causada pelas mídias estadual e nacional presentes no evento consegue, de forma espontânea, gerar conteúdo jornalístico, aumentando a promoção do turismo local, fator que, anteriormente, ficava apenas com município da Barra de São Miguel..

Por fim, deixamos evidente a preocupação da prefeitura com todas as áreas da administração pública de Roteiro, fator observado através dos investimentos realizados no decorrer de 2013 em áreas como educação, saúde, assistência social, moradia e infraestrutura, por exemplo. O Lopana Phoenix Fest foi eleita por publicações especializadas como a maior festa náutica do Brasil e sua quinta edição deve levar mais de 800 embarcações à praia do Gunga.”

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia