Acompanhe nas redes sociais:

23 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 754 / 2014

15/01/2014 - 16:54:00

Veículos atropelam a lei e ameaçam banhistas na praia de Paripueira

Omissão da Polícia Militar incentiva invasão de carros e motos em toda orla do balneário alagoano

DA REDAÇÃO

A praia de Paripueira voltou a ser um local perigoso para turistas e nativos - sobretudo crianças - que frequentam aquele balneário do litoral Norte de Alagoas.  Nos fins de semana e feriados toda a faixa de areia da orla vira pista de corrida para carros e motocicletas, atropelando a lei e o direito de ir e vir dos banhistas. 

Essa prática foi banida de Paripueira desde o primeiro mandato do prefeito Abrahão Moura, mas voltou nesse início de verão por negligência da Polícia Militar a quem cabe zelar pelo cumprimento da lei.

 “É um absurdo o transito de veículos na beira-mar, principalmente nessa temporada de verão. A prefeitura fez a sua parte ao assinar um TAC junto com a justiça e a Polícia Militar, e também ao decretar a proibição de trafego de veículos automotores na beira da praia”, disse o prefeito Abrahão Moura ao ser ouvido pelo jornal Extra.

Segundo ele, “falta fiscalização por parte da PM ou Bptran para coibir este tipo de abuso que pode ocasionar um acidente a qualquer momento”, alertou  Abrahão.

 Além das providências legais e da parceria com a polícia e a justiça, a Prefeitura colocou placas ao longo da orla com aviso da proibição do acesso de veículos à faixa de areia, mas poucos respeitam as leis.

“Já fizemos nossa parte; falta a PM fazer cumprir a lei”, destaca o prefeito Abrahão Moura, preocupado com a possibilidade de acidentes com banhistas. 

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia