Alagoas, 19 de setembro de 2021 23º min 28º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
Marcus Assunção
Opinião

Fique por Dentro

Por Marcus Assunção
HERMAN TORRES

Um dos maiores precussores do Rock nacional

Marcus Assunção

03/07/2021 19h07 - Atualizado em 04/07/2021 06h06

Herman Torres
ArquivoHerman Torres

HERMAN TORRES: Um dos maiores precussores do Rock nacional


Herman Torres Filho (Nasceu em Maceió, 15 de janeiro de 1958), o "Mani", é um cantor, compositor, e instrumentista brasileiro.

Seu pai foi para o Rio de Janeiro em 1964 morar com a família, onde Herman foi e voltou para sua terra natal, Maceió - Alagoas, durante anos. Criado nas esquinas do Rio de Janeiro com o Rock, conheceu o cantor Fagner quando estava voltando a Maceió e foi convidado para tocar baixo em sua banda. Também foi conselheiro no Conselho Nacional dos Direitos Autorais, sendo um crítico da distribuição de direitos aos produtores musicais.

Em sua trajetória, estabeleceu parcerias musicais com alguns dos mais destacados expoentes da MPB, gravou discos (atuando também como cantor, arranjador e diretor musical) e participou de uma das formações da banda Gang 90 & As Absurdettes (guitarra, baixo e vocal) durante o boom do rock nacional dos anos 1980, no ritmo da new wave. Emplacou algumas trilhas sonoras de novelas da Rede Globo e participou do especial infantil "Plunct, Plact, Zum!", com a música "Será Que o King Kong é Macaca?".

Ao analisarmos as fichas técnicas de uma boa porção de discos de sucesso que marcaram nossas vidas, com certeza poderemos nos deparar com alguma música que foi composta ou que teve participação de Herman Torres como cantor, instrumentista ou arranjador.

Se Gang 90 & As Absurdettes fez história, Herman Torres tem seu nome marcado na música brasileira, embora, desconhecido do grande público (em parte por ser sina dos compositores).

Carreira musical


Herman Torres tocou baixo no LP “Raimundo Fagner” do cantor e compositor cearense. Participou com a viola de 12 cordas no disco de Alceu Valença “Espelho Cristalino”. Participou também do disco “Força Verde” de Zé Ramalho, entre muitos outros

Em 1978, Amelinha lançou o disco "Frevo mulher", no qual incluiu de sua autoria "Noite de cetim", parceria com o poeta Sérgio Natureza. No ano seguinte, Ney Matogrosso, em LP pela PolyGram, interpretou "Trapaças", composta em parceria com Salgado Maranhão. "Bate-boca" também foi gravada por Ney Matogrosso.

Em 1981', gravou o primeiro disco solo, pela PolyGram, no qual incluiu "Trapaças", "Peleja" e "Lama das canções", todas em parceria com o poeta Salgado Maranhão, além de parcerias com Fausto Nilo e Sérgio Natureza. Neste mesmo ano, Zizi Possi interpretou um de seus grandes sucessos, "Caminhos de sol" (com Salgado Maranhão) e tornou-se o primeiro sucesso nacional da cantora. A música foi incluída como tema na novela A Viagem (1994), da Rede Globo, desta vez gravada pela banda Yahoo.

Nesta mesma época, integrou o grupo Gang 90 & As Absurdettes, com o qual gravou vários discos e participou de diversos shows. No ano seguinte, Amelinha gravou de sua autoria "Choro da lua" (com Salgado Maranhão), no LP "Mulher nova, bonita e carinhosa faz o homem gemer sem sentir dor".

Em 1983, "Coração por dentro", em parceria com Salgado Maranhão, foi incluída no disco de Rosa Maria, lançado pela gravadora Eldorado. Neste mesmo ano gravou, junto com o grupo Gang 90 & As Absurdettes o LP “Essa Tal de Gang 90”. Desse disco, foi extraído o compacto “Nosso Louco Amor”, que virou tema da novela Louco Amor, da Rede Globo. Vendeu 100 mil cópias e projetou o grupo para todo o país.

No ano seguinte, "Alguma coisa", também em parceria com Salgado Maranhão, foi interpretada por Amelinha no disco "Água luz", lançado pela gravadora CBS. Neste mesmo ano, em dueto com Serguei gravou "Mamãe não diga nada ao papai" e "Alegria" em compacto simples.

No final de 1984 a música "Paixão" embalou as cenas do personagem Edu vivido por Tony Ramos na novela Livre Para Voar. Neste mesmo ano, Herman Torres abandona a Gang 90 e monta a banda Cadillac, que foi lançada pela gravadora Warner. A banda tem a primeira e única versão brasileira da canção “Cocaine”, de J.J. Cale.

No ano de 1985 interpretou "Super flipper", composição de autoria de Wilson Botelho e Sérgio Natureza no LP "Tropclip" da trilha sonora do filme homônimo. Ainda neste disco participaram Barão Vermelho, Marisa Monte, Zé Renato, Celso Blues Boy e Roupa Nova, entre outros. Neste mesmo ano gravou as canções “Cristina” e “Você me trocou por ela”.

Em 1994, Fábio Júnior gravou “Aos seus cuidados” (de Herman Torres e Sérgio Sá) e, em 1996, “Lar doce mar” (também de amos os compositores).

Discografia


1987 - Pedra 90 (Continental / LP)
1985 - Rosas & tigres (Som Livre / LP)
1985 - Tropclip (Philips / LP)
1984 - Mamãe não diga nada ao papai/Alegria (Compacto simples)
1983 - Essa tal de Gang 90 & As Absurdettes (RCA Victor / LP)
1983 - Nosso louco amor (RCA Victor / Compacto simples)
1981 - Herman Torres (PolyGram / LP)
1981 - Perdidos na selva/Lilik Lamê (Hot / Compacto simples)

Composições e Parcerias:


Alguma coisa (com Salgado Maranhão)
Caminhos de sol (com Salgado Maranhão)
Choro de lua (com Salgado Maranhão)
Coração por dentro (com Salgado Maranhão)
Lama das canções (com Salgado Maranhão)
Noite de cetim (com Sérgio Natureza)
Peleja (com Salgado Maranhão)
Revoando (com Sérgio Natureza)
Saudade (com Sérgio Natureza)
Trapaças (com Salgado Maranhão)
Paixão
Nosso Lou


POLITICA:


Prefeito de Viçosa se reúne com Presidente da Câmara dos Deputados

O prefeito de Viçosa João Victor (PRB), acompanhado por seu pai o empreendedor Klécio Santos se reuniram com o presidente da Câmara dos Deputados Arthur Lira (PP).

Em suas redes sociais o prefeito comentou " Nossa agenda em Brasília iniciou com um café da manhã com nosso Presidente da Câmara dos Deputados Arthur Lira, onde tratamos diversos assuntos e projetos para nossa Viçosa e também para o fortalecimento do cooperativismo alagoano", disse o gestor.


MUNICIPIOS:


-Atalaia alcançar cerca que quase 16 mil pessoas vacinadas

-PENEDO

Delegado Leonam Pinheiro comandará palestra sobre maus-tratos contra animais em Penedo.
Diante dos inúmeros casos de crimes cometidos contra animais em Penedo, a cidade sediará uma palestra com a presença do Delegado de Roubos e Crimes Ambientais da Polícia Civil, Leonam Pinheiro.

No sábado, 3 de julho, o delegado estará no município ribeirinho para ministrar, nas dependências do Hotel São Francisco, a partir das 15 horas, a conferência que tem como tema “Alagoas contra os maus-tratos”.

TURISMO:

Prefeitura de Maceió anuncia Patrícia Mourão como nova secretária de Turismo

CULTURA:


ENCONTRO DOS POETAS



Cotidiano

A dinâmica diária da vida, por vezes,
encobre a fantasia dos nossos sonhos, dos nossos olhares.
Essa mecanicidade matinal robótica de repetição...
Bom mesmo é a imprevisibilidade do ovo que queima,
do leite que derrama, do ônibus que atrasa e que te tira do caminho
de formiga operária, te mostrando novas folhas!

Saysia Salomão

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade