Alagoas, 30 de julho de 2021 22º min 27º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
Marcus Assunção
Opinião

Fique por Dentro

Por Marcus Assunção

Dia 19 de abril. O que devemos comemorar?

Marcus Assunção

20/04/2021 09h09 - Atualizado em 20/04/2021 19h07

Criança indígena no Brasil
DivulgaçãoCriança indígena no Brasil

Há 520 anos os portugueses chegaram ao Brasil pela primeira vez, mas bem antes disto já existiam mais de 5 milhões de Índios espalhados por toda a Terra Brasilis, com seus costumes, crenças, seus rituais espirituais, sua ciência, suas aldeias, tradições, suas cores, suas culinárias, descobertas, suas caças, suas florestas, suas danças, seus rios, seus remédios, plantas medicinais, culturas, etnias e principalmente as suas sabedorias sobre a natureza. 

Na verdade estes invasores portugueses, que nos livros que estudamos são qualificados como descobridores do Brasil, de cara roubaram uma grande parte do nosso Pau Brasil, o nosso ouro, plantas medicinais, parte das nossas riquezas e queriam trocar apenas por espelhos, escovas e roupas, um monte de futilidades, e transformar as nossas índias em escravas sexuais.

Normalmente, quem vinha também nestas embarcações? Eram ladrões, assassinos, saqueadores que não tinham  serventia para o Rei de Portugal. Depois da grande descoberta da terra de muitas riquezas, mataram muitos índios, parte deles foi escravizada, maltratada e tentaram expulsá-los da sua própria terra durante anos.

Os povos indígenas, até os dias de hoje, resistem a muitas invasões, desmatamento, a investidas dos garimpeiros, poluições dos rios, grilagem da terra, os ladrões da borracha, os fazendeiros ilícitos, que querem desapropriar as terras para o investimento agropecuário desordenado. Enfrentam e lutam contra invasores disfarçados de turistas que, além de explorarem este povo humilde, ainda contaminam as aldeias. Não existe natureza sem os índios, eles são os eternos guardiãs da terra. Com certeza, sem eles não existiria mais o nosso pulmão, ou pulmões: as florestas. Sem eles não existiriam mais os rios, a chuva, os frutos, as plantas medicinais, os animais, a natureza, à vida.

Mesmo com toda proteção da natureza o ecossistema, continua abalado, ameaçado pelo homem, pelo desenvolvimento, o capitalismo, mais selvagem do que os selvagens, a desrespeitar os nossos primeiros habitantes legais. Recentemente, foi descoberta uma derrubada de árvores de forma ilícita, onde as madeiras seriam enviadas ilegalmente para exterior no valor de 130 milhões. O mesmo fato volta acontecer depois de 520 Anos. O que temos que comemorar?

Os índios estudaram, se formaram, se organizaram, alguns migraram para cidade grande, se conectaram com mundo através da internet mais não deixaram para trás a sua história, a natureza. A luta continua. Respeitem os povos indígenas!
Todos nos brasileiros termos sangue de índio.
Autor Marcus Assunção


POLÍTICA:



SENADOR RODRIGO CUNHA:

O Senador Rodrigo Cunha (PSDB/AL) garantiu 47 milhões para combater a pandemia em Alagoas. Um levantamento do Portal da transparência do Governo Federal revela que em pouco mais de um ano de pandemia da Covid-19, o senador foi um dos parlamentares que mais destinou recursos para Alagoas.


ARTHUR LIRA:

O Presidente da Câmara dos Deputados, deputado federal Arthur Lira (PP/AL), afirmou que as criticas ao Orçamento Federal são “Injustas e oportunistas”. Segundo ele, a aprovação do texto se deu por meio de acordo entre Poderes Executivo e Legislativo. Lira destacou que cabe ao próximo governo propor soluções que atendam as demandas acordadas durante a votação, “respeitando todos os limites legais e o teto de gastos”

CIBELE MOURA:

O Estado atendeu ao pedido da deputada estadual Cibele Moura (PSDB), e recuperou a Ponte da Saúde, em Ipioca, na região norte, através do DER. A parlamentar gravou um vídeo para cobrar uma solução e foi atendida.

JOÃO CATUNDA:

Após o pedido do vereador João Catunda, cratera em Ipioca é fechada*.
Em decorrência das chuvas, uma cratera se abriu na Rua Gerusa Rodrigues de Bastos, localizada no bairro de Ipioca. A população do local pediu socorro para que a situação fosse resolvida, pois, com o tamanho do buraco, muitos moradores ficaram presos dentro de suas próprias casas.

A liderança Edilene, entrou em contato com o vereador João Catunda (PSD), para que pudesse avaliar o caso e solicitar ajuda às autoridades competentes. Na sexta-feira (16), o vereador esteve no local.

Segunda (19), a demanda já foi atendida, “Estou muito feliz com esse resultado tão rápido aqui na Rua Gerusa Rodrigues de Bastos. Na semana passa eu estive aqui e mostrei a situação da cratera no final da rua, com carros ilhados e a frente das casas caídas, e a gente conseguiu naquele mesmo dia fazer contato com a Defesa Civil e com o Secretário de Infraestrutura do Município. E hoje, 7 horas da manhã ele me ligou informando que as máquinas já estavam vindo fazer o serviço.(...) Obrigado secretário Ibrahim e prefeito JHC pela agilidade para atender as pessoas.”, disse Catunda.



ADEILSON BEZERRA:

O advogado Adeilson Bezerra assumirá o Partido PROS/AL, com o discurso de eleger deputado estadual com 6 mil votos nas próximas eleições.


MUNICÍPIOS:



MACEIÓ:
Mais de mil kits de prevenção à Covid – 19 já foram entregues.

PILAR
: o Prefeito do Pilar, Renato Filho (PSC), e vereadores assinou a ordem de serviço para construção do Shopping Popular no Bairro da Chã do Pilar. O investimento custará um milhão, e será construído com recursos próprios. Possuirá 42 lojas. A obra será entregue em 12 meses.

MARECHAL DEODORO
: A cidade avança e já vacinou mais de 1 mil deodorenses contra a Covid-19.

PENEDO:
A Prefeitura de Penedo iniciou reparos em seu Mercado Publico.

PIRANHAS
: A cidade ganhou destaques positivos nos quesitos belezas naturais e infraestrutura. A cidade histórica que já foi cenário de filmes e novelas, hoje em dia também se destaca como um dos polos turísticos alagoano.

AMA:
O Presidente da AMA, prefeito Hugo Wanderley (MDB), continua negociando com a superintendência do Banco do Brasil para que não extinga as agências em vários municípios do interior de alagoano. A reunião virtual aconteceu na sexta feira dia 16 de abril.


NOTICIAS FIQUE POR DENTRO
:

MP/AL:

O Ministério Público do Estado de Alagoas vai apurar crime de homofobia cometido pelo pastor José Olímpio, da Assembleia de Deus, contra o ator Paulo Gustavo.

ODEBRECHT
: Articula venda da Braskem para um para o fundo Árabe Mubadala.

CARTA DE REPÚDIO INSTITUIÇÕES LGBTQIA +
CARTA DE REPÚDIO E REVOLTA AS AGRESSÕES PROFERIDAS PELO LÍDER RELIGIOSO DA ASSEMBLEIA DE DEUS EM ALAGOAS - PR. JOSÉ OLÍMPICO*

Instituições LGBTQIA + e outras defensoras de direitos humanos de todo o país, vem a público manifestar seu repúdio as agressões motivada por homofobia, escarrada pelo líder religioso da Assembleia de Deus em Alagoas - pastor José Olímpio, na última quinta-feira, 15/04 , na página oficial do Instagram do pastor.

O ato criminoso de violência, praticado por este líder religioso, contra o ator Paulo Gustavo, que se encontra internado em virtude de problemas de saúde causadas pelo COVID-19, problema sério de saúde pública e sanitária mundial, fere severamente não só Paulo, mas todas as vítimas da doença, a comunidade LGBTQIA+, classe artística e a todos os cidadãos de bem que tenham bom senso e sintam empatia por seu próximo.

A intolerância e o conservadorismo, observados não apenas em crimes de ódio como este, mas também em discursos e práticas preconceituosas, presentes em diversas instâncias do cotidiano brasileiro atual, causam sérios problemas à ordem pública democrática deste país e entristece-nos saber que este não é um caso isolado, mas apenas um dos tantos casos de crimes motivados por LGBTfobia no Brasil, como foi o atentado de 15 de abril de 2021, a honra de Paulo Gustavo e todos os cidadãos decentes e de caráter libido deste país.

É urgente que crimes como estes, motivados por homofobia, sejam enquadrados da tipificação da LGBTfobia , na lei de combate ao racismo de n. 7.716/2018, e que punições mais rigorosas e severas sejam tomadas contra condutas homofóbicas e atos discriminatórios como o em questão.

Fora o tratamento jurídico específico para tais crimes, reconhecendo sua especificidade, compreendemos ainda que apenas através da educação é que poderemos construir um país mais tolerante à diversidade sexual, de gênero, religiosa, política, étnica, social e cultural, também de pensamento político e religioso mas não de Intolerância criminosa e libertinagem.

Por fim, manifestamos nosso apoio e solidariedade ao ator Paulo Gustavo e a todos que se sentiram feridos e magoados com a fala criminosa do pastor, ao mesmo tempo comunicamos oficialmente que medidas judiciais serão tomadas contra o pastor José Olímpio - líder religioso da Assembleia de Deus em Alagoas, ao mesmo tempo também nos solidarizamos com todos os religiosos que se sentiram agredidos e triste por este ato criminoso e intolerante.

Maceió, 17 de abril de 2021.

*Assinam esta carta:*

GGAL- Nildo Correia ,; CAERR - Kamila Emanuele ; Givanildo Lima - ARTGAY/AL, Aliança Nacional LGBT - Toni Reis ; Rede Gay Brasil - Fábio de Jesus ;
GGM - Messias Mendonça ; INCVF/AL - Rosaly Damião) - INCVF ; Movimento dos Povos das Lagoas - Isadora Padilha ; Ticiane Simões - Ateliê Ambrosina ; CAVIDA - Wilza Rosa ; Marcelo Nascimento - Fundador do Movimento LGBTQIA+ em Alagoas ; Associação Cultural Joana Cajuru - Waneska Pimentel, Annabella Andrade - Coletivo " O Direito Achado na Rua", REBRACA - Indianarae Siqueira, GGB - Marcelo Cerqueira, Quibamda Dudu - Otávio Reis, Associação As Musa de Castro Alves do Recôncavo - ASMUSADECAR - Gilvan Dias Medeiros ; Movimento Nacional da População em Situação de Rua de Alagoas MNPR/AL e Fórum Nacional dos Usuários do Sistema Único de Assistência Social de Alagoas FEUSUAS/AL - Rafael Machado ; GLAD Delmiro - Anna Moura ; Luiz Mott - Fundador do Movimento LGBTQI+ na Bahia ; Coletivo LGBTIA+ Flutua (UFAL) - Fernando I. Rodrigues de Farias; Associação LGBTQI+ e Candomblé GRUPO IGUAIS DE CORURIPE - Sophia Braz ; Arco Íris LGBT de Paripueira - Darlan Kadosh ; Instituto Feminista Jarede Viana - Ana Pereira ; Núcleo de Estudo e Pesquisa das Expressões Dramáticas ; Cia Cultural Vixe Maria ; PesComPasso Artes Cênicas ; Paty Maionese Produções e Eventos - Paty Maionese ; Coletivo Popfuzz - Nina Magalhães ; Cia Orquídeas de Fogo ; AMIREBO - Lafon Pires



SAÚDE


COVID: A CPI ouvirá ministros, equipe do ex-ministro Pazuello, governadores e prefeitos.

DIA DAS MÃES: APOIO AO COMÉRCIO LOCAL
Senhores e senhoras de Alagoas, como uma boa sugestão comercial e solidária, presenteiem suas mães com o artesanato local, façam encomendas de bolos, tortas, chocolates, doces finos, salgados e artesanais de Alagoas, marcenaria 40 graus, bijuterias, uma bela tatuagem Mcz Ink, móveis, aluguem uma casa de praia, um almoço especial em nossos maravilhosos restaurantes, ou da Massagueira, Pontal da Barra, encomendem flores, e lógico, tudo que possa deixar seu dinheiro no comércio local, e suas mães mas felizes, movimentando a economia da sua cidade.

EMPREENDEDORISMO:

JORNALISTA CARLOS BINA: FERNANDO SÉRGIO LIRA
Para ficar na história*

Fernando Sérgio Lira escreve novas linhas para a história de Maragogi.
O Médico reumatologista direcionou o juramento de Hipócrates, feito na faculdade de medicina, em favor da sua cidade. Paixão pura. Amor com longevidade. Assim, pôde escrever novas linhas, do futuro do município, futuro projetado para agora. Com essa visão vanguardista, idealizou e materializou o Terminal rodoviário, o Centro de Convenções e o Aeroporto Regional de Maragogi. Grande dose de infraestrutura, que permite o crescimento do turismo, da economia e do índice de desenvolvimento humano (IDH). Em um passado não muito distante, Maragogi estava falida e sem perspectivas. Com a gestão modelo, operada por Fernando Sérgio Lira, a cidade de Maragogi foi retirada UTI e lhe foi devolvida a saúde. Uma administração histórica, momento importante para as terras Maragogienses.


VEM AI: LIVE TIME MACHINE

Fomos informados pela Produtora Cultural Aline Almeida, que ela e o cantor e guitarrista Serginho Lamecci, estão preparando com muito carinho uma Live Especial da Banda Time Machine. AGUARDEM!!


ENCONTRO DOS POETAS:


Saysia Salomão:

Tempo tempo tempo tempo

Será que tenho perna pra isso?
Correr atrás dos dias
e te falar que as flores que tu semeou
no coração floriram?

Parar os ponteiros
teimosos do relógio para
te beijar vagarosamente
no canto do teu sorriso?

Segurar entre os dedos
o vento apressado que
assanhou nosso desejo?
Será que ainda tenho tempo pra isso?
Ele passa e passamos também.

Saysia Salomão. @Saysia_salomao


FININHO:


*AMIGA JANINE*

Minha querida amiga
Hoje só recordação
Sem receber visitas
É de doer o coração
Nessa Guerra Biológica
Só tristeza e solidão

Sou difícil de gostar
Quando gosto não largo o pé
Se a mué gostar de mim
Agradeço a São Tomé

Mas se Deus não permitir
Eu arranjo outra muié.
O velho sente tontura
O velho sente moleza
Quando começa a gostar
Segue em frente com certeza

Se nada vai dando certo
Me aposento na tristeza.


ESPAÇO DOS ESCRITORES:


Sérgio Moraes- Pilar/AL

QUANTO BEM FEZ ESSE MAL


Diz um velho ditado: "Não há mal que não traga um bem"
E nesses tempos difíceis, de sofrimento, isolamento e preocupação mundial,
Vamos refletir e analisar, é só você observar "quanto bem fez esse mal".
Esse mal do corona vírus, atacou a humanidade,
Para muitos, um castigo, um grande freio de Deus,
Um alerta aos filhos seus, nos países e cidades,
Causando medo, incertezas, tudo sem muita clareza e muita perplexidade.
Mas esse mal também fez, o povo parar e refletir, no pensar, no agir,
No novo tempo que aí está.
Muitos povos e nações, unidos orações, clamando a Deus pra cessar.
Para cessar a pandemia, a normalidade voltar ao dia a dia, para a vida continuar.
Enquanto muitos ficaram isolados,

O mundo era transformado, pode ter essa certeza.
Pessoas se preocupando, uns aos outros ajudando,
Em momentos de incerteza.
O mundo parou e orou, de Deus se reaproximou, fez bem até para a natureza.
Esse mal que se espalhou, muita gente atacou...

Pessoas angustiadas, vidas foram ceifadas,outras vidas restauradas,
Lições e grandes verdades.
O mal que atacou pulmões, também transformou corações,

Almas e pensamentos,
Mudanças de comportamento, para toda a humanidade.
E refletindo nesse tempo, de preocupação, aprendizado,
Em busca por um remédio adequado,
Para o povo ser curado dessa pandemia viral.
Podemos perceber claramente, mudanças de atitude em muita gente,
Percebemos de forma consciente: "quanto bem fez esse mal.

MÁCLEIM: TÉO LIMA

Téo Lima
Sou da teoria que o sururu é o molusco responsável pela excelência musical e força rítmica dos bateristas alagoanos, reconhecida mundialmente.

O grande Téo Lima foi um dos pioneiros em revelar, além fronteiras, essa potencialidade e singularidade dos bateristas alagoanos. Ele foi um dos pioneiros e tenho absoluta certeza de que a fonte que o gerou não secou e, pelo o que percebo da nova geração de bateras alagoanos, não secará jamais.

Em 1998 fiz uma longa entrevista com esse amigo querido, quando ele esteve aqui no aquário tocando com o Ivan Lins, no Maceió Jazz Festival. Dessa conversa, tiro esse trechinho, para que tenhamos uma ideia de quem é Téo Lima:

"Para mim, tudo é música. E eu sou tão fiel quando estou gravando, por exemplo, quando eu gravei com Odair José, Fernando Mendes, com o próprio Roberto Carlos, é tão nobre para mim quanto o trabalho que eu fazia com o Djavan, ou quando eu gravei com a Dionne Warwick. Para mim é música, e música é uma coisa só."

E com muito prazer que rufo os tambores para um dos maiores bateristas desse país fora do compasso.

No +, MÚSICABOAEMSUAVIDA!🎶🎶🎶

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade