Alagoas, 29 de março de 2020 25º min 27º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
Paulo Nicholas
Opinião

Artigos de Paulo Nicholas

Por Paulo Nicholas
OPINIÃO

O homem mais rico do mundo

11/03/2020 13h01

Rio de Janeiro, zona rural da região das Serras, maio de 2019 e lá estava eu no meio do nada quando ouvi do meu mestre, Yaakov “Kobi” Lichtenstein, algo que me chamou atenção. Disse ele: “Você quer ser o homem mais rico do mundo? Mas rico de verdade? Então faça um, apenas um amigo de verdade por ano. Se você conseguir fazer um verdadeiro amigo por ano, em dez anos você será o homem mais rico do mundo”.

Esta lição foi aprendida por ele por seu mestre, Imi Lichtenfeld. Um dos heróis da vida real preferidos. Essa lição me martelou na cabeça por meses para que eu pudesse digeri-la totalmente.

Primeiro porque o conceito de riqueza deve ser repensado. O que significa ser rico não é ter dinheiro ou bens ou patrimônio. Eu sinceramente não queria ser rico sozinho. O valor que um amigo pode ter, tanto nas horas mais terríveis como nas mais bacanas, é inestimável.

Pensando com calma e indo até o passado, pode-se perceber que o fato de termos pessoas confiáveis ao nosso lado foi essencial ao nosso desenvolvimento como espécie. Isso porque quando éramos caçadores/coletores, dependíamos crucialmente de um grupo fiável para a divisão de tarefas e precisávamos contar uns com os outros para a nossa própria sobrevivência. Se não houvesse um grupo muito unido, ninguém sobrevivia por muito tempo.

Creio que ainda hoje é assim. Grupos conseguem ser muito mais competitivos do que indivíduos em todas as áreas da vida moderna: um sindicato é mais forte do que um trabalhador sozinho, uma cooperativa consegue fazer muito mais do que um produtor, um partido unido é mais poderoso do que um político solitário, uma sociedade consegue mais competências do que um profissional autônomo. Foi assim nos primórdios da humanidade e é assim no mundo profissional moderno; também funciona dessa forma na vida pessoal.

Ter amigos de verdade, daqueles que te amam fraternal e incondicionalmente, é um presente tão gratificante quanto ter o amor da vida ao seu lado. O sentimento de uma amizade verdadeira, leal e legal atinge o nosso sentimento de grupo de pertencimento e preenche partes importantes de nosso caráter, ego e personalidade.
Eu não sabia, mas pesquisas apontam que o fato de não se ter amigos de verdade faz mais mal para a saúde do que o sedentarismo, alcoolismo e tabagismo!! Ter amigos é importante não só para nossa saúde mental, como também física.

E amizade, como toda relação, precisa ser cultivada. Precisa de lealdade, de atenção, de companheirismo. Precisa ser despida de vaidade e ter admiração. Para ser e ter verdadeiros amigos, tem que se torcer pelo seu sucesso, tem que apontar os erros, tem que brigar, opinar e palpitar. Tudo isso sem julgar. Ter que, às vezes, só do lado estar.

Fazer um amigo de verdade é coisa mais rara e difícil do que ganhar dinheiro, ter um amigo é ter uma riqueza, uma joia, um porto seguro. É ter alguém que anda com você no carrão ou no busão que tem você em todo tempo no coração.

Em suma: o homem mais rico do mundo é aquele que tem mais amigos de verdade. A riqueza está dentro de você!

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade