Alagoas, 23 de abril de 2021 24º min 29º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
Elias Fragoso
Opinião

Artigos de Elias Fragoso

Por Elias Fragoso
OPINIÃO

Duas figuras desprezíveis

Elias Fragoso

22/03/2021 20h08 - Atualizado em 22/03/2021 21h09

Sério isso? Lula virou estadista? Probo? Não coordenou a maior pilhagem do mundo aos recursos de um país? Não tem filhos tão ou mais corrutos que os do presidente-caveirão? Não bancou graciosamente bilhões de reais para países africanos e Cuba provocando o maior prejuízo de todos os tempos ao BNDES?

Não loteou a Petrobras e o resto do governo federal com os quadrilhões do MDB, do PP, do PL, do PSD, dentre outros? E os 4 tesoureiros petistas presos, o foram porque? E toda a cúpula partidária petista presa, significa o quê?

De repente esse bandido perigoso liberado graciosa e surpreendentemente pelo ministro Facchin ao ter os seus processos anulados (para Lula e logo, logo para o resto do bando de criminosos que irão se aproveitar da brecha através de seus biliardários advogados), já se apresentou candidamente como o contraponto ao presidente-caveirão no dia seguinte à sua liberação pelo Supremo (alguém duvida da orquestração disso?) que, por sua vez, agora se volta para punir o juiz que prendeu o condestável esquerdista criminoso numa nojenta inversão de valores.

Isso tudo acontecendo no auge da segunda onda da epidemia de covid-19 quando já alcançamos o inédito número de 2.000 mortos diários, número de um lado desprezado e até ridicularizado pelo Caveirão e, do outro, já utilizado como arma política pelo esquerdista preso por roubar dinheiro público e solto – mesmo apesar de todas as provas – pelo Supremo, em sua primeira aparição pública depois de “livre” (sic).Os brasileiros estão muito mal servidos de líderes.

O Caveirão e sua mais desastrada gestão da história do Brasil, nos mantém no mesmo buraco que o PT nos deixou em 2013, nunca teve um plano de governo, enganou a todos com seu discurso liberal de araque, desmontou os órgãos de fiscalização e de justiça para livrar a cara do filho senador e corrupto e que, com seu negacionismo criminoso, está nos levando célere a liderarmos o número de mortes por covid-19 no mundo (ontem ultrapassamos o número de mortes diárias dos EUA, ainda o líder em mortes, mas com rápida queda nos seus números após a saída de Trump, o amor platônico desse presidente golpista).

Já o babalorixá da esquerda-caviar deste país é um aproveitador contumaz, mentiroso deletério (igual ao Caveirão), líder da decadência moral por que esta Nação passou ao longo dos infaustos 13 anos de desgoverno petista e da maior quadrilha organizada neste país para roubar, roubar muito, roubar tudo que lhes viesse à frente enquanto fosse governo, e também, responsável direto pelas duas últimas décadas perdidas – que acaba de nos legar um crescimento econômico pífio de menos de 1% ao ano, ao longo dos últimos 20 anos – graças às erráticas diretrizes econômicas dos seus governos e do governo da presidenta, seu poste teleguiado.Esta Nação precisa marchar para um encontro inadiável com seus próprios erros de avaliação das últimas 5 eleições. É o melhor começo é desprezar essas duas figuras nocivas ao país e seu futuro.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade