Alagoas, 25 de agosto de 2019 23º min 25º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
Elias Fragoso
Opinião

Artigo Elias Fragoso

Por Elias Fragoso

Mais uma sinecura na Câmara

Elias Fragoso

14/08/2019 15h03 - Atualizado em 14/08/2019 15h03

Câmara de Vereadores de Maceió
Foto: AssessoriaCâmara de Vereadores de Maceió

No meio da maior crise que este país jamais vivenciou, a Câmara de Vereadores de Maceió acaba de “brindar” os eleitores desta cidade com o aumento de 21 para 25 membros naquela casa a partir das próximas eleições. Os legisladores mirins - termo perfeitamente adequado ao nanismo moral daqueles que se dizem “representantes do povo” - precisam ser denunciados. Com toda a repulsa possível.

Eles, por suas atitudes amorais, não nos representam. Definitivamente. Demonstraram mais uma vez o amplo, total e completo alheamento dos problemas que infestam nossa cidade. Só tem olhos para seus interesses. A cidade (e as pessoas aqui residentes) que se lixe!

“Esquecem” premeditadamente 160 mil pais e mães de famílias desempregados e em desespero; 140 mil desalentados (que sem conseguir, desistiram de procurar emprego) e as mais de 500 mil pessoas cuja renda média per capita mal chega a 60% do miserável salário mínimo.

Para se “justificarem” usam de argumento escroto, vil, desonesto: “A lei prevê”. Insensibilidade política, desrespeito total com o eleitor que está “comendo o pão que o diabo amassou” provocado pela roubalheira petista e muito também por anões morais como os que aprovaram tamanha indecência!

Aproveitando o embalo, sabe quanto essas figuras menores da política abocanham do exíguo Orçamento anual de Maceió? 117 milhões de reais! Isso mesmo, 320 mil reais por dia para nada! – achando pouco – na calada da noite, impingem mais esse indecente aumento do número de parasitas para infernizar ainda mais a vida do cidadão de bem. 

Aqui – de novo – eles argumentam “candidamente” que “não haverá aumento do duodécimo”. Ora, o cidadão de Maceió vê sair pelo ralo nada menos que 4,5% de um dinheiro que faz falta para ajudar a resolver parte da enormidade de problemas que a cidade tem e ainda precisa aturar esses argumentos mentecaptos!

Deviam ter vergonha na cara. Ao invés de aprovarem uma amoralidade tamanha, deveriam - isto sim - propor a redução do duodécimo da Câmara de Vereadores para 1%. Para sustentar figuras como as que lá estão, é muito!
Devemos fazer justiça a três vereadores que votaram contra essa sacanagem: Galba Netto, Francisco Sales e Ronaldo Luz. Os demais devem receber o seu troco na próxima eleição. 

É hora de a sociedade organizada pressionar essas figuras menores a voltar atrás nessa insana medida, verdadeira facada por detrás e à sorrelfa de toda Maceió! Ou vocês querem que eles continuem a manobrar contra você, a cidade e os cidadãos dessa sofrida, pobre e espoliada cidade?

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir 16.1k
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade