Alagoas, 15 de agosto de 2022 23º min 27º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
R$ 2 BILHÕES

Renan Filho sobre críticas de Arthur Lira a outorga da BRK: 'Não conhece com profundidade'

Deputado acusou governador de perseguir o município de Maceió e afrontar o STF

Bruno Fernandes

25/02/2022 13h01 - Atualizado em 25/02/2022 14h02

Renan Filho na cidade de Arapiraca na manhã desta sexta-feira
Reprodução/7SegundosRenan Filho na cidade de Arapiraca na manhã desta sexta-feira

O governador Renan Filho (MDB-AL) respondeu nesta sexta-feira, 25, durante visita à Arapiraca as críticas feitas pelo deputado federal e presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (Progressistas-AL) sobre a privatização e outorga do serviço de água e esgoto da capital e região metropolitana de Maceió.

No último sábado, 19, no município de Palmeira dos Índios, Agreste alagoano, Arthur Lira afirmou que Renan Filho persegue o município de Maceió e, ao mesmo tempo, afronta o guardião da Constituição, o Supremo Tribunal Federal (STF).

Em resposta, o governador afirmou que Lira, apesar de ter sido o presidente da câmara que aprovou o Marco Legal do Saneamento Básico, “não sabe de nada” sobre as outorgas.

"Uma crítica muito infundada. O Arthur demonstra que ele não conhece com profundidade o assunto que comenta e isso até me estranha porque ele é presidente da Câmara dos Deputados e votou o marco legal do saneamento, mas demonstra um forte desconhecimento sobre o assunto", disse o governador.

No final de semana em que o deputado teceu críticas ao governador, também aconteceu uma reunião combinada pelo gestor estadual para entrar em um acordo com os municípios sobre a partilha dos R$ 2 bilhões frutos do leilão da Casal, pagos pela BRK Ambiental e dos quais metade foram bloqueados em novembro do ano passado até que uma decisão sobre o assunto seja tomada.

O bloqueio foi determinado depois que os municípios da região metropolitana, encabeçados pelo prefeito de Maceió, JHC (PSB-AL) entraram com uma ação no dia 25 de outubro pedindo que o dinheiro da outorga fosse dividido entre eles.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade