Alagoas, 20 de maio de 2022 23º min 27º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
NO FLOW PODCAST

Sergio Moro vacila e 'vira' garoto-propaganda de site de prostituição

José Fernando Martins

25/01/2022 16h04 - Atualizado em 25/01/2022 17h05

Sérgio Moro durante o Flow PodCast
ReproduçãoSérgio Moro durante o Flow PodCast

O ex-ministro da Justiça e ex-juiz Sergio Moro foi entrevistado na segunda-feira, 24, pelo Flow PodCast, um dos maiores do país. Moro, que é pré-candidato a presidente pelo Podemos, conversou por quase cinco horas com os apresentadores Bruno Aiub (Monark) e Igor Coelho (Igor 3K).

No entanto, uma cena inusitada aconteceu durante a transmissão. O podcast, como de praxe, anunciou os anunciantes e, entre eles, estava a Fatal Model, uma agência de prostituição. No Twitter, a empresa aproveitou a imagem do Moro e tirou um "print" da entrevista em que aparece o ex-juiz junto à sua logomarca.

E internautas não perdoaram o fato. Um usuário escreveu: "Sergio Moro quer agregar o eleitorado conservador e se diz representante da família tradicional brasileira é patrocinado por plataforma de prostituição. "Tá serto" e "muito bem assessorado". Em tempo, a Fatal Model está certa... errado é o Moro!".

Já outro foi irônico parafraseando o cantor Cazuza: "transformam o Brasil inteiro num puteiro". E não parou por aí. "Quero comer marreco!", escreveu outro internauta. 

Em resposta a um usuário do Twitter, a Fatal Model respondeu que: "nosso intuito é e sempre será desmitificar o preconceito a cerca da profissão de acompanhante e dos profissionais do sexo. Lembrando que, nossa imagem não está atrelada a nenhum viés ideológico, mas sim, a propagar o respeito e dignificação do mercado de acompanhantes".

Veja a postagem

Assista à entrevista


Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade