Alagoas, 16 de abril de 2021 24º min 27º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
VEJA O VÍDEO

Bolsonaro associa HIV a 'comportamentos sexuais diferenciados'

Presidente comparou os métodos usados nos anos 80 contra a Aids e a situação que o país enfrenta

Bruno Fernandes

07/04/2021 16h04 - Atualizado em 07/04/2021 16h04

Bolsonaro  voltou a criticar medidas de isolamento mais severas nos estados
PRBolsonaro voltou a criticar medidas de isolamento mais severas nos estados

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a criticar as medidas restritivas contra o novo coronavírus durantevisita a Chapecó (SC) nesta quarta-feira, 7. Ao falar do tratamento precoce, o governante chegou a comparar o vírus da Aids com da covid-19.

Bolsonaro usou a visita para promover novamente o tratamento precoce contra o novo coronavírus, a hidroxicloroquina e a ivermectina, remédios sem comprovação científica contra a COVID-19.

Em sua justificativa, ele comparou os métodos usados nos anos 80 contra a Aids e a situação que o país enfrenta com esta pandemia, que ontem registrou mais de 4 mil mortos em 24 horas.

"Eu acredito na ciência, mas a ciência por vezes demora. Naquela época, o que foi usado para combater o HIV? O coquetel do AZT. Era comprovado cientificamente? Não. Se não tivesse usado, não chegaríamos no futuro ao coquetel”, afirmou.

Ele também chegou a se referir como 'classe específica que tinha um comportamento sexual diferenciado', relacionando a doença às pessoas homossexuais.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade