Alagoas, 23 de abril de 2021 24º min 29º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
DITADURA

'Golpe de 31 de março deve ser repudiado', diz Marina Silva a ministro

BOL

31/03/2021 10h10

Marina Silva
DivulgaçãoMarina Silva

A ex-senadora Marina Sivla (Rede) respondeu ao ministro da Defesa, Braga Netto dizendo que "o golpe de 31 de março de 1964 não deve ser celebrado, e sim repudiado".

"Não, Ministro Braga Neto. O golpe de 31/03/64 não deve ser celebrado e, sim, repudiado. E o é. Pelos democratas dos diversos espectros ideológicos, pelo povo brasileiro e principalmente pela constituição democrática de 88", escreveu Marina. 

Na sequência, a ex-senador diz que "o governo Bolsonaro não está em crise, ele é a crise". O golpe que deu início à ditadura militar no Brasil completa 57 anos hoje.

O ex-presidente João Goulart foi deposto pelo Exército para a instauração de uma ditadura militar — iniciada em 1º de abril de 1964 — que durou 25 anos.Na noite de ontem, o ministro divulgou uma nota sobre a data no Brasil, dizendo que falando de um cenário de "Guerra Fria, de movimentos de rua na década de 60, e da intervenção militar para pacificar o país e garantir as liberdades democráticas que hoje desfrutamos".

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), também comentou sobre a data, dizendo que "não há motivos para comemorar, temos que chorar".

"Considero uma afronta a carta do general Braga Netto propondo a celebração de um golpe militar que vitimou milhares de brasileiros não só da política, da cultura, da sociedade civil, jornalistas. Portanto, nós não temos nada a comemorar sobre o golpe de 64. Nós temos é que chorar os mortos e os viciados por essa ditadura militar", afirmou.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade