Alagoas, 20 de janeiro de 2021 24º min 28º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
CAMPO GRANDE

Servidores não efetivos são exonerados no último dia da gestão Arnaldo Higino

Tamara Albuquerque

11/01/2021 19h07 - Atualizado em 11/01/2021 19h07

Campo Grande, em Alagoas
Reprodução Facebook/PrefeituraCampo Grande, em Alagoas

Antes de deixar o cago de prefeito no município de Campo Grande (AL) Arnaldo Higino Lessa (PP) autorizou a exoneração de todos os servidores municipais que ocupam cargos comissionados, funções de confiança e contratados. O Decreto nº 021/2020 foi publicado nesta segunda-feira, 11, no Diário Eletrônico dos Municípios e assinado pelo então secretário de Administração, Weverton Pedro Lessa da Silva. 

A exceção, foram os servidores que exercem atividades na área da Saúde, para que as ações de enfrentamento ao novo coronavírus não sofram descontinuidade na cidade.

O município está sob o comando da prefeita interina Josefa Barbosa da Silva, vereadora pelo partidos Republicanos, uma vez que a candidatura de Arnaldo Higino foi indeferida pelo tribunal Superior Eleitoral (TSE). nas eleições de 2020, o ex-prefeito recebeu  apoio e votos de 51,40% dos eleitores da cidade, mas não assumiu o cargo por ter sido condenado, em 2017, por ato doloso de improbidade administrativa.

A prefeita interina determinou a realização de um recadastramento de todo os servidores do município, que deve ser encerrado no próximo dia 18, e nesta segunda-feira decretou Situação de Emergência Administrativa. O decreto nº001/2021 permite que o poder público faça contratação com dispensa de licitação para aquisição de bens, serviços e realização de obras voltadas para as áreas essenciais.  

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Alagoas ainda não definiu quando será a nova eleição para prefeito no município.

 

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade